Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Tempo no Algarve

Estado do Tempo, Previsões, Alertas e Notícias sobre a Região Algarvia. E-mail: temponoalgarve@sapo.pt

Tempo no Algarve

Estado do Tempo, Previsões, Alertas e Notícias sobre a Região Algarvia. E-mail: temponoalgarve@sapo.pt

Calendário

Setembro 2008

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930

anúncio

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Facebook

Relógio

Google

Comentários recentes

  • Botas de Mulher

    Informação sem dúvida muito útil apar quem pretend...

  • Anónimo

    Boa tardeGostaria de saber qual o horario do barco...

  • Tempo no Algarve

    Olá. Até meados de Outubro serão publicados os mes...

  • Anónimo

    Gostaria de ver os dados relacionados com a temper...

  • Anónimo

    Como podemos sugerir outra forma de adquirir bilhe...

Ofertas de Emprego - Faro

Google

Pesquisa

Custom Search

22
Set08

423: ALBUFEIRA: Cheias provocam “grandes prejuízos”

Tempo no Algarve

Os trabalhos vão continuar pela tarde e amanhã algumas lojas poderão nem abrir. O ‘vice’ João Rolo fala em “grandes prejuízos” ao Observatório do Algarve e não põe de parte ajudas do Município. Veja as fotos.

 

A forte queda de água que se fez sentir esta madrugada na baixa de Albufeira (ver aqui) inundou dezenas de estabelecimentos. “Uma chuva que não se via há muito tempo” afectou a circulação durante largas horas.

 

“Até agora ainda não foi feito o levantamento dos prejuízos e qualquer número que se possa avançar é puramente especulativo”, disse ao Observatório do Algarve o vice-presidente do Município de Albufeira, que se encontra no local desde a madrugada desta segunda-feira.

Para além das lojas, bares e restaurantes que compõem a maior parte dos estabelecimentos da baixa de Albufeira, também vários carros em parques de estacionamento foram afectados. O Município disponibilizou cerca de 50 pessoas “para limpar e ajudar a carregar o material danificado” e oito bombas de água.

 

“A partir de amanhã, depois de tirada a água e restabelecer a ordem podemos começar a falar de prejuízos, que são grandes”, avançou, sublinhando que poderá haver, eventualmente, algumas ajudas do Município.

 

“São situações que infelizmente acontecem. Há muito tempo que não se via uma chuva tão forte e tão localizada, porque em várias zonas de Albufeira não choveu quase nada. Como é uma zona baixa que já foi uma ribeira a água acumula-se toda naquele local”, lamentou João Rolo.

 

A zona mais afectada foi a Rua Cândido dos Reis - com lojas que poderão não abrir amanhã - que, curiosamente, não está dentro do plano de intervenções do POLIS, que tem vindo a mudar a face da baixa da cidade nos últimos anos.

“As obras que fizermos na [Rua] Cândido dos Reis terão de ser feitas com algum cuidado e atenção relativamente ao escoamento das águas pluviais e separá-las das águas residuais. Desta forma tentaremos minimizar alguma situação que possa acontecer no futuro”.

 

Contudo, o autarca reforçou que os problemas que resultaram destas cheias não estiveram em deficiências nos escoamentos de água, mas avança que será feito um estudo da bacia hidrográfica e, “agir em conformidade com os resultados”.

 

Fonte: Observatório do Algarve

 

http://videos.sapo.pt/lPZ0gy2emqjJMILfzN90

 

Fonte: RTP

 

Imagem de Radar entre 02 h e 02 h 30 m desta madrugada

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: IM

22
Set08

422: Baixa de Albufeira inundada

Tempo no Algarve

As fortes chuvas que se fizeram sentir durante a madrugada deixaram Albufeira debaixo de água.


 



Os bombeiros de Albufeira estão desde as 01h40 de hoje a acorrer a pedidos de auxílio na baixa da cidade, inundada devido às fortes chuvas caídas de madrugada, disse à Lusa fonte das autoridades.


