Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Tempo no Algarve

Estado do Tempo, Previsões, Alertas e Notícias sobre a Região Algarvia. E-mail: temponoalgarve@sapo.pt

Tempo no Algarve

Estado do Tempo, Previsões, Alertas e Notícias sobre a Região Algarvia. E-mail: temponoalgarve@sapo.pt

Calendário

Abril 2015

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930

anúncio

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Facebook

Relógio

Misterwhat

Comentários recentes

  • Anónimo

    Obrigado.

  • Tempo no Algarve

    Boa Tarde, Pedro.Para isso deve contactar a empres...

  • Anónimo

    Boa tarde.Pretendo saber a vossa política de trans...

  • Anónimo

    Muito obrigado pelo artigo!Sou apaixonado por páss...

  • Tempo no Algarve

    Buenas Tardes, Mercedes.Sí, los horarios están act...

Ofertas de Emprego - Faro

Google

Pesquisa

Custom Search

30
Abr15

2319: Situação da apanha de bivalves no Algarve

Tempo no Algarve

Segundo o último comunicado divulgado hoje, dia 30 de Abril de 2015

 

Segundo precisa o IPMA, a interdição temporária está relacionada "com a presença de fitoplâncton produtor de toxinas marinhas ou de níveis de toxinas acima dos valores regulamentares" ou estão reclassificadas temporariamente.

 

No Litoral entre Faro e Olhão (L8), está interdita a apanha de Conquilha.

 

No Litoral entre Aljezur e Cabo de São Vicente, (L7a), está interdita a apanha de todos os bivalves.

 

No Litoral entre o Cabo de São Vicente e Portimão (L7c), está interdita de Mexilhão e Conquilha.

 

No Litoral entre Tavira e Vila Real de Santo António (L9), está interdita a apanha de amêijoa-branca, devido a amostra indisponível.

 

Na Ria Formosa, Faro (Far2), está interdita a apanha de todos os bivalves.

 

Na Ria Formosa, Olhão (OLH1), está interdita a apanha de todos os bivalves.

 

Na Ria Formosa, Olhão (OLH2), está interdita a apanha de todos os bivalves.

 

Na Ria Formosa, Olhão (OLH3), está interdita a apanha de todos os bivalves, excepto Amêijoa-boa.

 

Na Ria Formosa, Olhão (OLH4), está interdita a apanha de Berbigão.

 

Na Ria Formosa, Olhão (OLH5), está interdita a apanha de Longueirão.

 

Na Ria Formosa, Fuzeta (FUZ1), está interdita a apanha de Mexilhão e Berbigão.

 

Na Ria Formosa, Tavira (TAV2), está interdita a apanha de Mexilhão.

 

A interdição, decretada pelo Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), deve-se à presença da toxina DSP que podem causar intoxicação diarreica, refere aquele instituto em nota divulgada na sua página de Internet.

 

Fonte: IPMA

30
Abr15

Dados da Estação Meteorológica em Olhão

Tempo no Algarve

Dados referentes ao mês de Abril de 2015

 

Dia

Temperatura

Máxima (ºC)

Temperatura

mínima (ºC)

Precipitação

(mm)

                  Observações                 
1 28.1 15.0 0 Céu limpo
2 24.3 15.3 0 Céu pouco nublado
3 21.0 14.0 0 Céu nublado por nuvens altas
4 24.0 12.3 0 Céu nublado por nuvens altas
5 18.9 15.3 0 Céu nublado. Neblina
6 18.3 14.8 1 Céu nublado. Aguaceiros durante a manhã
7 19.3 13.9 0 Céu nublado
8 14.8 13.1 3 Céu nublado. Aguaceiros fracos
9 18.5 13.8 4

Céu nublado com abertas durante a tarde.

Aguaceiros

10 18.8 14.8 0 Céu pouco nublado
11 22.4 12.0 1

Céu pouco nublado tornando-se nublado.

Aguaceiros ao final da tarde

12 21.8 12.4 0 Céu pouco nublado
13 21.6 12.7 0 Céu pouco nublado
14 19.5 15.0 0 Céu nublado
15 20.3 13.4 2

Céu nublado tornando-se pouco nublado.

