Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Tempo no Algarve

Estado do Tempo, Previsões, Alertas e Notícias sobre a Região Algarvia. E-mail: temponoalgarve@sapo.pt

Tempo no Algarve

Estado do Tempo, Previsões, Alertas e Notícias sobre a Região Algarvia. E-mail: temponoalgarve@sapo.pt

Calendário

Agosto 2010

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031

reserva

Booking.com

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Facebook

Relógio

Misterwhat

Comentários recentes

  • Tudo Mesmo

    Bem interessante que deve ser!!

  • Fotografia

    Ótimo informativo de previsão do tempo, a previsão...

  • CR

    Grandes treta as bolsas de estacionamento, são esp...

  • Susana

    Sei de fonte segura que já caíram uns flocos de ne...

  • Anónimo

    Parabéns !!!http://gerotempo.blogspot.pt/

Ofertas de Emprego - Faro

Google

Pesquisa

Custom Search

31
Ago10

Dados da Estação Meteorológica de Olhão (não oficial)

Tempo no Algarve

Dados referentes ao mês de Agosto de 2010


 


Dia

Temperatura


Máxima (ºC)



Temperatura


mínima (ºC)



Precipitação


(mm)


Observações                     
1 30.5 19.8 0 Céu limpo
2 30.4 20.9 0  Céu limpo 
3 30.9  18.4   0  Céu limpo 
4 30.9 20.2 0  Céu limpo
5 33.1 22.9 0 Céu limpo 
6  30.4   21.4  0 Céu pouco nublado 
7 32.0   21.9  0  Céu nublado
8 32.8  24.2  0  Céu encoberto 
9 35.0 24.2  0  Céu encoberto 
10 33.0  22.8  0 Céu limpo 
11 36.2  25.4  Céu limpo 
12 37.1  24.1  0  Céu limpo 
13 26.1  19.3 0  Céu limpo 
14 29.0  20.5  0 

Céu encoberto de manhã


pouco nublado à tarde 


15 29.0  21.4  0 

Céu pouco nublado


temporiamente nublado 


16 28.0 21.4  0  Céu pouco nublado 
17 25.5 17.7  0  Céu encoberto 
18 29.0 18.0  Céu pouco nublado 
19 27.4  20.5  0  Céu limpo 
20 32.4  20.5  0  Céu limpo 
21 33.0  23.7  0 

Céu pouco nublado por 


nuvens altas 


22 30.7  21.5  Céu limpo 
23 31.7  20.5  Céu limpo 
24 27.4  18.0  0  Céu limpo 
25 35.1  21.8 0  Céu limpo 
26 34.0   20.4  0  Céu limpo 
27 34.1  21.3 0  Céu limpo 
28 32.7  20.7  0  Céu limpo 
29 31.5  20.4 0  Céu limpo 
30 32.1  21.3  0  Céu limpo 
31 30.8  22.7  0  Céu nublado 
Booking.com
30
Ago10

1085: Previsão meteorológica para a semana de 30 de Agosto a 5 de Setembro de 2010

Tempo no Algarve

Previsão meteorológica no Algarve para os próximos dias:


 


Dia 30 (2ªfeira) -  Céu pouco nublado. Vento moderado de noroeste.


 


Máximas: 29ºC - 33ºC
mínimas: 18ºC - 22ºC


 


Estado do mar: Ondas de sueste inferiores a 1 metro.  Temperatura da água do mar: 24ºC.


 


Dia 31 (3ªfeira)- Céu nublado. Vento moderado de oeste.


 


Máximas: 28ºC - 32ºC


mínimas:  17ºC - 21ºC


 


Estado do mar: Ondas de sudoeste com 1 metro. Temperatura da água do mar: 24ºC.


 


Dia 1 (4ªfeira)  - Céu nublado tornando-se pouco nublado a partir da manhã. Vento fraco variável. Pequena descida de temperatura.


 


Máximas: 26ºC - 30ºC


mínimas: 16ºC - 20ºC


 


Estado do mar: Ondas de sudoeste com 1 metro.


 


Dia 2 (5ª feira)- Céu pouco nublado ou limpo. Vento fraco a moderado de noroeste. 


 


Máximas: 28ºC - 32ºC


mínimas: 17ºC - 21ºC


 


Estado do mar: Ondas de sudoeste com 1 a 1.5 metros.


 


Dia 3 (6ª feira)  - Céu pouco nublado. Vento fraco variável. Pequena subida de temperatura.


 


Máximas: 29ºC - 33ºC


mínimas: 18ºC - 22ºC


 


Estado do mar: Ondas de sudoeste com 1 a 1.5 metros.