 


As chuvas provocaram inundações em lojas e caves daquela zona, onde existem numerosos bares, mas até agora não há notícia de danos de monta, referiu fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Faro.


 


“É uma zona onde existem muitos bares, muitos deles em caves, que ficaram alagados devido às fortes chuvadas da madrugada”, disse.


 


Além dos bombeiros, estão envolvidos nas operações de auxílio elementos da Câmara Municipal e da GNR, para desviar o trânsito daquela zona.


 


Fonte: Observatório do Algarve


22
Set08

421: Previsão meteorológica para a semana de 22 de Setembro a 28 de Setembro de 2008

Tempo no Algarve

Previsão meteorológica no Algarve para os próximos dias:


  


Dia 22 (2ªfeira) - Céu muito nublado com a possibilidade para a ocorrência de aguaceiros que podem ser localmente fortes e acompanhados por trovoadas.  Vento fraco a moderado de sul. 


 


Máximas: 20ºC - 26ºC


mínimas: 15ºC - 20ºC


 


Estado do mar: Ondas de sudoeste inferiores a 1 metro.. Temperatura da água do mar: 19ºC - 20ºC.


 


Dia 23 (3ªfeira)  - Céu  pouco nublado aumentando temporariamente de nebulosidade  Aguaceiros fracos.


 


Máximas: 20ºC - 26ºC


mínimas: 15ºC - 20ºC


 


Estado do mar: Ondas de sudoeste com 1 metro. Temperatura da água do mar: 19ºC


 


Dia 24 (4ªfeira) - Céu pouco nublado por vezes muito nublado por nuvens altas. Vento moderado de sul.


 


Máximas: 20ºC - 28ºC


mínimas: 14ºC - 19ºC


 


Estado do mar: Ondas de sudoeste com 1 metro.


 


Dia 25 (5ª feira) - Céu pouco nublado aumentando de nebulosidade para a tarde. Possibidade de ocorrênci de aguaceiros. Vento moderado de sueste. 


 


Máximas: 20ºC - 28ºC 


mínimas: 14ºC - 18ºC


 


Estado do mar: Ondas de sueste com 1 metro..


 


Dia 26 (6ªfeira)  - Céu muito nublado. Aguaceiros por ser fortes e acompanhados de trovoadas.  Vento moderado de sueste


 


Máximas: 19ºC - 27ºC 


mínimas: 13ºC - 17ºC


 


Estado do mar: Ondas de sueste com 1 metro a 1.5 metro.


 


Dia 27 (Sábado)  - Céu muito nublado. Aguaceiros por vezes fortes, acompanhados de trovoadas. Vento moderado a forte de sueste.


 


Máximas: 18ºC - 27ºC


mínimas: 15ºC - 19ºC


 


Estado do mar: Ondas de sueste com 2 metros..


 


Dia 28 (Domingo) - Céu muito nublado. Aguaceiros por vezes fortes e acompanhados de trovoadas Vento moderado de sueste.


 


Máximas: 19ºC - 27ºC


mínimas: 14ºC - 18ºC


 


Estado do mar: Ondas de sueste com 1 metro.


 


 

20
Set08

420: Atira-te ao mar!

Tempo no Algarve

Construir uma geringonça flutuante e conhecer as riquezas marinhas e orla costeira são propostas da “Semana pelo Mar”. O programa é vasto. (Vídeo)


 



“Prá água!”Assim se chama a corrida de geringonças flutuantes que decorre no porto de recreio de Olhão, no dia 27 pelas 14h e está aberta a todos aqueles que queiram imaginar e criar uma embarcação ou jangada que flutue, no âmbito da Semana pelo Mar.


 


O certame dura quatro dias, de 25 a 28 de Setembro e pretende “mobilizar a sociedade para a importância da preservação dos ecossistemas marinhos e zonas costeiras” anuncia o comunicado da autarquia de Olhão, um dos organizadores em parceria com a Universidade do Algarve.


 


Há baptismos de mergulho, exposições, palestras, teatro, ciclos de cinema, passeios a bordo caíque Bom Sucesso e também limpeza de praias.