Aguaceiros durante a manhã

16 21.1 11.4 0 Céu pouco nublado
17 22.5 13.2 0 Céu pouco nublado
18 22.4 12.3 0

Céu pouco nublado temporariamente nublado

por nuvens altas

19 21.6 11.7 0 Céu pouco nublado
20 22.7 12.3 0 Céu pouco nublado aumentando de nebulosidade
21 21.4 12.4 0 Céu pouco nublado
22 20.7 15.3 0 Céu nublado tornando-se pouco nublado
23 22.7 13.2 0 Céu pouco nublado
24 21.4 12.1 0 Céu nublado
25 21.2 15.8 0 Céu nublado
26 19.8  15.7 3

Céu nublado com abertas. Aguaceiros durante a 

manhã

27 20.3 12.8 0 Céu nublado
28 22.1 11.2 0 Céu pouco nublado
29 23.2 12.0 0 Céu pouco nublado
30 23.8 13.7 0 Céu limpo

 

27
Abr15

2317: Previsão meteorológica para a semana de 27 de Abril a 3 de Maio de 2015

Tempo no Algarve

Previsão meteorológica no Algarve para os próximos dias:

 

Dia 27 (2ªfeira) - Céu com períodos de nebulosidade. Vento fraco a moderado de oeste. Pequena subida da temperatura máxima.

 

Máximas: 19ºC - 23ºC

mínimas: 11ºC - 15ºC

 

Estado do mar: Ondas de sudoeste inferiores a 1 metro. Temperatura da água do mar: 17ºC.

 

Dia 28 (3ªfeira) - Céu pouco nublado. Vento fraco de oeste, soprando moderado durante a tarde de sudoeste.

 

Máximas: 20ºC - 24ºC

mínimas: 10ºC - 14ºC

 

Estado do mar: Ondas de sudoeste inferiores a 1 metro. Temperatura da água do mar: 17ºC.

 

Dia 29 (4ªfeira) - Céu pouco nublado. Vento fraco de oeste, soprando moderado durante a tarde de sudoeste. Pequena subida da temperatura máxima.

 

Máximas: 23ºC - 27ºC

mínimas: 10ºC - 14ºC

 

Estado do mar: Ondas de sudoeste inferiores a 1 metro.

 

Dia 30 (5ª feira) - Céu pouco nublado temporariamente nublado por nuvens altas. Vento fraco a moderado de noroeste. Pequena subida da temperatura máxima.

Máximas: 25ºC - 29ºC

mínimas: 11ºC - 15ºC

 

Estado do mar: Ondas de sudoeste inferiores a 1 metro.

 

Dia 1 (6ª feira) - Céu pouco nublado temporariamente nublado por nuvens altas. Vento fraco a moderado de noroeste. Pequena subida da temperatura máxima.

 

Máximas: 28ºC - 32ºC

mínimas: 14ºC - 18ºC

 

Estado do mar: Ondas de sudoeste inferiores a 1 metro.

 

Dia 2 (Sábado) - Céu pouco nublado. Vento fraco de norte.

 

Máximas: 27ºC - 31ºC

mínimas: 16ºC - 20ºC

 

Estado do mar: Ondas de sudoeste inferiores a 1 metro.

 

Dia 3 (Domingo) - Céu nublado por nuvens altas. Vento fraco de noroeste.

 

Máximas: 26ºC - 30ºC

mínimas: 14ºC - 18ºC

 

Estado do mar: Ondas de sudoeste inferiores a 1 metro.

24
Abr15

2316: Situação da apanha de bivalves no Algarve

Tempo no Algarve

Segundo o último comunicado divulgado hoje, dia 24 de Abril de 2015

 

Segundo precisa o IPMA, a interdição temporária está relacionada "com a presença de fitoplâncton produtor de toxinas marinhas ou de níveis de toxinas acima dos valores regulamentares" ou estão reclassificadas temporariamente.

 

No Litoral entre Faro e Olhão (L8), está interdita a apanha de Mexilhão e Conquilha.

 

No Litoral entre Aljezur e Cabo de São Vicente, (L7a), está interdita a apanha de todos os bivalves.

 

No Litoral entre o Cabo de São Vicente e Portimão (L7c), está interdita de Mexilhão e Conquilha.

 

No Litoral entre Tavira e Vila Real de Santo António (L9), está interdita a apanha de todos os bivalves excepto pé-de-burrinho, devido a amostra indisponível.

 

Na Ria Formosa, Olhão (OLH1), está interdita a apanha de todos os bivalves.

 

Na Ria Formosa, Olhão (OLH2), está interdita a apanha de todos os bivalves.

 

Na Ria Formosa, Olhão (OLH3), está interdita a apanha de todos os bivalves, excepto Amêijoa-boa.

 

Na Ria Formosa, Olhão (OLH4), está interdita a apanha de todos os bivalves, excepto Ostra e Amêijoa-boa.

 

Na Ria Formosa, Olhão (OLH5), está interdita a apanha de Longueirão.

 

Na Ria Formosa, Fuzeta (FUZ1), está interdita a apanha de Mexilhão e Berbigão.

