Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Tempo no Algarve

Estado do Tempo, Previsões, Alertas e Notícias sobre a Região Algarvia. E-mail: temponoalgarve@sapo.pt

Tempo no Algarve

Estado do Tempo, Previsões, Alertas e Notícias sobre a Região Algarvia. E-mail: temponoalgarve@sapo.pt

Calendário

Setembro 2020

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930

anúncio

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Facebook

Relógio

Misterwhat

Comentários recentes

Ofertas de Emprego - Faro

Google

Pesquisa

Custom Search

10
Set20

3486: Saída de Portugal do corredor britânico "é má notícia, mas aguardada" pelo Turismo Algarve

Tempo no Algarve

“Era uma decisão que era esperada, na medida de que na última semana o indicador de novos casos [de covid-19] por cem mil habitantes em Portugal superou o que tem sido o referencial do Reino Unido e que se agravou entre o período das duas revisões britânicas”, indicou à agência Lusa o presidente da Região de Turismo do Algarve, João Fernandes.

 

O Governo britânico retirou hoje Portugal da lista de países seguros, com exceção das regiões autónomas da Madeira e Açores, e a partir de sábado obriga os viajantes de Portugal a cumprirem uma quarentena de duas semanas ao chegar ao Reino Unido.

 

“Através de informação aperfeiçoada, agora temos a capacidade de avaliar ilhas separadas dos seus países continentais. Se chegar a Inglaterra vindo dos Açores ou Madeira, não precisará de se isolar por 14 dias”, escreveu o ministro dos Transportes, Grant Shapps, na rede social Twitter.

 

Para João Fernandes, a decisão britânica é “uma contrariedade muito grande para a procura externa do Algarve, dado que setembro é o mês de maior procura dos britânicos e que dita o início da época alta do golfe”.

 

“Temos vindo a trabalhar outros mercados como alternativa, mas o peso relativo do mercado britânico dificulta muito a capacidade de atenuar o impacto e as reduções de procura como certamente veremos nos próximos tempos a partir do Reino Unido”, sublinhou.

 

O responsável máximo do Turismo do Algarve vê, no entanto, um sinal positivo que pode vir a reverter a posição do Reino Unido, “nomeadamente a redefinição dos critérios do conselho científico, que estão na base para a avaliação, como o número de testes como o fator mais determinante”.

 

“Há aqui um sinal de esperança se houver uma redefinição do conjunto de critérios, porque temos visto que destinos que testam menos têm tido bonomia de avaliações que nem sempre traduzem a realidade dos territórios, tendo existido já uma discriminação positiva para os destinos insulares”, indicou.

 

Na opinião de João Fernandes, numa altura em que surgem testes mais baratos, rápidos e eficazes para a despistagem da covid-19, a discriminação positiva poderia estender-se a outras regiões, nomeadamente com “os passageiros a serem testados à partida e à chegada nos aeroportos, o que permitia desbloquear alguns impasses que são criados como medidas de fronteira” e que não penalizavam as regiões com menos casos.

 

“Temos a obrigação, sobretudo, enquanto país, de tentar controlar a evolução da pandemia para podermos beneficiar dos corredores aéreos e das ligações que, apesar de tudo, mantemos com o Reino Unido e da procura para esses voos, porque obviamente está não é uma boa notícia, embora fosse aguardada”, concluiu.

 

Fonte: Sapo 24

23
Ago20

3477: Agueiro causa um morto e um ferido na praia do Castelejo no Algarve

Tempo no Algarve

Um homem morreu e outro ficou ferido ao início da tarde de hoje depois de terem caído num agueiro na praia do Castelejo, no concelho de Vila do Bispo (Algarve), disse à Lusa fonte da Marinha. A praia este ano não tem vigilância, ao contrário do ano passado, em que tinha nadador-salvador.

 

Em declarações à agência Lusa, o Capitão do Porto de Lagos, Conceição Duarte, especificou que a vítima mortal é um homem com cerca de 30 anos, de nacionalidade alemã, que foi retirado inconsciente da água por um dos militares que integram o programa Praia Segura, tripulante da viatura Amarok, do projeto "SeaWatch".

