Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Tempo no Algarve

Estado do Tempo, Previsões, Alertas e Notícias sobre a Região Algarvia. E-mail: temponoalgarve@sapo.pt

Tempo no Algarve

Estado do Tempo, Previsões, Alertas e Notícias sobre a Região Algarvia. E-mail: temponoalgarve@sapo.pt

Calendário

Setembro 2012

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30

Facebook

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Google

Comentários recentes

  • Anónimo

    Horários e preços já muito desatualizados.E para a...

  • Tempo no Algarve

    Boa noite. Hoje já foi publicado os dados climatol...

  • Anónimo

    Bom dia, onde estão os dados climatológicos refere...

  • Anónimo

    Bom dia, gostaria que atualizassem os dados deste ...

  • Botas de Mulher

    Informação sem dúvida muito útil apar quem pretend...

Pesquisa

Custom Search

subscrever feeds

Mais sobre mim

13
Set12

1677: Proibição da apanha de bivalves deixa famílias à fome

Tempo no Algarve

Milhares de famílias da área da Ria Formosa já estão a passar situações de carência alimentar, devido à interdição da captura de bivalves em toda a Ria, decretada pelas autoridades sanitárias, alertam as associações do sector.

 

"A fome começou no dia seguinte ao primeiro dia de proibição da apanha, porque são pessoas que ganham para o dia a dia, mas passadas três semanas as situações de fome já são mesmo muito preocupantes", disse à Lusa o presidente da associação de viveiristas da Ria Formosa (Vivmar), Américo Custódio.

 

Por seu turno, o presidente da cooperativa de viveiristas Formosa, Augusto da Paz, sublinhou que se repetem situações em que os empresários adiantam dinheiro aos trabalhadores e fala também em situações de fome, sobretudo no concelho de Olhão.

 

As autoridades interditaram a captura de todas as espécies de bivalves em várias zonas da Ria Formosa a 21 de Agosto e, no início de Setembro, a interdição foi alargada a toda a Ria, da Quinta do Lago a Cacela Velha, devido à presença na água de toxinas que provocam intoxicação paralisante.

Segundo Augusto da Paz, a paragem afecta cerca de cinco mil profissionais que exercem actividade legalmente, mas o número pode alargar-se para o dobro, devido à existência de muitos indocumentados.

 

"Se juntarmos os agregados familiares, ficamos com ideia da quantidade de pessoas afectadas", acrescentou.

 

Contactados pela Lusa, os responsáveis do sector referiram que a interdição de apanha em águas interiores da Ria Formosa é relativamente rara, acontecendo mais frequentemente nas águas oceânicas.

 

Os viveiristas e mariscadores contestam a inexistência de mecanismos de protecção social para estas situações, o que deixa desprotegidas milhares de pessoas impedidas de trabalhar.

 

"Só ao fim de um mês nos é permitido requerer uma compensação salarial, que é baixíssima, pois não vai além de um terço do salário mínimo nacional", afirmou o presidente da Vivmar, que admitiu a possibilidade de várias formas de luta caso a situação se mantenha.

 

A ocorrência de episódios de presença de toxinas na Ria é normalmente associada ao aumento da temperatura e à falta de oxigenação das águas, factores que permitem o desenvolvimento de fitoplâncton.

 

Fonte: CM

Calendário

Setembro 2012

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30

Facebook

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Google

Comentários recentes

  • Anónimo

    Horários e preços já muito desatualizados.E para a...

  • Tempo no Algarve

    Boa noite. Hoje já foi publicado os dados climatol...

  • Anónimo

    Bom dia, onde estão os dados climatológicos refere...

  • Anónimo

    Bom dia, gostaria que atualizassem os dados deste ...

  • Botas de Mulher

    Informação sem dúvida muito útil apar quem pretend...

Pesquisa

Custom Search

subscrever feeds

Mais sobre mim