 

Na Ria Formosa, Tavira (TAV2), está interdita a apanha Mexilhão e Amêijoa-boa.

 

A interdição, decretada pelo Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), deve-se à presença da toxina DSP que podem causar intoxicação diarreica, refere aquele instituto em nota divulgada na sua página de Internet.

 

Fonte: IPMA

21
Abr15

2315: Olhão receia indemnizações em demolições na Ria Formosa

Tempo no Algarve

A Câmara Municipal de Olhão vai colocar uma providência cautelar pela suspensão das demolições na Ria Formosa por receio que, caso as demolições venham a ser consideradas ilegais pelos tribunais, as autarquias tenham de participar nas indemnizações.

"Temos receio que, caso a Polis avance neste processo de 'cegueira' de deitar casas abaixo e venha a ser dada razão [pelos tribunais] aos donos das casas, a Polis terá depois de entrar num processo de indeminizações e nós [autarquias] somos acionistas da Polis", disse esta terça-feira à Lusa o presidente do município de Olhão.

A reação da autarquia tem por base o facto de, pela primeira vez, o Tribunal Administrativo e Fiscal de Loulé ter decidido pela suspensão de uma casa de segunda habitação na ilha de Faro, área abrangida pelo plano de renaturalização que a Sociedade Polis Litoral Ria Formosa tem vindo a executar com demolições de casas.

Juíza decretou suspensão de demolição

"A juíza mandou suspender a demolição", observou António Miguel Pina, acrescentando que a juíza considerou existirem dúvidas que deverão ser esclarecidas em tribunal. Segundo aquele autarca, as dúvidas são as mesmas da Câmara de Olhão, nomeadamente "falhas processuais na constituição da Polis e nas decisões da Polis que levam a que todo este processo esteja ferido de ilegalidade".

A providência cautelar da demolição de uma casa de segunda habitação sustenta que o processo de demolições e a tomada de posse das casas apresenta um conjunto de ilegalidades porque não foram acautelados procedimentos como por exemplo a aprovação do Plano Estratégico da Polis pelas Assembleias Municipais. António Miguel Pina diz que o seu executivo coloca ainda em causa que a Polis esteja legal atualmente "uma vez que o seu prazo de validade era até 2014".

"Ainda corremos o risco de os munícipes de Olhão virem a ter de pagar os desvarios da Sociedade Polis e do Ministro do Ambiente", comentou o presidente da Câmara Municipal.

Providência cautelar no final do mês

A providência cautelar da autarquia de Olhão será entregue até ao final do mês. Até ao final desta semana a autarquia conta apresentar uma outra providência onde alega que a Sociedade Polis não respeitou as determinações do Plano de Ordenamento da Orla Costeira (POOC) para a proteção do camaleão, espécie protegida que as ilhas-barreiras como um dos seus habitats. "O POOC Vilamoura- Vila Real de Santo António previa que fossem feitos estudos e um programa para acautelar [os camaleões] no processo de demolições e o mesmo não foi feito", explicou António Miguel Pina.

Demolição de 800 constuções

O processo de renaturalização da ria Formosa, lançado pelo Ministério do Ambiente, através do programa Polis, prevê a demolição de um total de 800 construções nos núcleos urbanos das ilhas-barreira. Os trabalhos começaram em dezembro, no ilhote dos Ramalhetes e no ilhote de Cobra, e deverão prolongar-se até ao verão, segundo o calendário anunciado inicialmente pela sociedade Polis. O Programa Polis Litoral da Ria Formosa é o instrumento financeiro para a execução do Plano de Ordenamento da Orla Costeira (POOC) Vilamoura - Vila Real de Santo António, aprovado em 2005 e que deveria ter sido concluído em 2014, mas foi prolongado por mais um ano.

 

Fonte: CM

21
Abr15

2314: Aviso Amarelo no Algarve

Tempo no Algarve

Faro

Última actualização da informação:

Terça-feira, 21 de Abril de 2015

 
Agitação Marítima

Amarelo

Agitação Marítima

Para o período de: 2015-04-21 19:00:00
até: 2015-04-22 02:59:59

Altura Significativa das Ondas

Na costa Sul ondas de sueste com 2 metros

 

Fonte: IPMA

20
Abr15

2313: Previsão meteorológica para a semana de 20 de Abril a 26 de Abril de 2015

Tempo no Algarve

Previsão meteorológica no Algarve para os próximos dias:

 

Dia 20 (2ªfeira) - Céu pouco nublado, aumentando de nebulosidade a partir da tarde. Vento fraco a moderado de noroeste. Pequena subida da temperatura máxima.

