Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Tempo no Algarve

Estado do Tempo, Previsões, Alertas e Notícias sobre a Região Algarvia. E-mail: temponoalgarve@sapo.pt

Tempo no Algarve

Estado do Tempo, Previsões, Alertas e Notícias sobre a Região Algarvia. E-mail: temponoalgarve@sapo.pt

Calendário

Julho 2018

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031

reserva

Booking.com

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Facebook

Relógio

Misterwhat

Comentários recentes

  • Tempo no Algarve

    Olá Cláudia.Desde já, agradeço a sua informação e ...

  • Cláudia

    Olá!Queria avisar que já descobri os novos horário...

  • Tempo no Algarve

    Olá Cláudia. A empresa que efectua o transporte ai...

  • Cláudia

    Olá! Podem actualizar o horário para Julho 2018, p...

  • Tempo no Algarve

    Pode clicar na localização no local de embarque e ...

Ofertas de Emprego - Faro

Google

Pesquisa

Custom Search

27
Fev12

1534: 13 Praias do Algarve nas 7 Maravilhas

Tempo no Algarve

A lista das 70 praias:  

 

1. PRAIAS DE RIOS

  • Cascata da Cabreia - Sever do Vouga - Aveiro
  • Pego Fundo - Alcoutim - Faro
  • Penedo Furado - Vila de Rei - Castelo Branco
  • Praia das Furnas - Odemira - Beja
  • Praia Fluvial da Relva da Reboleira - Manteigas - Guarda
  • Praia Fluvial de Côja - Arganil - Coimbra
  • Praia Fluvial de Loriga - Seia - Guarda
  • Praia Fluvial do Rio Homem - Terras de Bouro - Braga
  • Praia Fraga da Pena - Arganil - Coimbra
  • Quinta do Alamal - Gavião - Portalegre

2. PRAIAS DE ALBUFEIRAS E LAGOAS

  • Albufeira do Ermal - Vieira do Minho - Braga
  • Lagoa de Óbidos-Foz do Arelho - Caldas da Rainha - Leiria
  • Praia da Castanheira - Lago Azul - Ferreira do Zêzere -Santarém
  • Praia da Fraga da Pegada - Macedo de Cavaleiros - Bragança
  • Praia Fluvial da Albufeira do Azibo - Macedo de Cavaleiros -Bragança
  • Praia Fluvial de Aldeia do Mato - Abrantes - Santarém
  • Praia Fluvial de Piódão - Arganil - Coimbra
  • Praia Fluvial de Valhelhas - Guarda
  • Vale do Rossim - Gouveia - Guarda
  • Zona Balnear da Tapada Grande - Mértola - Beja

3. PRAIAS URBANAS

  • Baleal - Peniche - Leiria
  • Praia da Caloura - Lagoa - São Miguel - Açores
  • Praia da Costa Nova - Ílhavo - Aveiro
  • Praia da Figueirinha - Setúbal
  • Praia da Nazaré - Nazaré - Leiria
  • Praia da Rocha - Portimão - Faro
  • Praia da Zambujeira do Mar - Odemira - Beja
  • Praia das Maçãs - Sintra - Lisboa
  • Praia de Porto Pim - Horta - Faial - Açores
  • Praia de Troia-Mar - Grândola - Setúbal

4. PRAIAS DE ARRIBAS

  • Berlenga - Peniche - Leiria
  • Porto Moniz - Porto Moniz - Madeira
  • Praia da Adraga - Sintra - Lisboa
  • Praia da Arrifana - Aljezur - Faro
  • Praia da Marinha - Lagoa - Faro
  • Praia de Almograve - Odemira - Beja
  • Praia de Galapinhos - Setúbal
  • Praia de Odeceixe - Aljezur - Faro
  • Praia do Meco - Sesimbra - Setúbal
  • Zona Balnear dos Biscoitos - Praia da Vitória -Terceira -Açores

5. PRAIAS DE DUNAS

  • Ilha do Pessegueiro - Sines - Setúbal
  • Praia da Amoreira - Aljezur - Faro
  • Praia da Bordeira - Aljezur - Faro
  • Praia da Comporta - Grândola - Setúbal
  • Praia da Ilha de Tavira - Tavira - Faro
  • Praia de São Jacinto - Aveiro
  • Praia do Carvalhal - Grândola - Setúbal
  • Praia do Guincho - Cascais - Lisboa
  • Praia do Osso da Baleia - Pombal - Leiria
  • Praia do Porto Santo - Porto Santo - Madeira