 

Segundo a fonte, o acidente ocorreu quando um grupo de seis pessoas, todas de nacionalidade alemã, foi arrastada para um agueiro, tendo quatro delas saído da água com a ajuda de banhistas e de surfistas, "enquanto duas outras foram retiradas inconscientes da água pelos militares".

 

"Os dois homens, ambos com cerca de 30 anos, foram assistidos em terra, e, infelizmente, um veio a falecer, tendo o óbito sido declarado no local, enquanto o outro foi reanimado, estabilizado e transportado para o hospital", avançou Conceição Duarte.

 

O Capitão do Porto de Lagos acrescentou que o acidente ocorreu na praia do Castelejo, uma praia este ano sem vigilância, ao contrário do ano passado, em que tinha nadador-salvador.

 

Nas operações estiveram envolvidos vários elementos da Autoridade Marítima Nacional, dos bombeiros, da Polícia Marítima, do projeto "Seawatch" e do Instituto Nacional de Emergência Médica, com vários veículos, uma embarcação da Estação Salva-Vidas de Sagres e um helicóptero.

 

Fonte: SAPO 24

16
Ago20

3475: Embarcação de recreio embate em jovem que praticava snorkeling a sul de Cabanas de Tavira

Tempo no Algarve

Na manhã de hoje uma embarcação de recreio embateu numa jovem que efetuava snorkeling a sul de Cabanas de Tavira, tendo a jovem sido resgatada pela própria embarcação e transportada para Tavira.

 

O piquete do Comando-local da Polícia Marítima de Tavira recebeu o alerta pelas 10h20, tendo sido ativado o INEM e os Bombeiros Municipais de Tavira, que se deslocaram de imediato para o local prestando assistência à vítima.

 

A vítima foi depois transportada pelo helicóptero do INEM em estado grave para uma unidade hospitalar.

 

O acidente será averiguado pela Polícia Marítima, que tomou conta da ocorrência.

 

Fonte: Autoridade Marítima Nacional

01
Ago20

3466: Estação Salva-vidas de Olhão resgata cinco pessoas na barra da Armona-Culatra

Tempo no Algarve

A Estação Salva-vidas de Olhão resgatou, ao final da tarde de ontem, um adulto e quatro crianças que tinham sido arrastados pela corrente a bordo de um caiaque e estavam dados como desaparecidos, junto à barra da Armona-Culatra.

 

 

​O Comando-local da Polícia Marítima de Olhão recebeu, pelas 16h50, um alerta por parte dos militares da vigilância apeada do projeto "Praia Segura", dando conta da existência de duas pessoas que estariam em dificuldades na barra da Armona-Culatra, devido à forte corrente que se fazia sentir.

 

O Capitão do Porto de Olhão ativou de imediato a Estação Salva-vidas de Olhão, que se dirigiu para o local com uma embarcação semirrígida. À chegada ao local, as duas pessoas já tinham sido resgatadas por motas de água que navegavam na zona, tendo sido recebida informação de que também estaria um caiaque desaparecido, com um adulto e quatro crianças a bordo, que desapareceu quando tentava atravessar a barra para a ilha da Culatra.

 

Após algumas buscas na zona, com o apoio de uma nadadora-salvadora da Armona-Mar, o caiaque e os tripulantes foram encontrados, tendo sido resgatados para a embarcação da Estação Salva-vidas de Olhão.

 

Os tripulantes estavam todos bem de saúde pelo que foram transportados até à praia da Armona-Mar.

 

A Autoridade Marítima Nacional reforça a importância de se ter um especial cuidado com as atividades que se realizam junto das barras dos portos, em especial com crianças, pois são locais onde as correntes são muito fortes.

 

Fonte: AMN

19
Jul20

3458: Autoridade Marítima Nacional resgata seis pessoas ao largo de Olhão

Tempo no Algarve

A Autoridade Marítima Nacional efetuou, no dia 16 de julho, o resgate de seis pessoas que iam a bordo de uma embarcação de recreio, após esta se ter virado na barra entre a ilha da Armona e a ilha da Culatra, em Olhão, devido à baixa profundidade e à ondulação de sueste que se fazia sentir no local.

