Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Tempo no Algarve

Estado do Tempo, Previsões, Alertas e Notícias sobre a Região Algarvia. E-mail: temponoalgarve@sapo.pt

Tempo no Algarve

Estado do Tempo, Previsões, Alertas e Notícias sobre a Região Algarvia. E-mail: temponoalgarve@sapo.pt

Calendário

Setembro 2010

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930

anúncio

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Facebook

Relógio

Misterwhat

Comentários recentes

  • Anónimo

    Obrigado.

  • Tempo no Algarve

    Boa Tarde, Pedro.Para isso deve contactar a empres...

  • Anónimo

    Boa tarde.Pretendo saber a vossa política de trans...

  • Anónimo

    Muito obrigado pelo artigo!Sou apaixonado por páss...

  • Tempo no Algarve

    Buenas Tardes, Mercedes.Sí, los horarios están act...

Ofertas de Emprego - Faro

Google

Pesquisa

Custom Search

12
Set10

1098: Ria Formosa é Maravilha Natural

Tempo no Algarve

A Ria Formosa é uma das zonas eleitas como Maravilha Natural de Portugal, distinção partilhada com a Floresta Laurissilva, a Paisagem Vulcânica da Ilha do Pico, as Grutas de Mira de Aire, o Portinho da Arrábida, a Lagoa das Sete Cidades e o Parque Natural da Peneda Gerês.


 


Valentina Calixto, presidente da Sociedade Polis Litoral, e Nunes Correia, ex-ministro do Ambiente, receberam o galardão na cerimónia que teve lugar hoje, nas Portas do Mar, em Ponta Delgada, nos Açores.


 


A Ria Formosa foi a eleita na categoria Zonas Marinhas, a par da Floresta Laurissilva, na categoria Florestas e Matas; Paisagem Vulcânica da Ilha do Pico, na categoria Grandes Relevos; das Grutas de Mira de Aire, na categoria Grutas e Cavernas; do Portinho da Arrábida, na categoria de Praias e Falésias; da Lagoa das Sete Cidades, na categoria Zonas Aquáticas Não Marinhas; e o Parque Natural da Peneda Gerês, na categoria Zonas Protegidas.


 


Estão escolhidas as 7 Maravilhas Naturais de Portugal, após uma votação que teve início a 7 de Março e terminou no dia 7 de Setembro e em que foram registados 537.300 votos.


 


Açores foi o grande vencedor


 


O arquipélago dos Açores foi o grande vencedor das ‘Sete Maravilhas Naturais de Portugal’, tendo sido a única região do país que conseguiu duas vitórias na declaração que hoje decorreu em Ponta Delgada.


 


Na região dos Açores, os portugueses escolheram a Lagoa das Sete Cidades, que venceu a categoria Zonas Aquáticas não Marinhas, derrotando as Portas de Ródão e o Vale do Douro, e a Paisagem Vulcânica do Pico, que ganhou a categoria Grandes Relevos, que disputava com o Parque Natural da Arrábida e o Vale Glaciar do Zêzere, na Serra da Estrela.


 


Os Açores eram uma das regiões portuguesas com mais candidaturas, apresentando cinco, tantas como a região Centro do país, seguindo-se Algarve e Lisboa e Vale do Tejo, com três cada, o Norte e a Madeira, com duas cada, e o Alentejo com a restante.


 


As ‘Sete Maravilhas Naturais de Portugal’ foram divulgadas num espectáculo em Ponta Delgada, Açores, na sequência do resultado de uma votação que registou 656 356 votos.


 


Na abertura da cerimónia, António Vitorino, comissário da iniciativa, destacou a “votação maciça”, considerando que “os portugueses mostraram o apreço que têm pelas paisagens naturais” do país.


 


Numa pequena intervenção, António Vitorino apelou ainda aos portugueses para que assumam “o compromisso de cuidar e preservar estas maravilhas naturais”.


 


O espectáculo, que decorreu nas Portas do Mar durante cerca de duas horas, contou com mais de um milhar de convidados, entre os quais o ministro da Economia, Vieira da Silva, o presidente do Governo Regional dos Açores, Carlos César, e o secretário de Estado do Ambiente, Humberto Rosa.


