Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Tempo no Algarve

Estado do Tempo, Previsões, Alertas e Notícias sobre a Região Algarvia. E-mail: temponoalgarve@sapo.pt

Tempo no Algarve

Estado do Tempo, Previsões, Alertas e Notícias sobre a Região Algarvia. E-mail: temponoalgarve@sapo.pt

Calendário

Julho 2020

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031

anúncio

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Facebook

Relógio

Misterwhat

Comentários recentes

  • Tempo no Algarve

    Cerca de 30 a 40 minutos.

  • Anónimo

    Boa tarde, qual o tempo que demora cada viagem até...

  • Armando Eiras

    Será que qualquer meio aéreo é útil no combate aos...

  • Tempo no Algarve

    Pelo menos, os horários continuam iguais em vários...

  • Anónimo

    Esses horários estão atualizados? A partir do dia ...

Ofertas de Emprego - Faro

Google

Pesquisa

Custom Search

04
Jul20

Horário dos barcos de Olhão para as Ilhas Armona, Culatra e Farol

Tempo no Algarve
Carreiras entre Olhão e Armona
 

856.jpg

 

857.jpg

 

INFORMAÇÕES AO CLIENTE

- Realizar-se-ão os desdobramentos que se entender convenientes.
- As horas indicadas estão sujeitas a pequenas flutuações devido não só ao regime de marés, como a possíveis dificuldades criadas por assoreamentos existentes no percurso e outros motivos (ex: condições meteorológicas adversas).
 

 

 
 
Carreiras entre Olhão - Culatra - Farol
 

855.jpg

INFORMAÇÕES AO CLIENTE

- Realizar-se-ão os desdobramentos que se entender convenientes.
- As horas indicadas estão sujeitas a pequenas flutuações devido não só ao regime de marés, como a possíveis dificuldades criadas por assoreamentos existentes no percurso e outros motivos (ex: condições meteorológicas adversas).

 

Bilhetes:

 

Preçário Olhão - Armona e Culatra

Adulto: 1,85€
Criança (4-10 anos): 0,95€
Passes (contém 25 bilhetes): 37€
 

Preçário Olhão - Farol

Adulto: 2,15€
Criança (4-10 anos): 1,10€
Passes (contém 25 bilhetes): 43€

 

Fonte: Empresa Transportes do Guadiana

 

31
Mai20

Horário dos barcos para a Ilha de Tavira

Tempo no Algarve

Tavira - Ilha de Tavira

 

Horários

 

847.jpg

 

Preços

 

848.jpg

 

 

Local de Embarque: Tavira

 

Estacionamento . Tavira

 

Quatro Águas - Ilha de Tavira

 

Horários

 

849.jpg

 

Preços

 

850.jpg

 

 

Local de Embarque: 4 Águas

 

Estacionamento : 4 Águas

 

Regras nos barcos devido ao Covid-19 clique aqui

 

Nota Importante: para qualquer informação sobre horários, preços, localização ou outras dúvidas contactem www.silnido.com

 

Fonte: Silnido

27
Mai20

3432: Autoridade Marítima Nacional reitera o alerta para os perigos nas praias após vários acidentes graves nos últimos dias

Tempo no Algarve

A Autoridade Marítima Nacional volta a alertar toda a população para os cuidados a ter nas idas à praia, sobretudo nesta altura de muito calor na qual as praias estão ainda sem vigilância e em que se tem registado um número elevado de salvamentos, alguns deles graves, nas praias portuguesas.

 

Desde o passado sábado, 23 de maio, foram registados 65 salvamentos em Portugal Continental, uma pessoa desaparecida e há a lamentar uma vítima mortal.

 

É importante relembrar que algumas praias apresentam na sua área submersa efeitos da agitação marítima do inverno observando-se fundões, declives acentuados, remoinhos e agueiros. Alguns destes fenómenos não são visíveis, acarretando perigo para quem entra na água.

 

A época balnear só terá inicio a 06 de junho, consequentemente, a maioria das praias não tem vigilância permanente, sendo por isso fundamental que todas as pessoas adotem um comportamento de segurança e evitem expor-se desnecessariamente ao risco.

