Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Tempo no Algarve

Estado do Tempo, Previsões, Alertas e Notícias sobre a Região Algarvia. E-mail: temponoalgarve@sapo.pt

Tempo no Algarve

Estado do Tempo, Previsões, Alertas e Notícias sobre a Região Algarvia. E-mail: temponoalgarve@sapo.pt

Calendário

Maio 2011

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031

anúncio

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Facebook

Relógio

Misterwhat

Comentários recentes

Ofertas de Emprego - Faro

Google

Pesquisa

Custom Search

18
Mai11

1332: Mau Tempo - Faro: Autoridades procuram possível vítima mortal

Tempo no Algarve

Ao início da tarde desta quarta-feira as autoridades estavam a esvaziar a água acumulada na garagem de num prédio na rua de São Luís, em Faro, onde havia suspeitas de que podia estar uma vítima mortal da chuvada que esta manhã atingiu Faro, no Algarve.


 


As dúvidas surgiram depois de não se conseguir contactar o homem, que mora no edifício onde se situa a garagem.


 


Este era o caso mais grave ao final de uma manhã em que o Centro Distrital de Operações de Socorro (CDOS) do Algarve registou 59 ocorrências.


 


"Houve cerca de 30 ocorrências em residências privadas e 20 em edifícios públicos", referiu, por seu lado, ao CM, Macário Correia, presidente da Câmara de Faro. "Houve casos de inundação na câmara, no teatro, em escolas e outros edifícios públicos", acrescentou.


 


O autarca admite que "duas escolas" possam ficar fechadas nos próximos dias. Também o Aeroporto de Faro esteve encerrado, depois de a água inundar parte da gare, reabrindo por volta das 15h00.


 


No terreno estiveram 156 operacionais, entre bombeiros, PSP, GNR e elementos da Protecção Civil de Faro. Também ao início da tarde já todas as ruas de Faro estavam abertas à circulação, depois de algumas terem sido encerradas.


 


Registaram-se ainda inundações em Quarteira, no concelho de Loulé, e em Olhão.


 


Fonte: CM

18
Mai11

1331: Mau tempo atinge Algarve

Tempo no Algarve

Tráfego suspenso no Aeroporto de Faro devido ao mau tempo - ANA

 

O tráfego no Aeroporto de Faro encontra-se suspenso desde cerca das 10:00 devido à forte chuva que se está a abater sobre aquela zona do Algarve, disse à Lusa fonte da ANA.

Segundo o porta-voz da empresa que gere os aeroportos portugueses, Rui Oliveira, os movimentos estão neste momento "parados" no Aeroporto de Faro, não havendo voos a partir ou a chegar desde cerca das 10:00.

A situação vai manter-se até que o estado do tempo melhore, acrescentou a mesma fonte, estimando que a normalidade possa ser retomada perto da hora de almoço.

Várias ruas das cidades de Faro e Quarteira estão também inundadas devido à forte chuva que se está a registar sobretudo naquela zona no Algarve.

Segundo o Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Faro, algumas das áreas mais afetadas são a baixa de Faro, a freguesia de Montenegro, a poucos quilómetros da cidade, e Quarteira, já no concelho de Loulé.

No terreno estão já elementos da Força Operacional Conjunta (Focon) dos Bombeiros de Faro, disse à Lusa o comandante, Aníbal Silveira.

A empresa municipal responsável pela gestão de águas e resíduos (Fagar) também está a tentar resolver algumas situações, acrescentou.

Por enquanto as inundações circunscrevem-se à via pública, não havendo até às 10:30 praticamente pedidos de ajudas de habitantes, sublinhou a mesma fonte.

Ainda no Aeroporto de Faro, pelo menos uma loja teve que encerrar ao público por estar a ficar inundada, contou à Lusa um funcionário.

No Fórum Algarve, centro comercial da cidade, há registo de zonas de estacionamento e circulação pública alagadas, mas nenhuma "situação preocupante".

Segundo Carlos Costa as lojas estão todas abertas e o problema está a ser resolvido pelas equipas do centro.
 
Fotos: Região Sul
 
 Inundações em Faro, Quarteira e Loulé
 
 O forte temporal que se faz sentir no Algarve já provocou inundações em Faro, Quarteira e Loulé. Em Faro há ruas cortadas ao trânsito.
 

“A maioria das inundações são na via pública”, adiantou ao Observatório do Algarve fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) da Proteção Civil e referiu que há várias equipas de socorro nas ruas.

 

A mesma fonte disse que há registo de inundações em Faro, Loulé e Quarteira. Em Faro as zonas afetadas são a cidade e Montenegro. “Há algumas lojas na baixa de Faro que estão inundadas e a rua junto à Universidade também está”, acrescentou.

 

Testemunhas adiantaram ao Observatório do Algarve que há condicionamento de trânsito junto ao Estádio de São Luís e que na zona de São Pedro a água já chega à portas dos carros, havendo alguns estabelecimentos comerciais inundados.

 

No Campus da Penha da Universidade do Algarve estudantes contaram ao OdA que a água está ao nível das portas dos carros estacionados em algumas zonas do Campus.

 

No Largo de São Francisco, em plena baixa, a água também está a acumular-se, disse uma testemunha.

 

Fonte: Observatório do Algarve

 

Chuva forte causou inundações em Faro, Olhão e Quarteira e parou Aeroporto (com fotos)

Inundações, causadas pela intensa chuva que caiu ao longo de horas, afetaram vários concelhos do centro do Algarve ao longo da manhã desta quarta-feira, mas não há danos graves nem vítimas a registar.

Faro foi o concelho mais afetado, com as inundações a serem sentidas na cidade e no Montenegro, mas a Proteção Civil também foi chamada a intervir em Quarteira e Olhão.

O tráfego no Aeroporto de Faro teve mesmo de ser temporariamente suspenso, devido às condições climatéricas e houve igualmente uma interrupção nos comboios entre Faro e Olhão.

Ao todo foram registadas pelo Comando Distrital de Operações de socorro «59 ocorrências, entre as 8 e as 12 horas», a maioria das quais «relativas a inundações na via pública, mas também em algumas casas, caves e estabelecimentos comerciais», segundo o responsável por esta entidade Abel Gomes.

Abel Gomes acrescentou que o CDOS de Faro «já estava em alerta azul, por se antever esta situação» e que a maioria das situações foram resolvidas com rapidez, em alguns casos «por si só, com a acalmia da chuva».

Para dar resposta às situações registadas, foram envolvidos na operação «36 veículos e 122 operacionais, entre bombeiros, PSP e operacionais da Proteção Civil».

As autoridades de Proteção Civil da região vão continuar atentas a situações nos próximos dias, dada a previsão de chuva forte e trovoadas.

 

Cheias na Baixa de Faro (Rua Alexandre Herculano, sempre sacrificada)

 

Cheias na Baixa de Faro (Rua Alexandre Herculano, sempre sacrificada)

 

 

Fonte e fotos: Barlavento Online

 

 

 

* em actualizado às 13h40m

 

* se tiver fotos ou vídeos do mau tempo mande para temponoalgarve@sapo.pt

 

Calendário

Maio 2011

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031

anúncio

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Facebook

Relógio

Misterwhat

Comentários recentes

Ofertas de Emprego - Faro

Google

Pesquisa

Custom Search