6. PRAIAS SELVAGENS

  • Almagreira - Peniche - Leiria
  • Canto Marinho - Viana do Castelo
  • Fisgas de Ermelo - Mondim de Basto - Vila Real
  • Ilhéu de Vila Franca do Campo - Vila franca do campo - São Miguel - Açores
  • Lagoa do Fogo - Ribeira Grande - São Miguel - Açores
  • Praia Cacela/ Fábrica - Vila Real de Santo António - Faro
  • Praia da Estaquinha - Lagoa - Faro
  • Praia da Fajã do Cabo Girão - Ribeira Brava - Madeira
  • Praia da Ursa - Sintra - Lisboa
  • Praia do Ribeiro do Cavalo - Sesimbra - Setúbal

7. PRAIAS DE USO DESPORTIVO

  • Praia da Arrifana - Aljezur - Faro
  • Praia da Cordoama - Vila do Bispo - Faro
  • Praia de Ribeira d'Ilhas - Mafra - Lisboa
  • Praia de Santa Bárbara - Ribeira Grande - São Miguel -Açores
  • Praia do Amado - Aljezur - Faro
  • Praia do Cabedelo - Figueira da Foz - Coimbra
  • Praia do Cabedelo - Viana do Castelo
  • Praia do Guincho - Cascais - Lisboa
  • Praia Grande - Sintra - Lisboa
  • Supertubos - Peniche - Leiria

 

Fonte: 7 Maravilhas

Booking.com
20
Jan12

1502: Algarve no topo das “7 Maravilhas – Praias de Portugal” com 77 praias a concurso

Tempo no Algarve

Fazendo jus à fama, o Algarve mostra 77 das suas praias e fica no topo do concurso “7 Maravilhas – Praias de Portugal”. Alcoutim candidata praia fluvial e Aljezur bate recorde regional.

Alcoutim será a única a praia fluvial da região a concorrer na categoria Praias dos Rios, do concurso “7 Maravilhas – Praias de Portugal, cujas inscrições terminaram a 15 de janeiro.

 

Entretanto, está em discussão pública até 2 de fevereiro a lista de praias para a época balnear 2012, que pode ser consultada no site oficial do INAG
(Instituto da Água).

 

No Algarve há 76 praias com arribas que poderão ser classificadas, mas surgem duas surpresas: Em Lagoa, as Praias do Carvalho e da Marinha, esta última já listada entre as 100 melhores praias do mundo, veem a sua classificação depender de estudos a decorrer devido à erosão nas arribas. O mesmo acontece com a Prainha em Portimão.

 

Em todo o litoral algarvio existem 76 praias com placas que identificam as faixas de risco, na sua maioria situadas nos concelhos de Lagoa, Albufeira e
Portimão.

 

Os banhistas que não respeitarem as distâncias ou as instruções contidas nos avisos de perigo incorrem numa multa entre os 10 e os 50 euros. A lei prevê a aplicação de coimas de 200 a 750 euros, para pessoas singulares, ou de 1000 a 200 mil euros, para pessoas coletivas, que danifiquem
as placas de aviso de perigo ou interdição de uma área nas praias.

 

Praias Urbanas com mais candidaturas

Polémicas à parte, entre as 327 praias que pretendem disputar o galardão das “7 Maravilhas – Praias de Portugal”, depois do Algarve foram as regiões de Lisboa e Setúbal que mais praias apresentaram a concurso, com 52 espaços balneares, seguindo-se a Beira Litoral com 47, o Alentejo com 35, Estremadura e Ribatejo com 33, Entre Douro e Minho com 25, Beira Interior com 23, Açores com 20, Madeira com 10 e Trás-os-Montes e Alto Douro com cinco candidatas. A categoria de praias urbanas é a mais requisitada, agregando 73 candidatas Praias de Dunas e Praias de Arribas somam 53 candidatas cada, enquanto as Praias de Rios são 43, (nas quais se inclui o a praia fluvial do Pego Fundo, em Alcoutim. Entre as Praias Selvagens surgem 41 candidaturas, enquanto na categoria de Praias de Uso Desportivo há 33 e nas Praias de Albufeiras e Lagoas surgem 31 candidatas.