 


O Jardim Pescador Olhanense é a sala de visitas do evento e aí decorrerão exposições sobre peixes e artes de pesca da Ria Formosa e costa algarvia, concurso de grafitis, workshops sobre exploração de instrumentos musicais construídos ou que produzem sons marinhos e ainda uma apresentação de transportes marítimos ecológicos movidos a energia solar.


 


No Dia Mundial do Mar, que se celebra a 25, a autarquia de Olhão lança o desafio a todos aqueles que se preocupam com a preservação do ambiente. Entre as 9h e as 13h está prevista uma acção de limpeza da Praia da Armona.


 


Nesse mesmo dia, pelas 18h, Amândio Barros investigador da Faculdade de Letras do Porto faz uma palestra sobre «Transporte marítimo e sistema portuário na Era das Descobertas» no Jardim de Olhão.


 


O cinema tem também lugar de destaque nesta II edição da Semana pelo Mar. Os mais novos podem assistir, dia 25, pelas 16h, a 2 documentários, seguidos de tertúlia que será animada pelos responsáveis do Zoomarine e da Marinha Portuguesa. O tema será «Impacto dos transportes marítimos sobre a vida subaquática».


 


Para os mais crescidos há a oportunidade de assistir ao documentário «Caravelas e Naus: Um choque Tecnológico» que será exibido dia 27, pelas 21h. Ambas as sessões têm lugar na Sociedade recreativa Olhanense.


 


O programa completo das actividades desta Semana pelo Mar podem ser consultados em http://www.ualg.pt/ ou http://www.ualg.pt/




 



 

Fonte: Observatório do Algarve

 
17
Set08

419: Já se pode ver golfinhos na costa algarvia

Tempo no Algarve

O estuário do Sado não é o único local da costa portuguesa onde se podem ver golfinhos. A poucas milhas da Praia da Rocha, com terra ainda à vista, encontra-se uma colónia importante da espécie. E com tendência a aumentar, pois existe um número considerável de crias.


Jorge Fonseca tem 40 anos, vinte e cinco dos quais passados no negócio da família: farmácia. De repente, largou os comprimidos e xaropes e decidiu mudar de vida e fazer o que gosta, ou seja, ir para o mar e observar os golfinhos.



«Alguém tinha de financiar o meu prazer», confidencia ao «barlavento», a rir. Por isso, criou uma empresa, investiu num barco rápido, confortável e seguro, e leva os interessados, várias vezes ao dia, a ver os simpáticos animais, em viagens de duas horas.



O embarque é no cais Vasco da Gama, na zona ribeirinha de Portimão, viagem Arade abaixo à velocidade permitida de seis nós.



Mal saiu a barra, o barco deslizou sobre as águas a uma velocidade entre vinte e trinta nós. Ou seja, entre os quarenta e os sessenta quilómetros por hora, num «alcatrão» algo rugoso.



De repente, a embarcação abrandou e toda a gente começou a olhar em redor, até que se ouviu o primeiro grito: «Ali, ali!».



E, repentinamente, começaram a aparecer os golfinhos, em vários locais, saltando e mergulhando, sem dar descanso às máquinas fotográficas.



De vez em quando, alguns rumavam direito ao grupo, mergulhavam ao lado do barco, passavam por baixo deste, saltavam no outro lado, voltavam a mergulhar…



Cerca de uma hora foi gasta deste modo, sem que alguém desse pelo tempo passar. Jovens e menos jovens, todos gritavam, riam e divertiam-se como crianças.



E, na hora de regressar, todos prometiam repetir a experiência, na companhia de familiares e amigos. Os outros não sabemos, mas o «barlavento» vai regressar, de certeza.





Os interessados podem contactar:

Jorge Fonseca – Yellow One - 926 792 213


 


Fonte: Barlavento Online


 


 


 


 

15
Set08

418: Previsão meteorológica para a semana de 15 de Setembro a 21 de Setembro de 2008

Tempo no Algarve

Previsão meteorológica no Algarve para os próximos dias:


  


Dia 15 (2ªfeira) - Céu pouco nublado. Vento fraco a moderado de sul. 