 

​O Comando-local da Polícia Marítima de Olhão recebeu, pelas 19h20, um alerta através do Centro de Coordenação de Busca e Salvamento Marítimo de Lisboa (MRCC-Lisboa) dando conta da existência de seis pessoas que estariam à deriva após a embarcação onde seguiam ter virado.

 

Foi empenhada a Estação Salva-vidas de Olhão que se dirigiu para o local com recurso a uma embarcação semirrígida e com uma equipa do INEM e da Cruz Vermelha Portuguesa a bordo, tendo também sido acionada uma embarcação da Polícia Marítima de Olhão.

 

Os seis tripulantes, todos portugueses, foram recolhidos da água para bordo da embarcação da Polícia Marítima, encontrando-se bem de saúde, e posteriormente transportados para terra. A semirrígida da Estação Salva-vidas procedeu ao reboque da embarcação sinistrada.

 

A Autoridade Marítima Nacional reforça a importância de, antes de se realizar uma saída para o mar, verificar sempre a previsão meteorológica e ter um conhecimento das zonas de navegação, em especial, junto das barras dos portos.

 

Fonte: Autoridade Marítima Nacional

11
Jul20

3453: "O Algarve fica-te bem" campanha do Turismo do Algarve

Tempo no Algarve

“O Algarve fica-te bem” é o mote da campanha promocional do Turismo do Algarve, que tem como objetivo motivar não só os turistas nacionais, como também os estrangeiros, a desfrutarem das férias do verão 2020 na região, reforçando a confiança na marca Algarve e, consequentemente, a notoriedade do principal destino turístico do país.

 

 

Fonte: RTA

06
Jun20

3437: Polícia Marítima interceta sete homens a bordo de uma embarcação na Ria Formosa

Tempo no Algarve

Os Comandos-locais da Polícia Marítima de Faro e de Olhão intercetaram hoje, cerca das 12h00, sete homens a bordo de uma embarcação no interior da Ria Formosa, com idades compreendidas entre os 20 e os 30 anos, que alegaram ser de nacionalidade marroquina.

 

O piquete do Comando-local da Polícia Marítima de Faro recebeu hoje uma chamada telefónica de um pescador lúdico, dando conta de que estaria uma embarcação com homens a bordo, aparentando estarem perdidos, perto da barra Faro-Olhão, tendo sido de imediato ativadas duas embarcações da Polícia Marítima, uma de Faro e outra de Olhão, para o local.

 

As embarcações efetuaram a interceção da referida embarcação já no interior da Ria Formosa, entre o Núcleo do Hangares e o Núcleo da Culatra.

 

A Polícia Marítima efetuou o acompanhamento da embarcação até ao cais da Estação Salva-vidas de Olhão, tendo os sete homens desembarcado e sido encaminhados para o Comando-local da Polícia Marítima de Olhão, onde se encontram a ser observados por uma equipa do INEM, aguardando pela chegada do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras.

 

Serão efetuados testes para despiste da COVID-19, ainda durante a tarde, pela Algarve Biomedical Center da Universidade do Algarve.

 

Fonte: AMN

08
Abr20

3400: IPMA doou pescado à Cruz Vermelha Portuguesa e Refugio Aboin Ascensão

Tempo no Algarve

Ontem, dia 7 de abril, a Estação Piloto de Piscicultura de Olhão (EPPO) do IPMA, voltou a contribuir com cerca de 300 Kg de peixe produzido nas suas instalações, apoiando quem mais necessita, num momento em que toda a ajuda é pouca.

 

Foram entregues 130 Kg de corvinas e 7 Kg de sargos à Cruz Vermelha Portuguesa (delegação de Tavira), 80 Kg de corvinas à Cruz Vermelha Portuguesa (delegação de Moncarapacho-Fuzeta) e 80 Kg de corvinas ao Refugio Aboin Ascensão em Faro.

 

Desde dia 23 de março a EPPO já doou 1820 Kg de peixe a 10 instituições particulares de solidariedade social (IPSS).

 

Fonte: IPMA

29
Mar20

3394: Praias e zonas ribeirinhas do Algarve fechadas devido ao coronavírus

Tempo no Algarve

O acesso a várias praias e zonas ribeirinhas da região do Algarve foi interdito ao público para travar a concentração de pessoas. 