 


Dia 4 (Sábado)  - Céu limpo ou pouco nublado. Vento fraco a moderado de sueste. Pequena subida de temperatura.


  


Máximas: 30ºC - 34ºC


mínimas: 18ºC - 22ºC


 


Estado do mar: Ondas de sudoeste com 1 metro.


 


Dia 5 (Domingo) - Céu limpo ou pouco nublado. Vento  fraco a moderado de sueste.


 


Máximas: 30ºC - 34ºC


mínimas: 18ºC - 22ºC


 


Estado do mar:  Ondas de sueste com  1 metro.

Booking.com
28
Ago10

1084: Aviso Amarelo no Algarve

Tempo no Algarve

Faro

Última actualização da informação:

Sábado, 28 de Agosto de 2010

Tempo Quente

Amarelo

Tempo Quente

Para o período de: 2010-08-28 18:00:00
até: 2010-08-30 17:59:59

Temperatura Máxima

Persistencia de temperaturas maximas elevadas.

 

Fonte: IM

Booking.com
25
Ago10

1083: Aviso Amarelo no Algarve

Tempo no Algarve

Faro

Última actualização da informação:

Quarta-feira, 25 de Agosto de 2010

Tempo Quente

Amarelo

Tempo Quente

Para o período de: 2010-08-25 18:00:00
até: 2010-08-26 19:59:59

Temperatura Máxima

Persistencia de temperaturas maximas elevadas.

 

Fonte: IM

Booking.com
24
Ago10

1082: Dezenas de peixes aparecem mortos na foz de ribeira em Armação de Pêra

Tempo no Algarve

“Isto é um autêntico crime público, já que não há limpeza na ribeira, que continua completamente ao abandono, com águas contaminadas”, queixa-se um profissional de pesca. A Administração da Região Hidrográfica recolheu água para análise e espera conhecer, hoje, os resultados, a fim de tomar medidas.



Desde domingo, dezenas de peixes, nomeadamente linguados, taínhas, sargos, enguias, douradas e robalos, apareceram mortos na foz da ribeira de Alcantarilha, situada no lado nascente da praia dos Pescadores, em Armação de Pêra, no concelho de Silves, em consequência da falta de oxigenação nas águas.

A situação, noticiada ontem pelo «Correio da Manhã», não é nova, já que se repete, sobretudo, desde há cinco anos e com maior incidência quando o calor aperta durante o Verão.

Agora, e uma vez mais, pescadores e autarcas anseiam por uma solução imediata. O problema está a ser “avaliado” pela Administração da Região Hidrográfica (ARH), disse ao barlavento.online o seu vice-presidente Paulo Cruz, depois de terem sido efetuadas, na segunda-feira, recolhas de amostras de água para análise laboratorial.

Hoje, os resultados deverão ser conhecidos.

Para já, os prejuízos são grandes para a comunidade piscatória, que conta com cerca de três dezenas de embarcações, e que tem na foz da ribeira de Alcantarilha um verdadeiro viveiro de peixes. Mas não só.

“A situação envolve muita coisa, pois além da mortandade de peixes há o fator humano. Isto é um autêntico crime público, já que não há limpeza no rio, que continua completamente ao abandono, com águas contaminadas e até já vi crianças aqui a tomar banho, sem que exista qualquer sinalização de perigo”, contou ao barlavento.online Orlando Mascarenhas, de 49 anos.

Enquanto, revoltado, olhava para os peixes mortos e outros em agonia, recordou os tempos em que a ribeira de Alcantarilha era fértil em espécies e alimentava muita gente.

“Antigamente, este rio era o sustento de muitos pescadores quando chovia, pois chegávamos a capturar entre cem e trezentos quilos de espécies por ano. Mas, na última década, isso desapareceu”.

Tânia Oliveira, sua mulher e também profissional de pesca, aproveitou para se queixar que o problema da mortandade de peixes se verifica ali “três ou quatro vezes por ano, sem que sejam tomadas quaisquer medidas”.

“Este sítio é uma maternidade, mas devido ao problema da falta de uma abertura para o mar para escoar a água, agora há peixes a morrer e mosquitos por todo o lado. Isto é mais frequente no Verão, como toda a gente sabe com antecedência”, lamentou Tânia Oliveira.

Indignado está também o presidente da Junta de Freguesia de Armação de Pêra Fernando Santiago, para quem a solução para aquela ribeira passará pelo seu desassoreamento, bem como pela construção de um porto de abrigo para os pescadores na sua foz, de forma a garantir uma ligação permanente ao mar.