 

64 Municípios responsáveis pela maioria das candidaturas

64 Municípios de todo o país são responsáveis pela maioria das candidaturas sendo as outras de iniciativa de privados ou outras entidades públicas, segundo comunicado da organização.

 

Ainda no Algarve, a autarquia de Aljezur, na costa vicentina, é a recordista apresentando a votação nove praias em diversas categorias.

 

O Conselho Científico, em que estão representadas sete entidades desde a Secretaria de Estado do Ambiente e do Ordenamento do Território, até à
Associação SOS – Salvem o Surf passando pela Marinha Portuguesa, Associação Bandeira Azul da Europa e as associações ambientalistas Liga para a Proteção da Natureza, GEOTA e Quercus, vai agora validar as 327 candidaturas.

 

Segundo as regras do concurso, a lista completa será depois analisada por um painel de 70 Especialistas ainda esta semana, para escolher as 70
pré-finalistas, de acordo com 7 critérios: Beleza da praia, Qualidade da água e Limpeza da praia, Estado de conservação dos sistemas naturais (fauna e flora) e sistemas edificados, Serviços prestados aos utentes da praia, Espaços públicos de qualidade, Preservação da Identidade Local e as Condições naturais para a prática desportiva.

 

As 70 praias pré-finalistas serão designadas a 27 de fevereiro e o passo seguinte será a seleção de 21 finalistas para votação pública, efetuada por um
painel de 21 personalidades notáveis. Além dos 7 critérios de análise fica ainda assegurada a representatividade geográfica do país com a presença obrigatória, no mínimo de um finalista de cada uma das 10 regiões.

 

Depois, é só votar nas “7 Maravilhas – Praias de Portugal” que ficarão organizadas em 7 categorias, apurando-se 7 vencedoras pelo maior número de
votos, uma por categoria, não podendo ser eleitas mais do que duas maravilhas por região.

 

À semelhança de outras maravilhas já eleitas como as 7 maravilhas naturais ou as da gastronomia, o processo de seleção e votação é auditado pela
PricewaterhouseCoopers & Associados – S.R.O.C. Lda.

 

Quando chegar a altura do voto público que decorre entre 7 de maio e 7 de Setembro de 2012, pode-se escolher a maravilha preferida via SMS, chamada telefónica, internet e Facebook .

 

As vencedoras das “7 Maravilhas – Praias de Portugal” serão conhecidas em direto na RTP1 a 8 de setembro de 2012.

 

O concurso “7 Maravilhas – Praias de Portugal” é organizado pela sociedade EIPWU, Lda., entidade licenciada oficialmente pela sociedade New Seven Wonders Portugal, S.A., empresa detentora dos correspondentes direitos.

 

Fonte: Observatório do Algarve

Booking.com
11
Mai11

1325: Xarém com Conquilhas é a única iguaria algarvia finalista das «7 Maravilhas da Gastronomia»

Tempo no Algarve

Dos 21 finalistas que vão a votos para ser uma das «7 Maravilhas da Gastronomia» de Portugal, o Xarém de Conquilhas (categoria marisco) foi a única iguaria da região do Algarve escolhida.


 


Pelo caminho ficaram as candidaturas pré-finalistas algarvias Muxama de Atum (entrada), Arroz de Lingueirão (peixe), Percebes de Aljezur (marisco), Perdiz à Algarvia (caça) e Dom Rodrigo (doces).

O Xarém de Conquilhas irá agora estar a votos com outras vinte iguarias de todo o país como a Alheira de Mirandela (Trás-os-Montes e Alto Douro), Pastel de Bacalhau (Lisboa e Setúbal), Queijo Serra da Estrela (Beira Litoral e Beira Interior), na categoria de entradas, Açorda à Alentejana (Alentejo), Caldo Verde (Entre Douro e Minho), Sopa da Pedra (Estremadura e Ribatejo), na categoria de sopas, ou Amêijoas à Bulhão Pato (Lisboa e Setúbal) e Arroz de Marisco (Estremadura e Ribatejo), na categoria de marisco.

A concurso, na categoria de pratos de peixe, estão ainda Bacalhau à Gomes Sá (Entre Douro e Minho), Polvo Assado no Forno (Açores), Sardinha Assada (Lisboa e Setúbal), enquanto os pratos de caça finalistas são Coelho do Porto Santo à Caçador (Madeira), Coelho à Caçador (Beira Litoral), Perdiz de Escabeche de Alpedrinha (Beira Interior).

