Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Tempo no Algarve

Estado do Tempo, Previsões, Alertas e Notícias sobre a Região Algarvia. E-mail: temponoalgarve@sapo.pt

Tempo no Algarve

Estado do Tempo, Previsões, Alertas e Notícias sobre a Região Algarvia. E-mail: temponoalgarve@sapo.pt

Calendário

Outubro 2011

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031

anúncio

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Facebook

Relógio

Google

Comentários recentes

Ofertas de Emprego - Faro

Google

Pesquisa

Custom Search

24
Out11

1443: Mau tempo/Faro: 120 desalojados de acampamento pelo temporal vão ficar num armazém

Tempo no Algarve
Cerca de 120 pessoas que vivam num acampamento e ficaram desalojados na sequência dos fortes ventos que se abateram sobre Faro serão provisoriamente realojados num armazém, disse à Lusa o presidente da Câmara de Faro, Macário Correia.

“O armazém foi disponibilizado pela Junta de Freguesia de São Pedro", disse o autarca, garantindo que a Câmara está a acompanhar a situação social das famílias desalojadas.

O realojamento começará esta noite e dever-se-á manter até que as famílias consigam reconstruir o acampamento, no Cerro do Bruxo, completamente destruído pelo temporal que ocorreu cerca das 05:00 da manhã de hoje.

O armazém disponibilizado fica próximo da estação de caminhos de ferro de Faro. Onze residentes do acampamento ficaram feridos, um dos quais em estado grave, um homem de 46 anos, que ainda se encontra-se observação, em estado “estável e consciente”.

As restantes vítimas, oito adultos e duas crianças, foram tratados a ferimentos ligeiros e já tiveram alta. A estes 11 feridos juntam-se os cinco feridos resultantes do desabamento do teto do aeroporto de Faro, um dos quais em estado grave mas estável, de acordo com a mesma fonte do Hospital de Faro.
 
Fonte: Região Sul
24
Out11

1442: Rajadas de vento que destruíram cobertura do Aeroporto de Faro atingiram 150 km/h

Tempo no Algarve

A estação meteorológica do Aeroporto de Faro registou «vento muito forte, com rajadas que atingiram 150 km/h», às 5h00 desta madrugada, revelou ao Sul Informação a meteorologista Patrícia Gomes.

 

Estas rajadas, que destruíram parte da cobertura do aeroporto algarvio, causando cinco feridos, foram acompanhadas de chuvas intensas, que, no acumulado de 12 horas, entre as 19h00 de ontem e as 7h00 de hoje (hora local) alcançaram 40 milímetros.

 

A meteorologista disse ao Sul Informação que, apesar dos relatos de vizinhos do Aeroporto de Faro, nomeadamente em Montenegro, onde também houve prejuízos, de que se terá tratado de um tornado, o Instituto de Meteorologia «não tem ainda elementos para dizer se foi ou não foi um tornado». Para isso, teria de ser feita uma «avaliação dos estragos» no terreno.

 

No sul do país, o mau tempo foi ainda particularmente intenso em Almodôvar, onde se registaram rajadas de 100 km/h e onde a precipitação acumulada em 12 horas atingiu mesmo os 55 mm.

 

Em termos de vento, em Castro Marim foram registadas rajadas com 80 km/h, o mesmo valor de Sagres.

 

Em Faro, registaram-se 10 mm de chuva às 4h00 da manhã, 20 mm às 5h00 e 9 mm às 6h00. Em Castro Marim, a precipitação acumulada atingiu os 34 mm.

 

A meteorologista Patrícia Gomes revelou ainda que, depois da passagem desta superfície frontal muita ativa por todo o território nacional, para hoje e amanhã prevêem-se apenas aguaceiros.

 

No entanto, na quarta-feira poderá regressar o mau tempo. «Prevê-se a passagem de outra superfície frontal com muita atividade, mas que, em princípio, não irá chegar tão intensa ao Algarve», concluiu.

 

Fonte: Sul Informação

 

 

 

 

Fonte: SIC

 

 

Queda da cobertura do aerpoporto de Faro (LUIS FORRA/LUSA)

 

 

 

 

 

 

Fonte: Queda da cobertura do aeroporto de Faro (LUIS FORRA/LUSA)

 

 

 

 

24
Out11

1441: Mau tempo provoca cinco feridos em desabamento de cobertura no Aeroporto de Faro

Tempo no Algarve

A queda de parte da cobertura na zona de check in do Aeroporto de Faro, que provocou cinco feridos ligeiros, por volta das 5h00 da manhã, é a situação mais grave ocorrida no Algarve devido ao mau  tempo, revelou o CDOS (Comando Distrital de Operações e Socorro) de Faro.