“Tenho alertado muitas vezes as entidades responsáveis para o problema da ribeira, mas continua tudo na mesma. Na segunda-feira, vi 30 ou 40 peixes mortos e mosquitos à volta”, notou Fernando Santiago.

E defendendo dragagens na ribeira, recordou que o desassoreamento não é efetuado “desde o tempo de Oliveira Salazar, há mais de 50 anos”.

“Noutros tempos, havia aqui pessoal a trabalhar com picaretas e pás”. Agora, tudo é diferente. “No Verão, são os peixes a morrer e no Inverno existe o perigo de inundações”, avisou o autarca.

Por isso, e juntando a sua voz à de pescadores, apelou à ARH no sentido de ser aberta uma ligação da ribeira ao mar, de forma a libertar as águas.

A ARH não exclui tal possibilidade caso a situação se agrave. Contudo, sublinhou o vice-presdidente Paulo Cruz, “há que ponderar e avaliar a extensão da mortandade de peixes, pois poderá haver risco para a saúde pública em zonas balneares se for, entretanto, aberta uma ligação para o mar. Aguardo mais elementos para serem tomadas decisões”.

A proliferação de algas na ribeira consumiu oxigénio, contribuindo para a asfixia de peixes, ao mesmo tempo que deixou á água verde escura.

Aquele responsável referiu que o problema existente na foz da ribeira de Alcantarilha é uma “situação similar” ao que tem ocorrido na Lagoa dos Salgados, situada entre os concelhos de Silves e de Albufeira, e na lagoa existente na zona da praia do Cavalo Preto, em Quarteira, no concelho Loulé.

Sobre o facto de serem vistas crianças a tomar banho na foz da ribeira de Alcantarilha, em Armação de Pêra, como referem os pescadores, Paulo Cruz mostrou-se surpreendido.

“Não é aconselhável. Por norma, quando tomamos conhecimentos dessas situações, colocamos painéis a desaconselhar” a utilização da água por banhistas, garantiu o vice-presidente da ARH

Entretanto, o vereador da oposição na Câmara Municipal de Silves Fernando Serpa (PS) equaciona apresentar uma queixa-crime contra terceiros com o objetivo de apurar responsabilidades pelo sucedido com a mortandade de peixes.

E prepara-se para incluir nesse processo um rol de testemunhas desde responsáveis da ARH e autarcas, até à comunidade piscatória.

“Não posso admitir que ano após ano nada seja feito como se nada se passasse”, afirmou ao barlavento.online Fernando Serpa.

Por outro lado, ao que foi possível apurar, existirá um acordo tácito entre a Câmara Municipal de Silves e a ARH para proceder à abertura da ligação da ribeira de Alcantarilha ao mar durante o Inverno.

Em relação ao Verão, a autarquia receará o eventual impacto resultante de tal medida, uma vez que isso seria libertar na área balnear águas com níveis de poluição desconhecidos.

Um responsável do executivo terá até desabafado temer que isso “possa comprometer a Bandeira Azul” na Praia de Armação de Pêra, numa altura em que esta zona está repleta de turistas.


 


Fonte: Barlavento Online

Booking.com
23
Ago10

1081: Previsão meteorológica para a semana de 23 de Agosto a 29 de Agosto de 2010

Tempo no Algarve

Previsão meteorológica no Algarve para os próximos dias:


 


Dia 23 (2ªfeira) -  Céu pouco nublado. Vento moderado de noroeste.


 


Máximas: 29ºC - 33ºC
mínimas: 18ºC - 22ºC


 


Estado do mar: Ondas de sueste com 1 a 1.5 metros passando a ondas de sudoeste com 1 metro.  Temperatura da água do mar: 23ºC.


 


Dia 24 (3ªfeira)- Céu pouco nublado. Vento moderado de noroeste.


 


Máximas: 29ºC - 33ºC


mínimas: 17ºC - 21ºC


 


Estado do mar: Ondas de sudoeste inferiores a 1 metro. Temperatura da água do mar: 23ºC.


 


Dia 25 (4ªfeira)  - Céu pouco nublado ou limpo. Vento fraco variável. Pequena subida de temperatura máxima.


 


Máximas: 32ºC - 36ºC


mínimas: 18ºC - 22ºC


 


Estado do mar: Ondas de sudoeste com 1 metro.


 


Dia 26 (5ª feira)- Céu pouco nublado ou limpo. Vento fraco variável. 


 


Máximas: 32ºC - 36ºC


mínimas: 19ºC - 23ºC


 


Estado do mar: Ondas de sudoeste com 1 metro.


