Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Tempo no Algarve

Estado do Tempo, Previsões, Alertas e Notícias sobre a Região Algarvia. E-mail: temponoalgarve@sapo.pt

Tempo no Algarve

Estado do Tempo, Previsões, Alertas e Notícias sobre a Região Algarvia. E-mail: temponoalgarve@sapo.pt

Calendário

Janeiro 2009

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

anúncio

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Facebook

Relógio

Misterwhat

Comentários recentes

Ofertas de Emprego - Faro

Google

Pesquisa

Custom Search

15
Jan09

554: Zona Histórica de Olhão e Ria Formosa em debate no “Nós por cá”

Tempo no Algarve

O programa da SIC “Nós por cá” é transmitido esta quinta-feira, 15 de Janeiro, em directo da Sociedade Filarmónica União Olhanense, mais conhecida por “Música Nova”.



No programa, a transmitir entre as 19 e 20 horas, vão ser debatidos temas como os problemas actualmente existentes sobre a Zona Histórica de Olhão e a poluição na Ria Formosa.



Para falar sobre a Zona Histórica foram convidados o presidente da APOS --Associação de Valorização do Património Cultural e Ambiental de Olhão, António Paula Brito, e uma técnica superior da Câmara Municipal de Olhão, Ditza. Para o debate sobre a Ria Formosa foram convidados Gilberto Silva e Clarisse Albino.

 


Fonte: Região Sul


 

15
Jan09

553: De Olhão para a Casa Branca (Barack Obama)

Tempo no Algarve

A Entidade Regional de Turismo do Algarve anunciou hoje que está disponível para dar um exemplar de um cão d'água da Ria Formosa, nascido no Algarve, ao presidente eleito dos EUA, Barack Obama, caso este opte pela raça portuguesa.


 


O novo chefe de Estado norte-americano, Barack Obama, veio a público dizer, recentemente, que o próximo animal de estimação a ir viver para a Casa Branca será um cão d'água, uma raça portuguesa, ou um Labradoodle - uma mistura do Labrador Retriever e de um Poodle comum -, ambos de porte médio.



Em declarações à Agência Lusa, o presidente do Turismo do Algarve, António Pina, explicou que depois de tomar conhecimento dos desejos do presidente Barak Obama tomou providências para que pudesse ser entregue um exemplar da raça portuguesa na Casa Branca caso a escolha do canídeo recaia sobre a raça cão d´água.



"Estamos disponíveis para ir até aos EUA entregar em mão um cachorrinho d'água e se o presidente dos EUA pedir uma sugestão de nome vamos sugerir o nome 'Algarve'", adiantou António Pina.



A embaixada dos Estados Unidos da América (EUA) já foi contactada pelo Turismo do Algarve e o embaixador reagiu de forma entusiasta à oferta, tendo prometido fazer todas as diligências em Washington para obter uma resposta positiva da família Obama", lê-se num comunicado de imprensa divulgada ao final desta tarde pelo Turismo do Algarve.



O hipotético cão de Barak Obama e da família - sua mulher, Michelle, e as filhas, Sasha, de sete anos, e Malia, de 10 anos - ainda não nasceu, mas a mãe do cachorro vive no Parque Natural da Ria Formosa, em Olhão, chama-se 'Coral', é campeã de beleza de cães d'água e estás prestes a engravidar.



"É da ninhada da 'Coral' da Ria Formosa que pode nascer o futuro inquilino de quatro patas da casa branca", disse à Lusa Carla Peralta, dona da 'Coral' e criadora de cães d'água.



O cão d'água é considerado pelos peritos um óptimo cão de guarda, lutador, bom companheiro, dócil e cuidadoso com as crianças.



É na região do Algarve que se encontra o maior número de exemplares de cães d'água de Portugal, existem cerca de 3.000.



É, no entanto, nos EUA que existe a maior parte de cães da raça portuguesa, um fenómeno desencadeado pela actriz Deyanne Miller, que aparecia em fotografias com um cão d'água comprado a Conchita Citron, a primeira portuguesa a tourear naquele País e que popularizou a raça.



Durante a expansão marítima portuguesa, o cão d'água servia de companhia nas viagens marítimas dos navegadores portugueses e até aos anos 70 auxiliava a comunidade piscatória portuguesa a identificar cardumes de peixe, detectar tubarões e servia de estafeta entre embarcações com mensagens ou objectos.