 


Máximas: 20ºC - 29ºC


mínimas: 15ºC - 20ºC


 


Estado do mar: Ondas de sueste com 1 metro no sotavento e ondas de sudoeste inferiores a 1 metro no Barlavento . Temperatura da água do mar: 19ºC.


 


Dia 16 (3ªfeira)  - Céu  pouco nublado aumentando de nebulosidade por nuvens altas a partir da tarde . Vento fraco a moderado de oeste. Pequena descida da temperatura máxima..


 


Máximas: 20ºC - 26ºC


mínimas: 15ºC - 20ºC


 


Estado do mar: Ondas de sudoeste com 1 metro. Temperatura da água do mar: 19ºC


 


Dia 17 (4ªfeira) - Céu pouco nublado por vezes muito nublado por nuvens altas. Vento moderado de sul.


 


Máximas: 20ºC - 28ºC


mínimas: 14ºC - 19ºC


 


Estado do mar: Ondas de sudoeste com 1 metro.


 


Dia 18 (5ª feira) - Céu pouco nublado aumentando de nebulosidade para a tarde. Condições favoráveis à ocorrência de trovoadas. Vento moderado de sueste. 


 


Máximas: 20ºC - 28ºC 


mínimas: 14ºC - 18ºC


 


Estado do mar: Ondas de sueste com 1 metro..


 


Dia 19 (6ªfeira)  - Céu muito nublado com condições favoráveis à ocorrência de aguaceiros e trovoadas.. Vento moderado de sueste


 


Máximas: 19ºC - 27ºC 


mínimas: 13ºC - 17ºC


 


Estado do mar: Ondas de sueste com 1 metro a 1.5 metro.


 


Dia 20 (Sábado)  - Céu muito nublado. Chuva ou aguaceiros por vezes fortes, acompanhados de trovoadas. Vento fraco a moderado de sueste.


 


Máximas: 18ºC - 27ºC


mínimas: 15ºC - 19ºC


 


Estado do mar: Ondas de sueste com 2 metros..


 


Dia 21 (Domingo) - Céu muito nublado. Chuva ou aguaceiros por vezes fortes acomapanhados por trovoadas. Vento moderado de sueste.


 


Máximas: 19ºC - 27ºC


mínimas: 14ºC - 18ºC


 


Estado do mar: Ondas de sudoeste com 1 metro.


 


Precipitação prevista de 15 a 21 de setembro: 15 mm a 40 mm.

12
Set08

Resumo do Mês de Agosto de 2008

Tempo no Algarve

Agosto de 2008

Média das Máximas: 29.0ºC (+0.2ºC)

Média das mínimas: 18.4ºC (+0.4ºC)

MÈDIA: 23.7ºC (+0.3ºC)

Temperatura MÀXIMA mais alta: 33.2ºC (dia 7)

Temperatura MÁXIMA mais baixa: 24.0ºC (dia 30)

Temperatura mínima mais baixa: 14.6ºC (dia 20)

Temperatura mínima mais alta: 21.3ºC (dia 3 e 28)

Nº dias com temperaturas MÁXIMAS superiores a 30ºC: 14

Noites Tropicais (T min ≥20ºC): 7

Precipitação: 0 mm

 

Para fazerem download do relatório do mês de Agosto em PDF clique aqui: http://w14.easy-share.com/1701550551.html

 

11
Set08

417: Algarve/Polis: Retirar casas de zonas de risco na Ria Formosa é acção prioritária

Tempo no Algarve

Retirar casas em zonas de risco na Ria Formosa minimizando situações de perigo para pessoas e bens é uma das acções prioritárias que a ParqueExpo vai levar a cabo no âmbito do "Polis Litoral Ria Formosa".


O "Polis Litoral Ria Formosa" é um plano de requalificação da Ria Formosa - o mais importante património natural a sul do país -, cujo investimento total ascende a 87 milhões de euros e que conta com a constituição de uma sociedade com capital social em que os municípios de Faro, Olhão, Loulé e Tavira.