 


Dia 27 (6ª feira)  - Céu pouco nublado. Vento fraco de leste. Pequena subida de temperatura.


 


Máximas: 32ºC - 36ºC


mínimas: 20ºC - 24ºC


 


Estado do mar: Ondas de sudoeste com 1 metro.


 


Dia 28 (Sábado)  - Céu limpo ou pouco nublado. Vento moderado de sueste. Pequena subida de temperatura.


  


Máximas: 33ºC - 37ºC


mínimas: 21ºC - 25ºC


 


Estado do mar: Ondas de sueste com 1 metro.


 


Dia 29 (Domingo) - Céu limpo ou pouco nublado. Vento  fraco a moderado de sueste.


 


Máximas: 33ºC - 37ºC


mínimas: 21ºC - 25ºC


 


Estado do mar:  Ondas de sueste com  1  a 1.5 metros.

Booking.com
21
Ago10

1080: Algarve: Qualidade do ar com dados inacessíveis

Tempo no Algarve

Há no Algarve cinco estações para avaliar a qualidade do ar, mas os dados estão inacessíveis. CCDRAlg aponta a remodelação como causa e garante que “não foi excedido o ozono, poluente mais preocupante no Verão”.


 


Para o cumprimento da lei, os dados das cinco estações que monitorizam a qualidade do ar no Algarve deveriam estar online no site da Agência Portuguesa do Ambiente (APA). Contudo o funcionamento e inerente recolha dos dados compete às respectivas Comissões de Coordenação e Desenvolvimento Regional.


 


Segundo a direcção do Ambiente do Algarve, “as estações estão numa fase de remodelação, mas já estão a transmitir dados para o site da Agência Portuguesa do Ambiente, pelo que podem ser visualizadas as medições efectuadas, ainda não em todos os equipamentos, devendo ser normalizada a situação até ao fim de Setembro”.


 


Contudo, uma consulta os últimos dados registados no site da APA das estações de medição localizadas em Faro, Albufeira, Portimão e Alcoutim remontam a 2004.


 


Perante a ausência de dados aquele organismo explica, ser “alheio ao procedimento da CCDR, (caso não sejam visualizados os indices da qualidade do ar), na medida em que a APA procedeu durante o mês de Julho a remodelação de software de apresentação dos dados”.


 


No entanto, a CDDR salienta que “os resultados actuais revelam valores normais, não tendo sido excedido o ozono (poluente mais preocupante no Verão)”.


 


O Observatório do Algarve solicitou os dados recolhidos, perante o atraso da sua publicação no site da APA, mas os mesmos não foram fornecidos.


 


O que é o índice de qualidade do ar?


 


Segundo a Agência Portuguesa do Ambiente o índice de qualidade do ar é uma ferramenta que permite “uma classificação simples e compreensível do estado da qualidade do ar”. O índice “foi desenvolvido para poder traduzir a qualidade do ar, especialmente das aglomerações existentes no país, mas também de algumas áreas industriais e cidades”.Outro dos objectivos da ferramenta é “um fácil acesso do público à informação sobre qualidade do ar, através da consulta directa ou através dos órgãos de Comunicação Social”, bem como o cumprimento da legislação em vigor.


 


A funcionar, o índice seria “disponibilizado às 12 horas de cada dia”, com dois tipos de resultados: um índice provisório, do dia corrente e um índice final, relativo ao dia anterior.


 


Os cinco poluentes englobados no índice de qualidade do ar são dióxido de azoto (NO2), dióxido de enxofre (SO2), monóxido de carbono, medido segundo a média registada durante 8h consecutivas (CO 8h), ozono (O3) e ainda as partículas inaláveis ou finas, cujo diâmetro médio é inferior a 10 microns.


 


Fonte: Observatório do Algarve

Booking.com
19
Ago10

1079: Dias Medievais em Castro Marim 2010

Tempo no Algarve

De 26 a 29 de Agsoto de 2010, Castro Marim recebe a 13ª Edição dos Dias Medievais.


 


Venha fazer uma viagem inesquecível à Idade Média, esse período de mil anos que habita o imaginário da civilização contemporânea.

Em Castro Marim, durante quatro dias e quatro noites, a vila dá vida a personagens mitológicas desta época povoada de cavaleiros e damas, monstros e mistérios, reis e rainhas, guerras e punições, grandes serões no Castelo. Os cenários multiplicam-se e a Idade Média revive-se no Castelo e na Vila de Castro Marim, no Forte de São Sebastião e na Biblioteca Municipal.

Venha viver de perto emotivos torneios de cavalaria, tiro com arco e falcoaria e assista a espectáculos de teatro e música cheios de magia.