Na categoria dos pratos de carne os finalistas são Chanfana (Beira Litoral), Leitão da Bairrada (Beira Litoral), Tripas à Moda do Porto (Entre Douro e Minho) e, na categoria de doces, Pastéis de Tentúgal (Beira Litoral), Pastel de Belém (Lisboa e Setúbal) e Pudim Abade de Priscos (Entre Douro e Minho).

Para votar nas iguarias preferidas para eleger as «7 Maravilhas da Gastronomia» basta visitar o site www.7maravilhas.sapo.pt. Cada endereço de e-mail tem direito a votar uma vez e implica a seleção obrigatória de 7 pratos.

É possível ainda votar através de uma chamada telefónica, onde cada prato tem um número de telefone associado, por mensagem ou em www.facebook.com/7MGastronomia

Entre 7 de fevereiro e 27 de março de 2011 a organização abriu uma fase de candidaturas (no site oficial), em que qualquer entidade pública, privada ou indivíduo nomeou os pratos a considerar no processo de eleição.

A 7 de abril de 2011, foram conhecidas as pré-finalistas às Maravilhas da Gastronomia. Após a receção de todas as candidaturas, organizadas em 7 categorias e 10 regiões de Portugal, iniciou-se a votação por parte de 70 especialistas para a seleção das 70 pré-finalistas. Desta votação, foram apurados os 10 pratos mais votados por categoria. No total das 70 pré-finalistas, terá que estar presente o mínimo de uma candidata por região.

Para chegar a uma short list de 21 finalistas, um painel de 21 personalidades, representantes das várias áreas da sociedade, apurou os três pratos mais votados por categoria. A representatividade geográfica é assegurada pela presença no mínimo de uma finalista por região no total das 21 finalistas.

As 21 finalistas foram reveladas no passado dia 7 de maio, data em que se iniciou a votação pública no site oficial, facebook, chamada telefónica e SMS. A votação decorre até 7 de setembro e não podem ser apuradas mais do que duas maravilhas por região.

Os 7 vencedores são revelados em setembro, num espetáculo, a transmitir em direto a partir de Santarém pela RTP1.


 


Fonte: Barlavento Online

Booking.com
12
Set10

1098: Ria Formosa é Maravilha Natural

Tempo no Algarve

A Ria Formosa é uma das zonas eleitas como Maravilha Natural de Portugal, distinção partilhada com a Floresta Laurissilva, a Paisagem Vulcânica da Ilha do Pico, as Grutas de Mira de Aire, o Portinho da Arrábida, a Lagoa das Sete Cidades e o Parque Natural da Peneda Gerês.


 


Valentina Calixto, presidente da Sociedade Polis Litoral, e Nunes Correia, ex-ministro do Ambiente, receberam o galardão na cerimónia que teve lugar hoje, nas Portas do Mar, em Ponta Delgada, nos Açores.


 


A Ria Formosa foi a eleita na categoria Zonas Marinhas, a par da Floresta Laurissilva, na categoria Florestas e Matas; Paisagem Vulcânica da Ilha do Pico, na categoria Grandes Relevos; das Grutas de Mira de Aire, na categoria Grutas e Cavernas; do Portinho da Arrábida, na categoria de Praias e Falésias; da Lagoa das Sete Cidades, na categoria Zonas Aquáticas Não Marinhas; e o Parque Natural da Peneda Gerês, na categoria Zonas Protegidas.


 


Estão escolhidas as 7 Maravilhas Naturais de Portugal, após uma votação que teve início a 7 de Março e terminou no dia 7 de Setembro e em que foram registados 537.300 votos.


 


Açores foi o grande vencedor


 


O arquipélago dos Açores foi o grande vencedor das ‘Sete Maravilhas Naturais de Portugal’, tendo sido a única região do país que conseguiu duas vitórias na declaração que hoje decorreu em Ponta Delgada.


 


Na região dos Açores, os portugueses escolheram a Lagoa das Sete Cidades, que venceu a categoria Zonas Aquáticas não Marinhas, derrotando as Portas de Ródão e o Vale do Douro, e a Paisagem Vulcânica do Pico, que ganhou a categoria Grandes Relevos, que disputava com o Parque Natural da Arrábida e o Vale Glaciar do Zêzere, na Serra da Estrela.