O cão d'água, que já esteve ameaçado de extinção, apresenta um porte médio de 55 centímetros, pode atingir os 20 quilos, tem um pelo especial que cresce continuamente provocando menos alergias e possui uma membrana interdigital desenvolvida para nadar melhor.



Barak Obama toma posse dia 20 de Janeiro, a próxima terça-feira.


 


Fonte: LUSA

15
Jan09

552: Alerta Amarelo no Algarve

Tempo no Algarve

Faro

Última actualização da informação:

Quinta-feira, 15 de Janeiro de 2009

 

Amarelo

Precipitação

Para o período de: 2009-01-15 09:00:00
até: 2009-01-15 23:59:59

Chuva/Aguaceiros: 10.0 mmph - 20.0 mmph

 

Amarelo

Precipitação

Para o período de: 2009-01-15 09:00:00
até: 2009-01-15 23:59:59

Chuva/Aguaceiros: 30.0 mm - 40.0 mm

 

Amarelo

Agitação Marítima

Para o período de: 2009-01-15 15:00:00
até: 2009-01-16 17:59:59

Altura Significativa das Ondas: 4.0 m - 5.0 m

 

Amarelo

Agitação Marítima

Para o período de: 2009-01-15 15:00:00
até: 2009-01-16 17:59:59

Na costa ocidental ondas de noroeste com 4,5 metros.

 

 

Fonte: IM

15
Jan09

551: Mau tempo: Protecção Civil acciona alerta amarelo a partir das 21h00 de hoje

Tempo no Algarve

A Autoridade Nacional de Protecção Civil (ANPC) vai accionar o alerta amarelo, o segundo de uma escala de quatro níveis, a partir das 21h00 de hoje devido à chuva forte e à queda de neve.


 


Em comunicado, a ANPC refere que o alerta amarelo vai manter-se até às 14h00 de sexta-feira e tem como objectivo "responder com a máxima prontidão e eficácia a eventuais situações de emergência".



O Instituto de Meteorologia prevê, a partir das 00h00 desta quinta-feira, períodos de chuva ou aguaceiros, temporariamente fortes durante a manhã e estendendo-se a todo o território ao longo do dia, e significativa queda de neve acima dos 800 metros.



Face a estas condições, a ANPC prevê a possibilidade de cheias rápidas, aumento dos incêndios urbanos e de acidentes rodoviários devido à formação de lençóis de água nas estradas, além de eventuais dificuldades com embarcações e possibilidade de acidentes junto à costa devido à agitação marítima.



A ANPC prevê, igualmente, a persistência de neve e gelo nas estradas, nomeadamente no nordeste do país, que pode levar a eventual isolamento de núcleos habitacionais e à possibilidade de veículos e pessoas ficarem retidos nas estradas.



Devido ao mau tempo, a ANPC determinou a todos os comandantes operacionais distritais e respectivos comandos de operações de socorro a promoção de reuniões entre todos os agentes da protecção civil locais, para avaliação da necessidade antecipada de corte de estradas e a tomada de medidas de prevenção activa, visando uma "resposta antecipada ou imediata a possíveis emergências".



No comunicado, a ANPC recomenda ainda a condução de veículos a baixas velocidades, cumprimento da sinalização relativa ao corte de estradas, adequada fixação de estruturas soltas, como andaimes e placards, não utilização de braseiras e a necessidade de desligar todos os aparelhos de aquecimento sempre que as pessoas se ausentem das habitações.


 


Fonte: LUSA

15
Jan09

550: Taça da Liga: Olhanense perde 4-1 com o Benfica na Luz, após excelente 1ª parte

Tempo no Algarve

O Benfica, líder do campeonato principal, esteve em desvantagem, mas venceu hoje o comandante da segunda prova nacional, o Olhanense, por 4-1, na segunda ronda do Grupo C da terceira fase da Taça da Liga de futebol.


 


Um tento do brasileiro Djalmir, aos 13 minutos, expôs as deficiências de marcação dos “encarnados”, no Estádio da Luz, embora Nuno Gomes e Jorge Ribeiro, tenham descansado, em quatro minutos (25 e 29), os poucos adeptos presentes nas bancadas, animadas pela presença do “Deus” argentino Diego Armando Maradona.



O brasileiro Sidnei, aos 62, e o compatriota de "El Pibe d'Oro", Di Maria, aos 88 e só com direito a meia-hora de jogo, ampliaram a vantagem do Benfica.



Como Belenenses e Vitória de Guimarães empataram a zero, no Restelo, as “águias” destacaram-se na liderança do agrupamento, com seis pontos, face a quatro dos “azuis”, enquanto os vimaranenses somam um e os algarvios não têm qualquer ponto.