 


A produção deste espectáculo, que também foi aberto à população, envolveu mais de três centenas de pessoas de uma dezena de nacionalidades, tendo os preparativos do cenário começado há mais de uma semana.


 


No palco, com cerca de 1500 metros quadrados, actuaram seis dezenas de artistas num espectáculo de música, dança, luz e efeitos especiais, idealizado por Franco Dragone, um dos maiores produtores de eventos a nível mundial.


 


Fonte: Observatório do Algarve

12
Set10

1097: Olhanense empata (0-0) com Sporting e continua sem perder

Tempo no Algarve

O Olhanense empatou esta noite sem golos – apesar de ter marcado um - com o Sporting, em Alvalade, e continua sem perder na Liga Zon Sagres.


 


Daúto Faquirá tinha afirmado na antevisão do encontro que um empate no reduto dos leões não seria um mau resultado, e os jogadores algarvios lutaram para atingir esse objetivo.

O Sporting teve quase sempre maior domínio, mas o controlo do jogo não fugiu ao Olhanense, que montou uma estrutura defensiva capaz de resistir aos ataques leoninos.

O primeiro lance de perigo evidente surgiu aos 14 minutos, para o Sporting. Matias Fernandez e João Pereira combinaram bem na direita e cruzaram para Liédson que atirou por cima.

O avançado luso-brasileiro voltaria a estar em destaque aos 22 minutos, quando João Pereira voltou a cruzar da direita e Liédson atirou à trave.

O Olhanense apostava no contra-ataque e nos lances de bola parada para chegar ao golo, e chegou mesmo, aos 38 minutos. Após pontapé de canto da direita, Jardel cabeceou para o fundo das redes de Rui Patrício, mas o árbitro assinalou um falta na área, que nem as imagens televisivas ajudam a perceber onde existiu a infração.

Ao intervalo, Daúto Faquirá foi obrigado a mexer na equipa por lesão de Délson, tendo entrado para o seu lugar Lulinha, que deu mais vivacidade ao meio-campo ofensivo rubro-negro.

Apesar da maior pressão do Sporting, o jogo não se alterou muito. O Olhanense conseguiu tapar a maioria dos caminhos para a sua baliza e só por duas vezes o Sporting ameaçou claramente a baliza de Moretto. Primeiro, aos 66 minutos, Saleiro, após um ressalto na área atirou em boa posição para defessa do guarda-redes brasileiro e, depois, aos 85 quando Vukcevic rematou à entrada da área, Moretto defendeu para a frente e Maniche, em desequilíbrio, atirou por cima.

Com este empate, o Olhanense encontra-se provisoriamente no quinto lugar com seis pontos em 4 jogos.


EQUIPAS:

OLHANENSE: Moretto; João Gonçalves, Maurício, Jardel e Carlos Fernandes; Delson (Lulinha 45') e Vinícius; Jorge Gonçalves (Mexer 85'), Nuno Piloto e Paulo Sérgio; Yontcha (Adilson 77´). SUPLENTES: Ricardo Batista, Ismaily, Toy, Lulinha, Djalmir, Adilson e Mexer.

SPORTING: Rui Patrício; João Pereira, Carriço, Nuno André Coelho (Postiga 84') e Evaldo; André Santos; Valdés, Matias Fernandez (Vukcevic 65') e Maniche; Liedson e Djaló (Saleiro 65'). SUPLENTES: Tiago, Torsiglieri, Carlos Saleiro, Zapater, Postiga, Salomão e Vukcevic.


 


Fonte: Barlavento Online

Calendário

Setembro 2010

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930

anúncio

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Facebook

Relógio

Misterwhat

Comentários recentes

  • Anónimo

    Obrigado.

  • Tempo no Algarve

    Boa Tarde, Pedro.Para isso deve contactar a empres...

  • Anónimo

    Boa tarde.Pretendo saber a vossa política de trans...

  • Anónimo

    Muito obrigado pelo artigo!Sou apaixonado por páss...

  • Tempo no Algarve

    Buenas Tardes, Mercedes.Sí, los horarios están act...

Ofertas de Emprego - Faro

Google

Pesquisa

Custom Search