 

Durante a madrugada, sobretudo entre as 5h00 e as 6h00, o CDOS registou um total de 37 ocorrências, provocadas pelo vento e pela chuva, em especial quedas de árvores e de estruturas, inundações e acidentes rodoviários.

 

O mau tempo afetou principalmente cinco concelhos algarvios, em especial o de Faro, tendo ainda sido registados mais três feridos, mas em consequência de acidentes rodoviários.

 

Devido à queda de parte da cobertura da zona de check in do Aeroporto de Faro, ficaram feridas cinco pessoas (um passageiro e quatro funcionários), que, embora sem gravidade, foram conduzidas ao Hospital de Faro, de onde já tiveram alta.

 

O Aeroporto, na sequência deste desabamento e por causa dos ventos fortes, tem os voos suspensos, mas a Antena1 acaba de anunciar que o check in já foi aberto e que dentro em breve recomeçará a normal operação.

 

A infraestrutura aeroportuária tem ainda todos os restaurantes fechados, por razões de segurança, o que tem provocado queixas das centenas de passageiros que entretanto se juntaram no Aeroporto.

 

Há também estragos a registar na zona de Montenegro, próximo do aeroporto, onde há casas destelhadas, árvores partidas e carros com prejuízos por terem sido atingidos por objetos levados pelo vento.

 

O Sul Informação apurou ainda que há diversas zonas do Algarve e Baixo Alentejo sem luz, devido ao mau tempo, nomeadamente nos concelhos de Monchique, Aljezur e Almodôvar.

 

Segundo o Instituto de Meteorologia, entre as 4h00 e 5h00 da madrugada, na zona de Faro, caíram 20 milímetros de chuva por hora. 

 

Fonte: Sul Informação

23
Out11

1440: Previsão meteorológica para a semana de 24 de Outubro a 30 de Outubro de 2011

Tempo no Algarve

Previsão meteorológica no Algarve para os próximos dias:

 

Dia 24 (2ªfeira) - Céu muito nublado diminuindo de nebulosidade a partir da tarde. Vento moderado a forte de sudoeste soprando forte a muito forte com rajadas até 100 km/h. Períodos de chuva por vezes fortes até ao início da manhã passando a aguaceiros fracos. Condições favoráveis à ocorrência de aguaceiros e trovoadas. Pequena descida de temperatura.

 

Máximas: 18ºC - 22ºC
mínimas: 15ºC - 19ºC

 

Estado do mar:  Ondas de sudoeste com 3 a 4.5 metros diminuindo para 2 a 2.5 metros. Temperatura da água do mar: 22ºC

 

Dia 25 (3ªfeira) - Céu nublado com abertas. Vento moderado de oeste. Aguaceiros durante a tarde. Pequena descida de temperatura.

 

Máximas: 19ºC - 23ºC

mínimas: 10ºC - 14ºC

 

Estado do mar: Ondas de sudoeste com 2 metros. Temperatura da água do mar: 23ºC.

 

Dia 26 (4ªfeira)  - Céu muito nublado. Vento fraco de sul tornando-se forte com rajadas até 70 km/h. Períodos de chuva que podem ser fortes a partir da tarde. Condições favoráveis à ocorrência de trovoadas.

   

Máximas: 18ºC - 22ºC

mínimas: 14ºC - 18ºC

 

Estado do mar: Ondas de sudoeste com 2 a 3 metros.

 

Dia 27 (5ª feira) - Céu muito nublado tornando-se pouco nublado para a tarde. Vento moderado a forte de sudoeste rodando para noroeste. Pequena descida de temperatura.

 

Máximas: 17ºC - 21ºC

mínimas: 12ºC - 16ºC

 

Estado do mar: Ondas de sudoeste com 2 a 3 metros.

 

Dia 28 (6ª feira) - Céu pouco nublado. Vento moderado de norte. 

 

Máximas: 19ºC - 23ºC

mínimas: 11ºC - 15ºC

 

Estado do mar: Ondas de sudoeste com 1 a 1.5 metros.

 

Dia 29 (Sábado) - Céu pouco nublado aumentando de nebulosidade por nuvens altas. Vento moderado de norte. 

 

Máximas: 20ºC - 24ºC

mínimas: 10ºC - 14ºC

 

Estado do mar: Ondas de sudoeste com 1 a 1.5 metros.

 

Dia 30 (Domingo) - Céu pouco nublado. Vento fraco a moderado de norte.