O treinador espanhol do Benfica, Quique Flores, procedeu a oito alterações face ao último “onze”, destacando-se os pouco utilizados brasileiros Moretto e Fellipe Bastos, na baliza e no meio campo, respectivamente, e a dupla atacante composta por Nuno Gomes e o paraguaio Cardozo.



O treinador dos algarvios, o antigo internacional luso Jorge Costa, sem contar com o médio camaronês Messi, castigado, optou pelos avançados Toy e o brasileiro Djalmir, em detrimento do ganês Moses e do referido centro-campista africano.



Aos sete minutos, num rápido contra-ataque protagonizado por Moretto, Carlos Martins, Fellipe Bastos e, finalmente, a cabeça de Cardozo, o guardião visitante, Bruno Veríssimo, foi obrigado a esticar-se para evitar o golo e o grego Katsouranis, três minutos depois, desperdiçou nova ocasião, só, frente ao guardião.



Mais rápido e com vantagem numérica no centro do terreno, o Benfica entusiasmou-se, mas foi surpreendido. Um potente remate de Bruno Mestre originou o tento inaugural do Olhanense, pois Moretto defendeu para o “encosto” de Djalmir, aos 13 minutos.



Cinco minutos passados, com o conjunto da casa completamente desorganizado, Djalmir quase “bisava”, de cabeça, após cruzamento de Rui Duarte, mas a bola rasou o segundo poste da baliza “encarnada”.



Até que, aos 25 minutos, Katsouranis desmarcou Carlos Martins, autor de um passe bem medido para Nuno Gomes, aproveitado pelo capitão das “águias” com um remate cruzado e de primeira para empatar a partida.



Três minutos depois, num livre indirecto frontal, Carlos Martins assistiu Jorge Ribeiro para um “petardo” rasteiro, que colocou o Benfica, sempre inseguro a defender, em vantagem.



Após Toy e Djalmir terem falhado “quase-golos”, aproveitando as muitas desatenções e falta de coesão defensiva benfiquistas, na segunda parte, nova assistência de Martins foi desperdiçada por Cardozo, que permitiu a defesa a Veríssimo, aos 52 minutos.



Numa iniciativa individual, o espanhol Reyes, pouco depois, acertou no poste mais distante da baliza do Olhanense e, após o paraguaio Javier evitar um golo de Fellipe Bastos, em cima da linha, Sidnei, com uma fulgurante entrada de cabeça, aumentou a vantagem dos da casa, graças a um cruzamento de Katsouranis, aos 61 minutos.



O ponto alto da noite ficou reservado para os 88 minutos, quando Angel Di Maria aproveitou a presença de Maradona para se desviar de um adversário e, com um remate em jeito, estabelecer o 4-1 final.





Jogo no Estádio da Luz, em Lisboa:



Benfica - Olhanense, 4-1.



Ao intervalo: 2-1.



Marcadores:



0-1, Djalmir, aos 13 minutos.



1-1, Nuno Gomes, 25.



2-1, Jorge Ribeiro, 29.



3-1, Sidnei, 61.



4-1, Di Maria, 88.







Equipas:



Benfica: Moretto, Miguel Vítor, Luisão, Sidnei, Jorge Ribeiro, Fellipe Bastos (Ruben Amorim, 68), Carlos Martins (Maxi Pereira, 80), Katsouranis, Reyes (Di Maria, 63), Nuno Gomes e Cardozo.



(Suplentes: Quim, Maxi Pereira, David Luiz, Bynia, Ruben Amorim, Di Maria e Suazo).



Olhanense: Bruno Veríssimo, João Gonçalves, Marco Couto, Javier, Stephane, Rui Duarte (Moses, 83), Rui Baião, Bruno Mestre, Toy (Rodrigo, 75), Djalmir e Ukra.



(Suplentes: Ricardo Ferreira, Diogo, Steven Vitória, Rodrigo, Edson, Castro e Moses).





Árbitro: Marco Ferreira (Madeira).



Acção disciplinar: cartão amarelo para Djalmir (14), Rui Duarte (28), Ukra (43) e Miguel Vítor (86).



Assistência: Cerca de 25.000 espectadores.

 


 


Fonte: LUSA


 

Calendário

Janeiro 2009

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

anúncio

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Facebook

Relógio

Misterwhat

Comentários recentes

Ofertas de Emprego - Faro

Google

Pesquisa

Custom Search