 


Os Açores eram uma das regiões portuguesas com mais candidaturas, apresentando cinco, tantas como a região Centro do país, seguindo-se Algarve e Lisboa e Vale do Tejo, com três cada, o Norte e a Madeira, com duas cada, e o Alentejo com a restante.


 


As ‘Sete Maravilhas Naturais de Portugal’ foram divulgadas num espectáculo em Ponta Delgada, Açores, na sequência do resultado de uma votação que registou 656 356 votos.


 


Na abertura da cerimónia, António Vitorino, comissário da iniciativa, destacou a “votação maciça”, considerando que “os portugueses mostraram o apreço que têm pelas paisagens naturais” do país.


 


Numa pequena intervenção, António Vitorino apelou ainda aos portugueses para que assumam “o compromisso de cuidar e preservar estas maravilhas naturais”.


 


O espectáculo, que decorreu nas Portas do Mar durante cerca de duas horas, contou com mais de um milhar de convidados, entre os quais o ministro da Economia, Vieira da Silva, o presidente do Governo Regional dos Açores, Carlos César, e o secretário de Estado do Ambiente, Humberto Rosa.


 


A produção deste espectáculo, que também foi aberto à população, envolveu mais de três centenas de pessoas de uma dezena de nacionalidades, tendo os preparativos do cenário começado há mais de uma semana.


 


No palco, com cerca de 1500 metros quadrados, actuaram seis dezenas de artistas num espectáculo de música, dança, luz e efeitos especiais, idealizado por Franco Dragone, um dos maiores produtores de eventos a nível mundial.


 


Fonte: Observatório do Algarve

Booking.com
02
Set10

1087: Já votou nas candidatas algarvias a Maravilhas Naturais?

Tempo no Algarve

A Ria Formosa está numa luta renhida com o Arquipélago das Berlengas (Peniche) para ser eleita como Maravilha Natural na categoria de «Zonas Marinhas», mas para isso ainda são precisos alguns votos.


 


Já agora, há outras três candidatas algarvias que também precisam de uma mãozinha – o Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina, a Ponta de Sagres (Vila do Bispo) e o Pontal da Carrapateira (Aljezur).

É que os últimos dados não colocavam nenhuma destas candidatas nos lugares cimeiros das votações, segundo apurou o «barlavento».

No início de Agosto, as preferidas eram as Grutas de Mira D'Aire, a Lagoa das Sete Cidades, a Praia de Porto Santo, a Paisagem Vulcânica da Ilha do Pico, o Parque Nacional da Peneda-Gêres, o Arquipélago das Berlengas e a Mata Nacional do Buçaco.

«Como a votação termina a 7 de Setembro, não podemos revelar dados concretos, mas entre Março e Agosto foram registados mais de 300 mil votos. Do Algarve, a Ria Formosa pode ultrapassar o Arquipélago das Berlengas com a promoção no programa Verão Total», transmitido na semana passada a partir de Olhão», adiantou ao «barlavento» Luís Segadães, presidente da New 7 Wonders Portugal, que promove a escolha.

É que a transmissão deste programa pela RTP1, RTP África e RTP Internacional promove o património natural a concurso.

«Após o início do roadshow, a votação aumentou. A disputa entre as 21 finalistas, em cada uma das sete categorias, é cada vez maior, com algumas candidatas separadas por um número reduzido de votos», afirmou Luís Segadães.

Mas não foi fácil selecionar, pois «Portugal é um país muito rico em biodiversidade e património natural. Há locais que a maioria da população desconhece e que são únicos como o Algar do Carvão, o único vulcão visitável do mundo», justificou.

Por isso, houve três etapas, tendo a seleção começado com o levantamento dos locais naturais, tendo a lista sido reduzida a 77 pré-finalistas. A 7 de Março foram divulgados os 21 finalistas sujeitas a votação, desde essa altura.

Não se trata, porém, de um simples concurso, pois «o mote é mostrar que, se queremos salvar algo, primeiro precisamos de saber apreciá-lo», salientou ainda Segadães. Por isso, mais do que promover, a missão é sensibilizar a população para a preservação do legado que será deixado às gerações futuras.