 

Em Lagoa, foram fechados os acessos de praias que atraem, normalmente, muitas pessoas, entre elas a da Marinha, Benagil e Vale de Centeanes. A ação foi realizada pela União de Freguesia de Lagoa e Carvoeiro, com o apoio da GNR.

 

Também em Lagos, a autarquia interditou a circulação no passeio da frente ribeirinha da Avenida dos Descobrimentos, nas praias do concelho, frentes de mar e parques de estacionamento. A decisão abrange "locais aprazíveis" e "mais propícios à concentração de pessoas", sendo "suscetíveis de gerarem comportamentos contrários aos objetivos que levaram à imposição do Estado de Emergência Nacional".

 

Numa altura em que se aproximam as férias da Páscoa, a Câmara Municipal de Loulé aprovou medidas que visam reduzir ao mínimo indispensável a circulação de pessoas no concelho. Pretende-se assim evitar que a população saia de casa para passeios e aglomerações que possam constituir focos de contágio, numa ação preventiva da propagação do novo coronavírus neste território.

 

Assim, o Posto de Comando Municipal, que está a acompanhar diariamente a situação no concelho, reuniu ontem por videoconferência e debateu diversas situações ocorridas no concelho, nomeadamente no que concerne ao afastamento social recomendado pelas autoridades. Neste sentido, e com o objetivo de dissuadir a população de realizar passeios em grupos ou em zonas onde se juntem aglomerados de pessoas, como se tem verificado nos últimos dias em certas áreas naturais do concelho, decidiu-se condicionar os acessos às praias do Trafal, Loulé Velho e Almargem, assim como encerrar os parques de estacionamento nas zonas do litoral, em Almancil: no Garrão Nascente, Vale do Lobo, Quinta do Lago, Dunas Douradas e Ancão, e, em Quarteira, no Passeio das Dunas.

 

Estas duas iniciativas surgiram por sugestão da Autoridade Marítima e da Guarda Nacional Republicana, respetivamente, duas entidades que têm trabalhado diariamente com a edilidade na implementação de medidas que contribuam para fazer frente ao surto pandémico que está a atingir o mundo.

 

Por outro lado, e com exceção das que se destinem à execução de obras particulares, o presidente da Câmara Municipal aprovou ainda a suspensão das emissões de Licenças Especiais de Ruído. Esta medida pretende dissuadir a realização de eventuais convívios e festas particulares propensas ao contacto social, “Numa altura em que Portugal passou à fase da mitigação, estamos preocupados sobretudo porque se aproxima a Páscoa, um período em que o Algarve é, por excelência, o destino de férias de muitos portugueses. Por mais paradoxal que possa parecer estarmos a tomar estas medidas num concelho em que o turismo é determinante para a sua atividade económica, mas neste momento o mais importante são as condições de saúde dos nossos concidadãos. Acreditamos que as medidas hoje aprovadas irão contribuir para prevenir a propagação do novo coronavírus no concelho de Loulé”, considera Vítor Aleixo.

 

Fonte: CM

24
Dez19

3337: Pescador morre em naufrágio de barco em Olhão

Tempo no Algarve

Um pescador morreu esta terça-feira depois do barco onde seguia ter naufragado, em Olhão. Há ainda um outro pescador ferido.

 

A embarcação de sete metros terá naufragado na ilha da Culatra, na Ria Formosa, quando os homens estavam à pesca da ganchorra.

 

Um dos pescadores foi resgatado com sinais de hipotermia e deu o alerta para o segundo homem desaparecido.

 

A Polícia Marítima acionou os meios necessários e encontrou a vítima mortal perto da zona de rebentação.

 

O sobrevivente foi transportado para o hospital para receber tratamento médico.

 

O corpo da vítima foi retirado por um barco do Instituto de Socorros a Náufragos (ISN) e transportado para a morgue do Hospital de Faro.

 

A autoridade marítima está a investigar as causas as causas que estiveram na origem do adornamento do barco de pesca.

 

Fonte: CM

Calendário

Setembro 2020

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930

anúncio

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Facebook

Relógio

Misterwhat

Comentários recentes

Ofertas de Emprego - Faro

Google

Pesquisa

Custom Search