 

É também de extrema importância cumprir as regras de distanciamento social e respeitar todas as indicações das autoridades, com o objetivo reduzir a propagação da pandemia provocada pela Covid-19.

 

Para além das recomendações acima indicadas, a Autoridade Marítima Nacional deixa ainda os seguintes conselhos:

 

- Vigiar permanentemente as crianças e não permitir que se afastem, mantendo-as sempre próximas de um adulto;

 

- Evitar comportamentos de risco. Não vire as costas ao mar, evitando ser surpreendido por uma onda;

 

- Caso testemunhe uma situação de perigo dentro de água, não entrar e pedir ajuda através do 112.

 

HÁ MAR E MAR, HÁ IR E VOLTAR!

 

Fonte. AMN

26
Mai20

3430: Autoridades procuram desaparecido e recuperam cadáver em praia de Portimão

Tempo no Algarve

“Por volta das 10:28, recebemos uma informação via Comando Distrital de Operações de Socorro [CDOS - de Faro] para uma situação de préafogamento na praia da Prainha, em Alvor, chegados ao local encontrámos já um cadáver, de 65 anos, e encontra-se desaparecido um jovem de 25 anos”, disse à Lusa o comandante Rodrigo González dos Paços.

 

As autoridades iniciaram então as buscas para encontrar o jovem desaparecido e colocaram no terreno um dispositivo que está a trabalhar por mar e por terra e espera a chegada de um helicóptero da Força Aérea que se irá juntar às operações, adiantou o capitão do porto.

 

Para as buscas por mar, que “contam com a ajuda de surfistas”, foram ativadas a lancha salva-vidas e a mota de água de Ferragudo e a lancha da Polícia Marítima de Portimão, precisou a mesma fonte.

 

Participam no dispositivo, por terra, elementos da Polícia Marítima, do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) e dos Bombeiros de Portimão, e “foi pedido, via MRCC [Centro de Coordenação de Busca e Salvamento] de Lisboa, o empenhamento de um meio aéreo, um helicóptero da Força Aérea EH101, que já foi acionado e é esperado no local”, acrescentou.

 

A mesma fonte revelou ainda que, após o início das buscas, foi necessário retirar o salva-vidas de Ferragudo do dispositivo e enviá-lo para uma ocorrência numa gruta em Benagil, no concelho de Lagoa, também no distrito de Faro, onde um homem se sentiu mal.

 

“Recebemos um alerta a dar conta de que um senhor que se sentiu mal na gruta de Benagil, foi removido deste dispositivo de buscas a lancha salva-vidas de Ferragudo e, quando regressar, retomará o dispositivo”, explicou o capitão do porto de Portimão.

 

Questionado sobre o estado de saúde da pessoa que se sentiu mal na gruta de Benagil, a mesma fonte respondeu que “ainda se está a avaliar”.

 

O dispositivo de buscas em Alvor era composto, cerca das 12:20, por 24 homens e nove veículos, segundo a informação disponibilizada pela Proteção Civil na Internet.

 

Fonte. Sapo 24

23
Abr20

3411: Autoridade Marítima Nacional vai coordenar segurança balnear nas praias e espaços balneares

Tempo no Algarve

A Autoridade Marítima Nacional vai coordenar, no âmbito das suas competências, e em estreita cooperação com as Autarquias Locais no que for aplicável, todo o âmbito respeitante à segurança balnear nas praias marítimas e nos espaços com aptidão de uso balnear, nas vertentes de vigilância, proteção, fiscalização, salvaguarda, socorro e assistência de utentes e banhistas, e salvamento marítimo.

 

Estas ações irão implicar, respetivamente, o empenhamento da Polícia Marítima, do pessoal ao serviço das Capitanias dos Portos, das Estações Salva-Vidas e do pessoal da Marinha que for empregue na Autoridade Marítima Nacional em reforço de ação de vigilância, designadamente ao abrigo do Projeto "SeaWatch", numa ação concertada.