 

Máximas: 19ºC - 23ºC

mínimas: 10ºC - 14ºC

 

Estado do mar:  Ondas de sudoeste com 1 a 2 metros.

 

Precipitação prevista para esta semana: 40 mm a 70 mm

22
Out11

1439: Aviso Laranja no Algarve

Tempo no Algarve

Faro

Última actualização da informação:

Sábado, 22 de Outubro de 2011

Vento

Laranja

Vento

Para o período de: 2011-10-23 15:00:00
até: 2011-10-24 05:59:59

Rajada Máxima do Vento

Vento forte a muito forte de sul, com rajadas da ordem dos 100 km/h.

Precipitação

Laranja

Precipitação

Para o período de: 2011-10-23 15:00:00
até: 2011-10-24 05:59:59

Chuva/Aguaceiros

Periodos de chuva, temporariamente forte.

Agitação Marítima

Amarelo

Agitação Marítima

Para o período de: 2011-10-23 15:00:00
até: 2011-10-24 23:59:59

Altura Significativa das Ondas

Na costa ocidental, ondas de de sudoeste com 4 a 5 metros passando a noroeste.

 

Fonte: IM

21
Out11

1438: Meteorologia avisa para mudança brusca do tempo no fim de semana em todo o continente

Tempo no Algarve

De acordo com as previsões elaboradas pelo Centro de Análise e Previsão do Instituto de Meteorologia, o estado do tempo sofrerá alteração significativa a partir de amanhã, sábado, dia 22.

 

Deve-se esta alteração à existência de uma depressão que se encontra localizada a sul do Algarve e que se deslocará durante o dia de amanhã para o interior da Península Ibérica, provocando para amanhã, sábado, céu muito nublado nas regiões do interior sul, com possibilidade de ocorrência de aguaceiros fracos por vezes acompanhados de trovoada, estendendo-se esta situação no final do dia ao norte do território.

 

Prevê-se igualmente uma ligeira descida na temperatura máxima, em especial nas regiões do interior.

 

A partir de domingo, 23 de outubro, o tempo em Portugal Continental passará a estar influenciado por sistemas depressionários, com superfícies frontais associadas, localizados entre a Galiza e as Ilhas Britânicas, que acentuarão a mudança significativa do estado do tempo.

 

Assim, domingo, 23 de outubro, um sistema frontal deverá dar origem à ocorrência de precipitação no litoral, no início da tarde, que se estenderá gradualmente a todo o País e que ao final da tarde e madrugada de segunda-feira, poderá ser forte e acompanhada de trovoada e granizo. O vento irá aumentar gradualmente de intensidade ao longo do dia, sendo moderado a forte e nas terras altas forte a muito forte, com rajadas da ordem dos 100km.

 

Após a passagem deste sistema frontal prevê-se a ocorrência de aguaceiros que poderão ser de neve nos pontos mais altos da Serra da Estrela e uma acentuada descida da temperatura, em especial da máxima, na segunda-feira, com valores no norte e centro a variar entre 12ºC e os 15ºC e no sul entre os 16ºC e os 18ºC. A partir de terça-feira, dia 24, prevê-se uma acentuada descida da temperatura mínima que poderá atingir valores abaixo dos 5ºC nalguns locais do interior norte e centro.

 

Prevê-se que estas condições do estado do tempo, caraterizadas por precipitação por vezes forte e temperaturas consideravelmente inferiores às que se têm registado nos últimos dias, se mantenham durante a semana, esperando-se designadamente para quarta-feira e quinta-feira, dias 26,e 27, a ocorrência de mais um episódio de precipitação forte associado à passagem de novo sistema frontal no território do continente.

 

O IM sugere o acompanhamento da situação através da sua página de Internet www.meteo.pt 

 

Fonte: Sul Informação

21
Out11

1437: Tavira: Vandalismo obriga câmara a fechar Pego do Inferno ao público

Tempo no Algarve
A Câmara Municipal de Tavira anunciou hoje o encerramento para obras do Pego do Inferno, um parque junto a uma lagoa, a sete quilómetros daquela cidade algarvia, que tem sido alvo de vandalismo recentemente.

“Não estavam reunidas as condições mínimas de segurança para que o parque permanecesse aberto ao público”, disse à Lusa o vice-presidente da Câmara de Tavira, Luís Nunes, adiantando que brevemente será levado a cabo o concurso para as necessárias reparações.

Os estragos detetados no parque incluem guardas de segurança e degraus das escadarias partidos, caixotes de lixo vandalizados e vários outros equipamentos danificados.