Este concurso pode ainda dar uma ajudinha ao desenvolvimento local. «Cada vez mais, as Regiões de Turismo, as autarquias e a população entendem o potencial turístico e económico das iniciativas que divulgam o património natural. Portugal é conhecido pelas praias algarvias, gastronomia, música e futebol. Mas há muito mais para dar a conhecer», ilustrou. E a lista de 21 finalistas a concurso é uma pequena amostra do que há para oferecer no turismo de natureza.

Ainda está tudo em aberto e a realização do programa de televisão Verão Total, em direto a partir de cada uma das maravilhas tem gerado surpresas na votação. A última transmissão em direto será na Ponta de Sagres amanhã, sexta-feira, dia 3, a partir da 10 horas.

Agora, cabe às pessoas envolverem-se e votarem na sua maravilha preferida, por telefone, sms, Facebook ou no site oficial (www.7maravilhas.sapo.pt), onde é possível encontrar mais informação.

As maravilhas serão anunciadas, numa cerimónia realizada nos Açores, no próximo dia 7 de Setembro. Por isso, ainda vai a tempo de votar na sua eleita.


Pontal da Carrapateira

Abrange a faixa costeira entre as praias da Bordeira e Amado, tendo falésias altas e recortadas entrando pelo mar. Inclui-se no Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina, no Sítio Natura «Costa Sudoeste» e é uma importante área de observação de aves (IBA).
A mancha de calcários da orla das arribas, distingue-se dos xistos predominantes, havendo também por ação da erosão pequenas enseadas de águas transparentes e rochas a pique.

Padrinho: Francisco Pinto Balsemão (empresário)
Para votar:
Telefone: 760302710
Sms: enviar 710 para 68933


Ponta de Sagres

O litoral escarpado da Ponta de Sagres possui uma grande variedade de habitats costeiros, incluindo sapais, falésias, sistemas dunares e sistemas lagunares.
Além das características do ecossistema marinho, que favorecem o desenvolvimento da flora rara considerada única no mundo, a ponta de Sagres tem escarpas com dezenas de metros de altura, fica junto ao Cabo de São Vicente, e é a ponta que está mais a sudoeste da Europa.
Naquele local é possível encontrar também uma avifauna abundante.

Padrinho: Luís Represas (músico)
Para votar:
Telefone: 760302714
Sms: enviar 714 para 68933


Ria Formosa

Com 60 quilómetros de extensão (desde o Ancão até à Manta Rota), abrange grande parte do litoral do Sotavento algarvio (concelhos de Loulé, Faro, Olhão, Tavira e Vila Real de Santo António).
A Ria, classificada como Parque Natural, tem um cordão dunar arenoso litoral que protege a zona lagunar, bem como ilhas-barreira, sapais, bancos de areia e de vasa, dunas, salinas, lagoas de água doce e salobra, cursos de água, áreas agrícolas e matas, o que permite muita diversidade a nível da flora e da fauna.

Padrinho: Francisco Nunes Correia (ex-ministro do Ambiente)
Para votar:
Telefone: 760302715
Sms: enviar 715 para 68933


Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina

Longa faixa costeira (74788 ha) desde a Ribeira da Junqueira (Sines) até ao Burgau (Vila do Bispo) e uma faixa marítima de dois quilómetros e mais de 100 de orla costeira.
Está incluído no sítio Sudoeste da Rede Natura 2000 e IBA (Important Bird Area) Costa Sudoeste. É uma zona única a nível nacional e europeu pelo estado de conservação, pela riqueza ambiental e paisagística que a caracterizam.
Tem um enorme valor geológico, muitos habitats diferentes, arribas escarpadas, praias, charnecas, sapais, estuários, lagoas e cursos de água temporários, muitos prioritários do ponto de vista da conservação a nível europeu.

Padrinho: Tim (músico)
Para votar:
Telefone: 760302720
Sms: enviar 720 para 68933


 


Fonte: Barlavento Online

Booking.com
07
Mar10

925: Algarve tem quatro candidatos a Maravilhas Naturais de Portugal

Tempo no Algarve

Os portugueses podem votar a partir deste domingo por Internet, SMS ou telefone para eleger as Sete Maravilhas Naturais do país, uma iniciativa avaliada em seis milhões de euros e cujos 21 finalistas são já conhecidos, integrando quatro candidatos algarvios.