No documento "Acções Prioritárias", elaborado pela ParqueExpo, empresa responsável pela empreitada, e a que a Agência Lusa teve acesso, pode ler-se que a "renaturalização", conceito que se traduz principalmente pela retirada de ocupações em zonas de risco, e a "alimentação artificial de praias" são algumas das "acções prioritárias" no âmbito do "Polis Ria Formosa".



O documento da ParqueExpo indica que as medidas correctivas da erosão superficial, nomeadamente a "reestruturação e requalificação das ilhas barreira" e dos "espaços terrestres contíguos", nomeadamente a elaboração de planos de intervenção e requalificação para as ilhas dos cinco municípios algarvios envolvidos no "Polis Ria Formosa" são outras obras prioritárias para arrancar este ano.



Para o concelho de Faro, a ParqueExpo indica, por exemplo, que em 2008 é lançado o concurso para a "renaturalização de áreas degradadas da Ria Formosa - 1ª fase".



O lançamento do concurso para a "elaboração do projecto de intervenção e requalificação" nos núcleos do Farol, Hangares, Ilha de Faro (nascente e poente), ilhotes e núcleo da Fuseta está também calendarizado para este ano.



Ainda para 2008, a ParqueExpo tem intenções de criar junto à Praia de Faro um parque de estacionamento na margem terrestre e reestruturar o actual acesso viário - uma exígua aponte -, permitindo uma utilização mista: pedonal e ciclável.



No concelho de Tavira, por exemplo, uma das acções prioritárias para 2008 é a requalificação do Parque de Campismo da Ilha de Tavira, assim como a alimentação artificial da zona do Barril, Terra Estreita e península de Cacela.



Todos os concelhos envolvidos no "Polis Ria Formosa" - Faro, Olhão, Tavira, Loulé e Vila Real de Sto. António - vão ser alvo de campanhas de remoção de resíduos e de estruturas afundadas na ria.



A ParqueExpo também pretende lançar este ano um concurso para um plano de valorização e gestão sustentável das práticas produtivas ligadas aos recursos da Ria Formosa, em todos os concelhos envolvidos.



O plano de intervenção entregue às cinco autarquias algarvias divide-se em três eixos: "protecção e requalificação da zona costeira", "qualificar a interface ribeirinha" e "valorizar os recursos como factor de competitividade".



Um plano de marketing territorial para promover o património ambiental e cultural da Ria Formosa, um plano de comunicação e divulgação e uma estratégia para definir trilhos e percursos de descoberta de valores naturais também fazem parte do "Polis Ria Formosa".



Acessos, passadiços e estacionamento são infra-estruturas de apoio ao uso balnear que estão também previstas no "Polis".



Quem vai coordenar o "Polis Ria Formosa", programa que se estima estar terminado em 2012, é a ParqueExpo, empresa de capitais públicos, que vai intervir numa área de 19.245 hectares, numa frente costeira de 48 quilómetros o que equivale a uma intervenção em 12 praias algarvias.



A intervenção na frente da Ria Formosa será feita ao longo de 57 quilómetros e a requalificação das várias frentes ribeirinhas será estendida por 37 hectares.


 


Fonte: LUSA

10
Set08

416: Martinair: Comandante do avião que aterrou antes do acidente assegura "total dependência da tor

Tempo no Algarve

O comandante do último avião a aterrar no Aeroporto de Faro antes do acidente com o voo da companhia aérea Martinair em 1992 garantiu hoje em julgamento que os pilotos tinham "total dependência da torre de controlo durante a aterragem".


A 21 de Dezembro de 1992 o comandante Chambom aterrou um avião Boeing no Aeroporto de Faro, minutos antes do acidente com o voo MP 495 da Martinair, tendo hoje garantido em tribunal que os pilotos estavam "totalmente dependentes das informações fornecidas pelo controlador aéreo".