De acordo com o mesmo responsável, o vandalismo na zona era recorrente e todos os anos obrigava a autarquia a um esforço suplementar de reparações, mas este ano foi muito superior ao habitual, obrigando à vedação e fecho do recinto.

A autarquia assegura que, após as obras de reparação, o parque terá vigilância própria para evitar novos atos de vandalismo, mas ainda não está decidido qual o formato dessas medidas de segurança.

“Será difícil termos as obras concluídas no início de 2012, mas obviamente tudo estará pronto no início da época balnear”, afiançou Luís Nunes, adiantando que a vontade da autarquia é acompanhada pela dos proprietários dos terrenos em que se situa o parque.

Próximo do Pego do Inferno encontram-se alguns moinhos de água, designados Moinhos da Rocha, que serão alvo também de requalificação, estudando-se a instalação de um centro interpretativo.

Situado na freguesia de Santo Estêvão, o Pego do Inferno é constituído por uma lagoa rodeada de árvores, para a qual drena uma queda de água da ribeira da Asseca, conjunto paisagístico que pode ser apreciada do Miradouro do Pego, uma estrutura de madeira instalada sobre a lagoa.

Na origem do nome do lugar está a lenda segundo a qual, há muitos anos, uma carroça se despenhou no pego, caindo os ocupantes na lagoa. Os cadáveres dos ocupantes da carroça e os dos animais que a puxavam nunca foram localizados e os mergulhadores não conseguiram encontrar o fundo da lagoa, chamando-se desde então o local Pego do Inferno.

Durante o verão, o lugar é procurado por turistas nacionais e estrangeiros, que mergulham na lagoa.

A instalação dos equipamentos agora vedados ao público teve lugar no ano 2000.
 
Fonte: Região Sul
17
Out11

1436: Previsão meteorológica para a semana de 17 de Outubro a 23 de Outubro de 2011

Tempo no Algarve

Previsão meteorológica no Algarve para os próximos dias:

 

Dia 17 (2ªfeira) - Céu pouco limpo temporiamente nublado por nuvens altas. Vento moderado de sueste.

 

Máximas: 26ºC - 30ºC
mínimas: 15ºC - 19ºC

 

Estado do mar:  Ondas de sueste com 1 metro a 2 metros. Temperatura da água do mar: 23ºC

 

Dia 18 (3ªfeira) - Céu pouco nublado ou limpo. Vento moderado de sueste. 

 

Máximas: 25ºC - 29ºC

mínimas: 14ºC - 18ºC

 

Estado do mar: Ondas de sueste com 1 a 1.5 metros. Temperatura da água do mar: 23ºC.

 

Dia 19 (4ªfeira)  - Céu pouco nublado temporiamente nublado por nuvens altas. Vento fraco de oeste.

   

Máximas: 25ºC - 29ºC

mínimas: 14ºC - 18ºC

 

Estado do mar: Ondas de sueste com 1 a 1.5 metros.

 

Dia 20 (5ª feira) - Céu pouco nublado temporiamente nublado por nuvens altas. Vento fraco de sueste. Pequena descida de temperatura.

 

Máximas: 22ºC - 26ºC

mínimas: 14ºC - 18ºC

 

Estado do mar: Ondas de sueste com 1 metro.

 

Dia 21 (6ª feira) - Céu nublado. Vento moderado de leste. Aguaceiros e condições favoráveis para a ocorrência de trovoadas para a tarde.

 

Máximas: 21ºC - 25ºC

mínimas: 13ºC - 17ºC

 

Estado do mar: Ondas de sueste com 1 metro aumentando para 1 a 2 metros.

 

Dia 22 (Sábado) - Céu nublado. Vento moderado de sueste. Aguaceiros e trovoadas. Pequena descida da temperatura.

 

Máximas: 20ºC - 24ºC

mínimas: 12ºC - 16ºC

 

Estado do mar: Ondas de sueste com 1 a 2 metros.

 

Dia 23 (Domingo) - Céu nublado. Vento fraco a moderado de sul.

 

Máximas: 19ºC - 23ºC

mínimas: 12ºC - 16ºC

 

Estado do mar:  Ondas de sueste com 1 metro.

15
Out11

1435: Algarve: faixas de risco atingem 76 praias de 7 concelhos algarvios

Tempo no Algarve

A Administração da Região Hidrográfica (ARH) do Algarve identificou no litoral algarvio faixas de risco das zonas balneares de Albufeira, Lagoa, Portimão, Silves Lagos, Vila do Bispo e Aljezur, num total de 76 praias sinalizadas com perto de duas dezenas de placas.