Os Açores e o Centro são as regiões que mais candidatos têm na lista final, com cinco locais, mas apenas poderão arrecadar dois títulos, já que as regras impedem a eleição de mais de duas maravilhas por região.



"É um projeto à escala global e uma das características do regulamento é evitar o voto condicionado, no sentido de determinadas regiões se empenharem mais do que outras. É uma forma de garantir maior representatividade, porque estamos a falar do país todo", disse à Lusa o presidente da New 7 Wonders Portugal, Luís Segadães.



Com o mesmo objetivo foi definida outra regra que exige a inclusão de pelo menos um local de cada região (Norte, Centro, Lisboa e Vale do Tejo, Alentejo, Algarve, Madeira e Açores) no grupo de finalistas.



A representação algarvia é garantida pelo Pontal da Carrapateira, em Aljezur, na categoria «Praias e Falésias», e pela Ponta de Sagres (Vila do Bispo) e Ria Formosa, na categoria «Zonas Marinhas».



O Algarve divide ainda com o Alentejo a candidatura do Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina, na categoria «Zonas Protegidas».



Os 21 concorrentes foram escolhidos por 21 profissionais de várias áreas, como o jornalismo, o ambiente e a arte, depois de a organização ter selecionado mais de 800 lugares e de ter reduzido o grupo para poucas centenas e, mais recentemente, através de outro painel, para 77 candidatos.



A votação decorre até ao dia 07 de setembro, estando o evento da declaração oficial agendado para o dia 11, nas Sete Cidades, nos Açores.



O público poderá escolher o seu preferido de entre três nomeados em sete diferentes categorias.


 


Fonte: Região Sul

Booking.com
15
Fev10

893: Algarve: Viagem virtual pelas Maravilhas Naturais

Tempo no Algarve

São nove os sítios da região que passaram na pré-selecção das 7 Maravilhas Naturais de Portugal. Eis um pretexto para conhecer melhor este património. Se o tempo deixar, visite. Senão, faça a viagem virtual.


 




Seguindo a Via do Infante até ao seu término a Oeste ou Barlavento, segue-se para Aljezur, o concelho que conseguiu obter mais candidaturas aprovadas. Na fronteira com o Alentejo que a Ribeira de Seixe demarca, fica a praia de Odeceixe, cruzada pela foz da ribeira que ao desaguar forma caprichosas lagoas no areal. Esta praia, com cerca de 500 metros, insere-se na extremidade de um vale e é bordejada por arribas de xisto que são um excelente miradouro.


Viajando agora para Sul, rente ao litoral, breve se chega à Arrifana, uma aldeia enquadrada num extenso areal abrigado por falésias. A aldeia tem um pitoresco porto de pesca ligado à figura do príncipe e poeta muçulmano Ibn Caci que lá viveu. Merecem visita o Forte e o Miradouro da Arrifana, no cima da falésia, de onde se desfruta de uma das mais belas panorâmicas da Costa Vicentina. Daqui pode ver-se a Pedra da Agulha, uma rocha gigante erguida no meio do mar.


Entre a aldeia da Carrapateira, envolta por dunas onde se encontra grande diversidade florística e a da Bordeira, um pouco mais para o interior, rodeada por cerros e campos de cultivo, encontra-se o pinhal de Bordalete, que ocupa os chamados “Cabeços da Bordeira”, apresentando uma paisagem peculiar e de grande beleza devido à configuração do relevo, com elevações que podem chegar a cerca de 100 metros, bem próximas do mar.


É uma vasta área de 41 hectares de pinheiro manso, assente em areias. Toda esta zona é de grande valor ecológico. Por se tratar de um importante corredor migratório, muitas são as aves que por ali voltejam ou nidificam.


Pontal da Carrapateira


É um dos lugares mais encantatórios da costa vicentina e abrange a faixa costeira entre as praias da Bordeira e do Amado, com falésias altas e recortadas entrando pelo mar. A mancha de calcários da orla destas arribas distingue-se dos xistos predominantes da zona e a acção da água e do vento cria um rendilhado exótico, proeminente sobre o mar, aparecendo um sem número de minusculas enseadas de águas transparentes e rochas a pique.


Por aqui passam as aves planadoras nas suas migrações entre as zonas de invernada em África e de nidificação na Europa. Também se podem encontrar aves marinhas e costeiras, como o alcatraz e a andorinha-do-mar ou aves de rapina como a águia-calçada.