"Os instrumentos do avião (INS) são utilizados durante o voo", a tripulação "não utiliza os instrumentos de indicação de vento para aterrar", recebe as informações "prestadas pela torre de controlo", afirmou a testemunha.



O julgamento deste processo, em que a Martinair pede uma indemnização de 125 milhões de euros à Aeroportos de Portugal (ANA) e às companhias seguradoras Tranquilidade, Global e Império, por alegada falta de informação sobre as condições meteorológicas que se faziam sentir no momento do acidente, iniciou-se terça-feira no Tribunal Administrativo de Circulo de Lisboa, com dezenas de testemunhas arroladas.



O comandante do Boeing explicou ainda que não recebeu qualquer informação de mau tempo que o levasse a cancelar a aterragem, depois de ter sido confrontado pelo advogado da Martinair Magalhães e Silva, com o facto de na altura um comandante da TAP "ter comunicado via rádio que estava a atravessar uma tempestade".



Em contraposição, Alves Pereira, advogado da Aeroportos de Portugal (ANA), lembrou que o mesmo comandante do Boeing registou uma quebra de velocidade do vento de "20 para cinco nós durante a aproximação final" da aeronave à pista do Aeroporto de Faro.



O comandante do Boeing explicou que à altitude a que se encontrava, a cerca de 2.000 pés, a "alteração de vento era normal", de acordo com as condições atmosféricas verificadas.



Durante a audiência, marcada por questões técnicas relacionadas com aeronáutica e que decorreu com tradução simultânea em inglês, o colectivo de juízes resolveu nomear dois especialistas nacionais em aviação para colaborarem com o tribunal.



Durante a sessão, o advogado da Martinair salientou que as condições meteorológicas registadas às 08:33, hora do acidente, eram de visibilidade reduzida, aguaceiros convectivos e céu encoberto acompanhado de trovoadas, devido a uma forte depressão vinda do Oceano Atlântico.



O acidente ocorreu no Aeroporto de Faro, com um avião DC-10 do operador Martinair Holland, a 21 de Dezembro de 1992, com 340 pessoas a bordo, das quais 13 pertenciam à tripulação do aparelho, conforme consta do relatório do acidente.



Ainda de acordo com o relatório 22/ACCID/GPI/92, do Gabinete de Prevenção e Investigação de Acidentes, o acidente vitimou 56 pessoas, registou 106 feridos graves e 178 feridos ligeiros ou ilesos.


 


Fonte: LUSA

09
Set08

415: Mais uma praia de Albufeira interdita a banhos por causa de descarga de esgotos

Tempo no Algarve

A praia do Arrifes, em Albufeira, foi esta manhã interdita a banhos depois de uma ruptura na conduta da Estação Elevatória de Esgotos (EEE) ter provocado uma descarga que escorreu para aquela zona balnear.


Fonte da CCDRA disse ao barlavento.online que a ruptura nesta EEE já está a ser reparada e que só após estes trabalhos estarem concluídos, «lá para a tarde», serão feitas análises à água do mar.



O barlavento.online apurou que a Estação é gerida pela Câmara Municipal de Albufeira.



Tendo em conta a escorrência de esgoto não tratado para a praia, o Delegado Regional de Saúde determinou a interdição a banhos nos Arrifes, até que a situação esteja normalizada.



Este Verão, esta é já pelo menos a quarta interdição a banhos em praias do concelho de Albufeira, sempre motivadas por problemas no sistema de tratamento de esgotos.

 


 


Fonte: Barlavento Online

Calendário

Setembro 2008

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930

anúncio

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Facebook

Relógio

Google

Comentários recentes

  • Botas de Mulher

    Informação sem dúvida muito útil apar quem pretend...

  • Anónimo

    Boa tardeGostaria de saber qual o horario do barco...

  • Tempo no Algarve

    Olá. Até meados de Outubro serão publicados os mes...

  • Anónimo

    Gostaria de ver os dados relacionados com a temper...

  • Anónimo

    Como podemos sugerir outra forma de adquirir bilhe...

Ofertas de Emprego - Faro

Google

Pesquisa

Custom Search