 

Todo o quadro de intervenção dos órgãos da Autoridade Marítima Nacional será desenvolvido em observância do que for previamente determinado pelas autoridades de saúde, sendo que as premissas de controlo de acessos, regras de uso do areal e implementação das atividades que nele se poderão desenvolver serão estabelecidas em cooperação com as Autarquias Locais e, no aplicável, com a Agência Portuguesa do Ambiente, atenta a tipologia, dimensão e características das praias.

 

Estas ações serão desenvolvidas em complemento às decisões que entretanto forem tomadas, em âmbito técnico, pela Agência Portuguesa do Ambiente e restantes autoridades que integram a Comissão Técnica de Acompanhamento das Águas Balneares - onde a Autoridade Marítima Nacional também está representada - em termos da classificação das águas balneares, o que será sempre um pressuposto prévio para o uso balnear que vier a ser enquadrado pelo Governo.

 

Fonte: AMN

27
Ago19

3266: Bactéria na água leva a proibição de banhos na praia do Alemão, em Portimão

Tempo no Algarve

Os banhos de mar foram hoje proibidos na praia do Alemão, em Portimão, depois de terem sido detetados parâmetros elevados da bactéria E.Coli nas análises realizadas à água, disse à Lusa fonte da Autoridade Marítima.

 

“Por indicação do delegado de saúde foi hoje içada a bandeira vermelha e proibidos os banhos balneares na praia do Alemão, também conhecida por praia das Canas, por terem sido detetados parâmetros da bactéria E.Coli acima dos níveis aceitáveis”, indicou o Capitão do Porto de Portimão, Santos Arrabaça.

 

Segundo aquele responsável da Autoridade Marítima Nacional, trata-se de uma situação pontual, nas praias do barlavento algarvio, “sendo o resultado das análises microbiológicas referentes à colheita da água do mar efetuada na segunda-feira”.

 

“Não é uma situação comum, desconhecendo-se as causas que possam estar nesta concentração elevada de coliformes fecais”, frisou, acrescentou que foi feita hoje uma nova colheita, cujos resultados microbiológicos só serão conhecidos na quarta-feira.

 

A proibição na praia do Alemão, em Portimão, é a segunda decretada em praias algarvias este verão, depois de a 13 de agosto terem sido proibidos os banhos na praia de Faro, também por terem sido detetados valores elevados de coliformes fecais.

 

Enquanto durar a proibição naquela praia do concelho de Portimão, manter-se-á hasteada a bandeira vermelha, com as pessoas que desrespeitarem a sinalização a incorrerem numa contraordenação e coima entre os 55 e os 250 euros.

 

A situação está a ser monitorizada em permanência pela Administração da Região Hidrográfica (ARH) do Algarve, organismo integrado na Agência Portuguesa do Ambiente (APA) e pela Administração Regional de Saúde (ARS) do Algarve.

 

Os valores máximos permitidos por lei referem-se à bactéria 'Escherichia colie Enterococus intestinais', vulgarmente conhecida por E.Coli, o que indica uma contaminação por elevada concentração de coliformes fecais.

 

 

Fonte: Sapo24

13
Ago19

3259: Praia de Faro interdita a banhos devido à bactéria E-Coli

Tempo no Algarve

A praia de Faro, no Algarve, foi esta terça-feira interdita a banhos balneares por terem sido detetados na água valores de coliformes fecais (bactéria E.coli) "muito superiores ao máximo permitido por lei", disse à Lusa o comandante do Porto de Faro.

 

"O resultado das análises microbiológicas da água de mar da colheita efetuada na segunda-feira revelaram valores muito acima do valor máximo permitido por lei, pelo que, em coordenação com a autoridade de saúde foram desaconselhados os banhos na praia de Faro", indicou Nuno Cortes Lopes, Comandante da Capitania do Porto de Faro.

 

De acordo com o responsável da Autoridade Marítima Nacional, foi arreada a Bandeira Azul, símbolo de qualidade das águas balneares, e içada a bandeira vermelha, "que proíbe os banhos balneares".