As falésias e arribas acolhem os ninhos da águia pesqueira do falcão-peregrino ou do francelho. Porém, uma das espécies mais comuns nas arribas marítimas é a Cegonha-branca.


Ponta de Sagres


A Ponta de Sagres (Vila do Bispo), seleccionada em duas categorias, Grandes Relevos e Zonas Marinhas, é dos mais carismáticos lugares nacionais.Ao património natural da zona, alia-se o património histórico e também o imaginário.


Este promontório rochoso, visível de muito longe e elevando-se 60m acima das ondas, sempre empolgou as imaginações. Não há, em toda a costa portuguesa, lugar com tão erma e trágica beleza, nem seria fácil encontrar refúgio e cenário mais propício para sonhar sempre mais alto e mais longe.


Os Romanos chamaram-lhe promontório sagrado, e antes deles terá aqui existido um santuário dedicado a Hércules. Os Árabes ergueram lá uma mesquita, e para os cristãos medievais foi aqui que deu à costa o corpo de São Vicente e o geógrafo árabe Idrisi conta que sobre a igreja pairavam 10 corvos e que, através dos seus crocitos, sabia-se de antemão o número de peregirnos que se aproximava. Daqui, as relíquias do santo terão sido levadas para Lisboa no tempo de D. Afonso Henriques, escoltadas pelos simbólicos corvos.


Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina


As maravilhas naturais até aqui citadas integram o Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina, uma longa faixa costeira (74788 hectares) desde a Ribeira da Junqueira (concelho de Sines) até Burgau (concelho de Vila do Bispo). É uma zona única a nível nacional e europeu, pelo elevado estado de conservação do litoral e riqueza ambiental e paisagística que a caracterizam.


Zona de interface mar-terra, possui arribas escarpadas caindo sobre o mar, praias de areia fina, zonas charneca, sapais, estuários, lagoas ribeiro e riachos e claro, um “alteroso mar”.


São conhecidos cerca de 750 espécies e algumas mais de 100 raras ou localizadas, incluindo não só as espécies consideradas vulneráveis portuguesas, como também diversas espécies estritamente protegidas na Europa.


Ria de Alvor


A Ria de Alvor é uma zona pequena com delicados equilíbrios ambientais e os seus esteiros e sapais funcionam como uma maternidade para muitas espécies de peixes, moluscos e crustáceos


A Ria de Alvor acolhe anualmente mais de 150 espécies de aves migratórias, num total de 255 espécies registadas de avifauna, quase 600 espécies de borboletas, 22 espécies de libélulas entre outras.


Parque Natural da Ria Formosa


O Parque Natural da Ria Formosa estende-se desde a praia do Ancão (Loulé) até à da Manta Rota (Vila Real de Santo António), marcando ainda o litoral dos concelhos de Faro, Olhão, e Tavira.


Devido aos canais formados sob a influência das correntes de maré, numa rede intrincada entre água, areia e flora, beneficiamos de idílicas paisagens, com dunas, ilhas e canais únicos. É uma zona húmida de importância internacional como habitat de aves aquáticas, sendo que o próprio símbolo do Parque é o caimão-comum, uma espécie rara que em Portugal existe e se reproduz exclusivamente nestes lugares algarvios.


A águia de asa redonda, o flamingo também gostam de andar pró aqui, bem como o camaleão, quase extinto na Europa.


O Parque Natural da Ria Formosa tem sede em Olhão, na Quinta de Marim, que convida a um percurso pedestre interpretativo onde se pode melhor observar a riqueza desta paisagem protegida.




 




Fonte: Observatório do Algarve


 

Booking.com

Calendário

Julho 2018

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031

reserva

Booking.com

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Facebook

Relógio

Misterwhat

Comentários recentes

  • Tempo no Algarve

    Olá Cláudia.Desde já, agradeço a sua informação e ...

  • Cláudia

    Olá!Queria avisar que já descobri os novos horário...

  • Tempo no Algarve

    Olá Cláudia. A empresa que efectua o transporte ai...

  • Cláudia

    Olá! Podem actualizar o horário para Julho 2018, p...

  • Tempo no Algarve

    Pode clicar na localização no local de embarque e ...

Ofertas de Emprego - Faro

Google

Pesquisa

Custom Search