Não perca a demonstrações das artes e ofícios de então, a exibição de instrumentos de tortura e punição e as exposições e conferências sobre a cultura medieval. Descubra as iguarias da gastronomia de então nos banquetes, feira e mercado eleve um pedaço de magia deste mundo muito distante, mas final tão próximo, de regresso ao século XXI e a casa.


Fonte: CM Castro Marim

Booking.com
19
Ago10

1078_Arribas: Um ano após morte de 5 pessoas, banhistas continuam a ignorar avisos na praia Maria Luísa

Tempo no Algarve
Apesar de há um ano terem morrido cinco pessoas na derrocada de uma arriba na praia Maria Luísa, em Albufeira, há banhistas que teimam em ignorar os avisos, queixando-se de que os sinais são pouco explícitos.

Na sequência do acidente entrou recentemente em vigor uma lei que prevê a aplicação de multas a banhistas que estejam em áreas de risco ou destruam sinais e barreiras de proteção, mas os maus hábitos parecem manter-se.

Em ambos os acessos à praia Maria Luísa foram colocadas placas com textos em português e inglês a alertar para o perigo de desmoronamento, ao que acrescem triângulos de aviso na própria arriba em risco, constatou a agência Lusa no local.

Contudo, alguns banhistas continuam a preferir a sombra das arribas, ignorando os avisos, como é o caso da família de Fátima, turista espanhola a passar férias na zona de Albufeira com outro casal amigo.

Mostrando-se surpreendida com a informação de que um acidente tinha vitimado cinco pessoas naquele preciso local no ano passado, a turista queixou-se à Lusa de haver pouca informação, defendendo que a zona deveria ser vedada.

“Vimos o cartaz [a alertar para o perigo de derrocada] ao chegar mas não me parece que as medidas de proteção sejam convenientes”, diz aquela sevilhana, defendendo que devia haver cartazes mais explícitos e barreiras de proteção naqueles locais.

“Devia haver cartazes que orientassem melhor as pessoas e que pudessem ser vistos ao longe”, diz, alertando para o facto de a zona pode ser acedida livremente por qualquer adulto ou criança.

“Nós por exemplo conseguimos aceder”, exemplifica, alertando para o perigo que correm as crianças que não estão atentas aos sinais e que num “descuido” dos pais podem facilmente ir para aquelas áreas.

Já os nadadores-salvadores daquela concessão afirmam estar “cansados” de avisar as pessoas para os perigos que correm, embora sem sucesso, já que os banhistas além de ignorar os avisos ainda os “ofendem”.

“Ninguém respeita nada, as pessoas parece que gostam do perigo”, desabafa um dos nadadores-salvadores que presenciou a tragédia que há um ano se abateu sobre aquela praia do concelho de Albufeira.

Quanto às multas, aquele responsável é perentório em afirmar que “não servem de nada” e que, mesmo que houvesse barreiras de proteção, as pessoas “iam para lá na mesma”, que é o que já acontece noutras praias.

Desde o final de julho que os banhistas que estiverem em zonas interditadas ou que passem barreiras de proteção junto a arribas podem ser multados entre 10 e 50 euros, segundo um decreto-lei publicado em Diário da República.

O mesmo diploma prevê multas mais pesadas para quem destruir, remover ou danificar estruturas de sinalização ou de proteção, que vão desde 200 a 750 euros para singulares e 1000 a 2000 euros para pessoas coletivas.


Fonte: Lusa
Booking.com
17
Ago10

1077: Aviso Amarelo no Algarve

Tempo no Algarve

Faro

Última actualização da informação:

Terça-feira, 17 de Agosto de 2010

Trovoada

Amarelo

Trovoada

Para o período de: 2010-08-17 19:00:00
até: 2010-08-17 21:59:59

 

No Sotavento: Condicoes favoraveis a ocorrencia de trovoada, que podera ser acompanhada de aguaceiros e de queda de granizo.

 

Fonte: IM

Booking.com

Pág. 1/3

Calendário

Agosto 2010

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031

reserva

Booking.com

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Facebook

Relógio

Misterwhat

Comentários recentes

  • Tudo Mesmo

    Bem interessante que deve ser!!

  • Fotografia

    Ótimo informativo de previsão do tempo, a previsão...

  • CR

    Grandes treta as bolsas de estacionamento, são esp...

  • Susana

    Sei de fonte segura que já caíram uns flocos de ne...

  • Anónimo

    Parabéns !!!http://gerotempo.blogspot.pt/

Ofertas de Emprego - Faro

Google

Pesquisa

Custom Search