Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Tempo no Algarve

Estado do Tempo, Previsões, Alertas e Notícias sobre a Região Algarvia. E-mail: temponoalgarve@sapo.pt

Tempo no Algarve

Estado do Tempo, Previsões, Alertas e Notícias sobre a Região Algarvia. E-mail: temponoalgarve@sapo.pt

Calendário

Outubro 2010

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31

anúncio

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Facebook

Relógio

Misterwhat

Comentários recentes

Ofertas de Emprego - Faro

Google

Pesquisa

Custom Search

17
Out10

1126: Olhanense segue em frente na Taça de Portugal mas só após grandes penalidades

Tempo no Algarve

O Olhanense conseguiu este domingo vencer a eliminatória da Taça de Portugal, ao ganhar ao Sertanense (2ª Divisão), mas apenas nas grandes penalidades, após terminar a zero o tempo regulamentar e o prolongamento.


 


A equipa de Daúto Faquirá teve assim grande dificuldade em ultrapassar o seu adversário, teoricamente mais fraco.

Nas grandes penalidades, o resultado acabou por ficar 1-4, a favor dos algarvios.


3ª eliminatória da Taça de Portugal – resultados de domingo, dia 17 de Outubro

OPERÁRIO 0-2 MOREIRENSE

SANTA MARIA 1-0 PENALVA CASTELO

ANADIA 1-2 FEIRENSE

MERELINENSE 2-1 FARENSE

MIRANDELA 1-1 (2-4) BEIRA-MAR (após GP)

P. FERREIRA 3-1 S. JOÃO VER

SP. ESPINHO 4-1 PONTASSOLENSE

ATLÉTICO 3-1 MAC. CAVALEIROS

CARREGADO 0-0 (3-2) FÁTIMA (GP)

TIRSENSE 5-1 SAMPEDRENSE

TOURIZENSE 2-1 AL. LORDELO (AP)

PINHALNOVENSE 3-0 FAFE

MONDINENSE 2-1 COIMBRÕES (AP)

NAVAL 0-2 MARÍTIMO

LAGOA 0-0 (4-5) TORREENSE (GP)

RIBEIRÃO 2-0 BELENENSES

CESARENSE 1-2 ACADÉMICA (AP)

BOMBARRALENSE 2-1 LOULETANO

PORTIMONENSE 2-0 CINFÃES

JUV. ÉVORA 1-0 SANTA CLARA

SERTANENSE 0-0 (1-4) OLHANENSE (GP)

LEIXÕES 3-2 MAFRA

V. GUIMARÃES 4-0 AT. MALVEIRA

NACIONAL 4-2 PADROENSE

Fonte: Barlavento Online

17
Out10

1125: Mendes Bota: Governos de Sócrates são «maior desastre para o Algarve desde o terramoto de 1755»

Tempo no Algarve

«Os governos presididos pelo eng. José Sócrates foram o maior desastre que se abateu sobre o Algarve, desde o terramoto de 1755» acusou este sábado o deputado algarvio do PSD Mendes Bota, numa reação ao Orçamento de Estado 2011.


 


«Sugaram fiscalmente a Região até ao tutano, reduziram o investimento público à mínima expressão, e destruíram o tecido económico, arrasando a agricultura, a pesca, a floresta, e agora também o comércio, com uma política suicida de licenciamento comercial que faz do Algarve o recordista mundial de grandes superfícies por metro quadrado, por onde se escoa o resto dos recursos financeiros da Região», acrescentou o parlamentar social-democratas.

«Sei que este será um orçamento de emergência, com consequências muito gravosas para o nível de vida dos portugueses e, perante a magnitude do problema, as reivindicações regionais tenderão a ser encaradas como contabilidade de mercearia», disse ainda Mendes Bota numa declaração sobre o OE divulgada este sábado.

«Mas enquanto algarvio, e deputado eleito por esta Região, e por um princípio de coerência com todo um passado de denúncia da discriminação de que tem sido alvo o Algarve, há coisas que não podem deixar de ser ditas, mesmo neste momento em que se apela ao sentido de responsabilidade dos políticos, e à solidariedade entre todos os portugueses», continua o deputado.

«Enquanto os dois últimos Governos gastaram o que tinham e o que não tinham, o Algarve ficou sempre fora da rota do investimento público. Agora, que “não há nada para ninguém”, clamar contra a injustiça que se abateu sobre o Algarve desde 2005, só terá um efeito pró-memória futura deste período negro da nossa história», salienta ainda.

«Excluído artificialmente do Objectivo 1 dos fundos comunitários, com perdas substanciais que se elevam a mais de mil milhões de euros, e sem parcerias público-privadas que se vejam (o Hospital Central do Algarve já foi arrumado na gaveta, e a requalificação da EN 125 ainda mal arrancou), a (des)evolução do PIDDAC é o espelho de uma política de subalternização intolerável do Algarve», acusa também Mendes Bota.

«Os 60 milhões de euros contemplados virtualmente no PIDACC para 2011, representam apenas 25% do montante de há 10 anos».

«Os números falam por si, e constituem um libelo acusatório sobre quem levou todos estes anos a assobiar para o lado e a aplaudir investimentos virtuais que nunca saíram do papel nem do Power Point, de nada lhe valendo chorar agora lágrimas tardias de arrependimento», salienta igualmente o deputado algarvio do PSD, na sua reação ao Orçamento para 2011.


 


Fonte: Barlavento Online

Calendário

Outubro 2010

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31

anúncio

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Facebook

Relógio

Misterwhat

Comentários recentes

Ofertas de Emprego - Faro

Google

Pesquisa

Custom Search