 

A sinalética justifica-se, segundo o último boletim da ARH, para "reforçar e clarificar a sinalização informativa do risco decorrente da geodinâmica das arribas para os utentes da praia".

 

Atualmente a sinalização abrange osconcelhos de Albufeira (60), Silves (14), Lagoa (29), Portimão (33), Lagos (13), Vila do Bispo (19) e Aljezur (13) num total de cerca de 180 placas que identificam as faixas de risco em 76 praias, isto porque “cada praia pode ter mais de uma entrada e portanto mais de uma placa de indicação”, esclarece o organismo.

 

Mas não é a única sinalização na orla costeira. Para lá das placas situadas à entrada das praias, “há centenas de placas de identificação de zona de risco, distribuídas por várias praias com arribas do Algarve”, salienta a ARH.

 

A sinalética de risco foi entretanto extensível, ao longo deste ano às praias suportadas por arribas arenosas do troço Belharucas-Rocha Baixinha (Albufeira).

 

Recorde-se que foi no troço de costa de Albufeira abrangido por arribas arenosas que em agosto de 2009, se registou, na praia Maria Luísa, uma das graves derrocadas registadas no Algarve, provocando a morte a cinco pessoas.

 

Desde essa altura, até julho deste ano, as autoridades procederam a cerca de 200 intervenções de desmonte de blocos de arribas consideradas perigosas.

Em julho, um bloco de uma arriba na Praia da Salema, Algarve, ruiu pelas 21h30, e só o adiantado da hora evitou feridos, pois embora existisse sinalização a mesma não estava a ser cumprida pelos banhistas. O bloco que ruiu tinha cerca de 10 metros de volumetria por três.

 

Segundo a Administração da Região Hidrográfica (ARH) do Algarve asderrocadas controladas, antecipando possíveis desmoronamentos, foram executadas nas praias de Porto de Mós (Lagos), Nova (Lagoa), Vale Olival (Lagoa), Armação de Pêra (Silves), Manuel Lourenço (Albufeira) Maria Luísa (Albufeira) e Belharucas (Albufeira).

 

De 2009 a 2011 registaram-se intervenções em 31 praias e, nessas, houve saneamentos de arribas em 70 pontos, num total de 700 metros de frente costeira salienta ainda a ARH.

 

Em 2009 a ARH realizou 22 intervenções atingindo 92 metros de frente costeira, e movimentando 640 metros cúbicos de materiais, em 2010 houve 43 saneamentos que se estenderam por 549 metros de frente e movimentaram 5.300 metros cúbicos, enquanto em 2011 houve mais 14 operações que abrangeram 85 metros de frente e 3.030 metros cúbicos.

 

O desrespeito da sinalética a alertar para o perigo e interdição ao longo da costa algarvia está sujeita coimas.

 

Fonte: Observatório do Algarve

13
Out11

1434: Seca meteorológica em Setembro de 2011

Tempo no Algarve

De acordo com a monitorização efetuada pelo Observatório de Secas do Instituto de Meteorologia, I.P., a maior parte do território continental, em 30 de setembro, encontrava-se em situação de seca meteorológica, apesar de se ter verificado uma diminuição da respetiva área na região do Sul, terminando mesmo em muitos locais do Alentejo. Assim, a seca meteorológica encontrava-se distribuída da seguinte forma: 1% em chuva moderada, 12% em chuva fraca, 21% em situação normal, 44% em seca fraca, 12% em seca moderada e 10% em seca severa.

Entre abril e julho de 2011 os valores de precipitação registados têm sido baixos, em particular na região norte e centro, o que levou ao aumento progressivo da área do território em seca. No entanto, em agosto o valor de precipitação foi ligeiramente superior ao normal, o que contribuiu para uma diminuição da situação de seca.

Em termos de cenários e tendo em conta a previsão mensal, que tem como base o modelo numérico do Centro Europeu de Previsão do Tempo a Médio Prazo (ECMWF), na precipitação total prevêem-se valores abaixo do normal para todo o território. Desta forma, o cenário com maior probabilidade de acontecer, é o que prevê quantidades de precipitação correspondentes ao decil 2 (a precipitação a ocorrer corresponde ao valor do 2º decil, o que provocaria aumento da situação de seca, estendendo-se a todo o território e agravando-se a severidade da seca), pelo que será mais provável que aumente a área em situação de seca meteorológica em Portugal Continental.

 

 

 

 

palmer legenda

 

 

Fonte: IM

Calendário

Outubro 2011

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031

anúncio

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Facebook

Relógio

Google

Comentários recentes

Ofertas de Emprego - Faro

Google

Pesquisa

Custom Search