Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Tempo no Algarve

Estado do Tempo, Previsões, Alertas e Notícias sobre a Região Algarvia. E-mail: temponoalgarve@sapo.pt

Tempo no Algarve

Estado do Tempo, Previsões, Alertas e Notícias sobre a Região Algarvia. E-mail: temponoalgarve@sapo.pt

Calendário

Maio 2010

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031

anúncio

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Facebook

Relógio

Misterwhat

Comentários recentes

Ofertas de Emprego - Faro

Google

Pesquisa

Custom Search

29
Mai10

999: Algarve: 22 praias com zonas de risco, derrocadas controladas vão continuar

Tempo no Algarve

Na região há 22 praias identificadas como zonas de risco, tendo sido já realizadas cerca de 200 intervenções controladas para aumentar a segurança na época balnear, que arranca terça feira. Confira todo o litoral nacional.


 


As derrocadas controladas das arribas vão continuar nas dezenas de praias do litoral centro, Alentejo e Algarve, onde foram identificadas e sinalizadas pelas administrações das regiões hidrográficas possíveis riscos de desabamentos.


 


Fonte da Administração da Região Hidrográfica (ARH) do Algarve identificou à Lusa as praias de Belharucas, Olhos de Água, Maria Luísa, Oura, S. Rafael, Inatel, Forte de S. João e Santa Eulália as oito do concelho de Albufeira em que havia perigo de derrocada e por isso a ARH já procedeu a intervenções controladas.


 


Depois de Albufeira, é no concelho de Portimão que mais praias foram a identificadas como zonas de risco e onde a ARH interveio. As praias são a de Três Castelos, Careanos, Barranco das Canas, Três Irmãos e Prainha. Armação de Pêra, no concelho de Silves, Vale Olival, Pintadinho, Caneiros, Beijinhos no concelho de Lagoa e D. Ana, em Lagos, são outras praias do barlavento algarvio identificadas como zonas de risco.


 


A praia do Burgau e Tonel, em Vila do Bispo, e a praia de Portinho do Forno, em Aljezur, somam as 22 praias algarvias alvo de cerca de 200 intervenções controladas antes da época balnear de 2010, indicou a ARH.


 


As últimas intervenções controladas no Algarve decorreram na semana passada na praia de S. Rafael, Albufeira, uma ação que teve o objetivo de prevenir o risco de queda em época balnear e criar condições de segurança atrativas, disse a ministra do Ambiente, que se deslocou à região algarvia para assistir aos trabalhos.


 


Alentejo identifica "risco muito elevado" entre Sines e Odeceixe


 


De acordo com a ARH Alentejo, foram identificados no troço Cabo Espichel/Sado quatro locais com “risco muito “elevado” - praia da Califórnia, Porto de Abrigo, praia da Comenda e praia da Anixa - quatro com “risco elevado” - praia da Ribeira do Cavalo, Falésia, praia de Albarquel e Passadiço/praia de Albarquel - e seis de “risco médio” - praia da Cova da Mijona, praia da Ribeira do Cavalo e Forte de ALbarquel.


 


No troço entre Sado e Sines, “caracterizado por uma relativa estabilidade”, a ARH mantém sobre vigilância as praias da Raposa, Pinheirinhos, Galé Fontainhas e Norte.


Ainda segundo a mesma fonte, o troço Sines - Odeceixe “caracterizado pela predominância de arribas rochosas em dinâmico processo de erosão” tem várias praias com “risco muito elevado” - no limite sul da ilha do Pessegueiro, limite sul da praia do Malhão, limite norte e sul da praia da Zambujeira do Mar, limite norte da praia do Carvalhal, Porto da Lapa das Pombas, incluindo os troços de arriba ao longo do acesso entre Almograve e o porto e Porto da Azenha do Mar.


 


A ARH Alentejo refere em informação prestada à Lusa que foi promovida a sinalização das zonas de risco, “pretendendo-se que esteja concluída antes do início da época balnear”.


 


ARH Tejo coloca 150 placas de sinalização


 


Na área de intervenção da ARH Tejo - entre Marinha Grande e rio Sado - foram colocadas ou estão em fase de colocação até ao início da época balnear de 150 placas de sinalização de zonas de risco em cerca de 60 praias.


 


Sem identificar o local, a ARH Tejo refere em informação enviada à Lusa que foi feito o “saneamento de blocos instáveis” em três praias.


 


“Em determinados locais estão previstas intervenções de caráter mais pesado (estabilização) as quais resultam de projetos específicos desenvolvidos pelo Instituto da Água”, refere a ARH Tejo.


 


Esta semana, em comissão parlamentar do Ambiente, Dulce Pássaro revelou que estão a decorrer intervenções em falésias identificadas na costa ocidental, como por exemplo em Peniche, mas devido ao inverno rigoroso estão ainda planeadas outras 19 intervenções de pequena monta em falésias.


 


Ainda contactadas pela Lusa, as ARH do Centro e do Norte referiram que não têm prevista qualquer operação de derrube de arriba.Segundo fonte da ARH Centro, na sua área de intervenção existem apenas duas praias com placas de sinalização de perigo de escorregamento de terras ou de talude: a praia a sul de Cortegaça e a de Maceda, que nem sequer está classificada como praia balnear.


 


Fonte: Observatório do Algarve

Calendário

Maio 2010

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031

anúncio

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Facebook

Relógio

Misterwhat

Comentários recentes

Ofertas de Emprego - Faro

Google

Pesquisa

Custom Search