 

Nuno Cortes Lopes adiantou que a interdição dos banhos balneares "está restringida à praia de Faro", sendo um situação pontual e que está a ser monitorizada em permanência pela ARH/Algarve (Administração da Região Hidrográfica), organismo integrado na Agência Portuguesa do Ambiente e pela Administração Regional de Saúde do Algarve.

 

"Existe um acompanhamento permanente da qualidade das águas, tendo sido efetuadas hoje novas colheitas das águas, sendo os resultados apenas conhecidos amanhã [quarta-feira]e que determinarão se a interdição se manterá ou não", sublinhou.

 

Nuno Cortes Lopes acrescentou que os valores máximos permitidos por lei referem-se à bactéria Escherichia Coli, vulgarmente conhecida por E.Coli, o que indica uma contaminação por elevada concentração de coliformes fecais.

 

"São desconhecidas as causas que estão na origem desta concentração elevada de coliformes fecais, existindo várias possibilidades, uma das quais uma eventual descarga não tratada por parte de uma embarcação", concluiu o responsável da Autoridade Marítima.

Fonte: Lusa

14
Jul19

3243: Algas voltam a deixar água das praias do Algarve de cor vermelha

Tempo no Algarve

As algas voltaram a deixar a água do mar, em muita praias do Algarve, de cor vermelha. Desta vez, no entanto, ao contrário do que aconteceu em junho, as autoridades não interditaram os banhos.

 

A situação voltou a surgir na passada quinta-feira nos areais entre os concelhos de Albufeira e Olhão. "A água está toda vermelha, não se consegue tomar banho", descreveu, nesse dia, uma banhista na praia de Almargem, em Loulé.

 

Em Faro, Olhão, Quarteira (Loulé), e em Albufeira, os banhistas foram igualmente confrontados com a presença de microalgas em grande quantidade, que deixavam o mar em tons de vermelho. Situação que se prolongou na sexta-feira, embora com menos intensidade.



Este sábado, e provavelmente com a corrente a empurrar as algas, a maré vermelha apareceu em frente à ilha de Tavira, em particular na praia do Barril. "A mancha é muito longa, parece ir quase até Olhão", descreveu ao CM um banhista nesse areal.



As algas não representam, no entanto, qualquer perigo para a saúde, determinou a Agência Portuguesa do Ambiente, que realizou recolhas de água para análise. Nesse sentido, as capitanias das zonas afetadas foram informadas que as bandeiras hasteadas nas praias podem continuar verdes.



Ao que o CM apurou, a concentração de microalgas não é suficiente para causar qualquer intoxicação ao ser humano.



Deve-se, contudo, evitar ingerir água do mar enquanto se mantiver a situação.



Pormenores
Banhos interditados
Na segunda quinzena de junho, quando surgiu uma primeira maré vermelha, as praias entre Olhão e Albufeira foram interditadas por motivos de segurança. A situação manteve-se durante três dias.



Baixa concentração
As análises realizadas na altura acabaram por revelar que as algas, apesar de tóxicas, estavam presentes numa concentração demasiado baixa para representarem perigo para o homem.



Banhistas alarmados
Tanto na quinta-feira, quando surgiu inicialmente esta segunda maré vermelha, como este sábado, quando as algas se aproximaram das praias de Tavira, os banhistas mostraram-se preocupados com eventuais riscos para a saúde.

O mesmo tinha acontecido em junho.

 

Fonte: CM

Calendário

Julho 2020

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031

anúncio

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Facebook

Relógio

Misterwhat

Comentários recentes

  • Tempo no Algarve

    Cerca de 30 a 40 minutos.

  • Anónimo

    Boa tarde, qual o tempo que demora cada viagem até...

  • Armando Eiras

    Será que qualquer meio aéreo é útil no combate aos...

  • Tempo no Algarve

    Pelo menos, os horários continuam iguais em vários...

  • Anónimo

    Esses horários estão atualizados? A partir do dia ...

Ofertas de Emprego - Faro

Google

Pesquisa

Custom Search