 

Máximas: 19ºC - 23ºC

mínimas: 10ºC - 14ºC

 

Estado do mar: Ondas de sudoeste com 1 a 1.5 metros. Temperatura da água do mar: 17ºC.

 

Dia 21 (3ªfeira) - Céu pouco nublado aumentando de nebulosidade. Vento fraco a moderado de sueste.

 

Máximas: 19ºC - 23ºC

mínimas: 11ºC - 15ºC

 

Estado do mar: Ondas de sueste com 1 a 2 metros. Temperatura da água do mar: 17ºC.

 

Dia 22 (4ªfeira) - Céu nublado. Vento fraco de sueste. Possibilidade para a ocorrência de aguaceiros fracos. Descida da temperatura máxima.


Máximas: 16ºC - 20ºC

mínimas: 12ºC - 16ºC

 

Estado do mar: Ondas de sueste com 1 metro.

 

Dia 23 (5ª feira) - Céu pouco nublado temporariamente nublado por nuvens altas. Vento fraco de sudoeste. Pequena descida da temperatura mínima.

Máximas: 20ºC - 24ºC

mínimas: 10ºC - 14ºC

 

Estado do mar: Ondas de sudoeste inferiores a 1 metro.

 

Dia 24 (6ª feira) - Céu pouco nublado temporariamente nublado por nuvens altas. Vento fraco de oeste. Pequena subida da temperatura máxima.

 

Máximas: 20ºC - 24ºC

mínimas: 11ºC - 15ºC

 

Estado do mar: Ondas de sudoeste inferiores a 1 metro.

 

Dia 25 (Sábado) - Céu nublado. Vento fraco a moderado de oeste. Pequena subida da temperatura máxima.

 

Máximas: 20ºC - 24ºC

mínimas: 11ºC - 15ºC

 

Estado do mar: Ondas de sudoeste inferiores a 1 metro.

 

Dia 26 (Domingo) - Céu nublado. Vento moderado de oeste. Aguaceiros.

 

Máximas: 18ºC - 22ºC

mínimas: 11ºC - 15ºC

 

Estado do mar: Ondas de sudoeste inferiores a 1 metro.

 

Precipitação prevista para esta semana: 0 mm a 10 mm

16
Abr15

2312: Situação da apanha de bivalves no Algarve

Tempo no Algarve

Segundo o último comunicado divulgado hoje, dia 15 de Abril de 2015

 

Segundo precisa o IPMA, a interdição temporária está relacionada "com a presença de fitoplâncton produtor de toxinas marinhas ou de níveis de toxinas acima dos valores regulamentares" ou estão reclassificadas temporariamente.

 

No Litoral entre Faro e Olhão (L8), está interdita a apanha de todos os bivalves, excepto pé-de-burrinho.

 

No Litoral entre o Cabo de São e Portimão (L7c), está interdita a apanha de todos os bivalves, devido a Fitoplâncton produtor de DSP.

 

No Litoral entre Tavira e Vila Real de Santo António (L9), está interdita a apanha de todos os bivalves, devido a amostra indisponível.

 

Na Ria Formosa, Olhão (OLH3), Olhão (OLH4), Olhão (OLH5) e Fuzeta (FUZ1), está interdita a apanha de todos os bivalves.

 

A interdição, decretada pelo Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), deve-se à presença da toxina DSP que podem causar intoxicação diarreica, refere aquele instituto em nota divulgada na sua página de Internet.

 

Fonte: IPMA

14
Abr15

2311: Situação da Seca em Portugal a 31 de Março de 2015

Tempo no Algarve

Em 31 de Março de 2015 e segundo o índice meteorológico de seca PDSI, verifica-se um agravamento da seca, estando todo o país, em situação de seca: cerca de 93 % do território em seca fraca a moderada e cerca de 7 % em seca severa (alguns locais do Alentejo e de Trás-os-Montes).

 

Distribuição do PDSI no território do Continente:

  • seca fraca: 25.5%
  • seca moderada: 67.3%
  • seca severa: 7.2%

 

391

Fonte: IPMA

Pág. 1/3

Calendário

Abril 2015

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930

anúncio

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Facebook

Relógio

Misterwhat

Comentários recentes

  • Anónimo

    Obrigado.

  • Tempo no Algarve

    Boa Tarde, Pedro.Para isso deve contactar a empres...

  • Anónimo

    Boa tarde.Pretendo saber a vossa política de trans...

  • Anónimo

    Muito obrigado pelo artigo!Sou apaixonado por páss...

  • Tempo no Algarve

    Buenas Tardes, Mercedes.Sí, los horarios están act...

Ofertas de Emprego - Faro

Google

Pesquisa

Custom Search