Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Tempo no Algarve

Estado do Tempo, Previsões, Alertas e Notícias sobre a Região Algarvia. E-mail: temponoalgarve@sapo.pt

Tempo no Algarve

Estado do Tempo, Previsões, Alertas e Notícias sobre a Região Algarvia. E-mail: temponoalgarve@sapo.pt

Calendário

Junho 2008

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930

anúncio

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Facebook

Relógio

Google

Comentários recentes

  • Anónimo

    Bom dia, gostaria que atualizassem os dados deste ...

  • Botas de Mulher

    Informação sem dúvida muito útil apar quem pretend...

  • Anónimo

    Boa tardeGostaria de saber qual o horario do barco...

  • Tempo no Algarve

    Olá. Até meados de Outubro serão publicados os mes...

  • Anónimo

    Gostaria de ver os dados relacionados com a temper...

Ofertas de Emprego - Faro

Google

Pesquisa

Custom Search

24
Jun08

328: Risco de Incêndio no Algarve e Previsão UV

Tempo no Algarve

Dia 25 de Junho de 2008


 


O risco de incêndio para o Algarve (ao nível de concelhos) será o seguinte:


 


Moderado - Lagoa, Albufeira, Faro, Olhão e Vila Real de Santo António.


 


Elevado - Vila do Bispo, Lagos, Silves, Loulé, Tavira, Castro Marim e Alcoutim.


 


Muito Elevado - Aljezur, Portimão, Monchique e São Brás de Alportel.


 


 


Previsão UV


 


No Algarve o UV será de 9 (Nível muito alto) entre as 11 horas e as 16 horas.


 


 


Fonte: IM


 


 

24
Jun08

327: Lâmpadas que poupam milhões

Tempo no Algarve

As lâmpadas do futuro ainda têm uso limitado mas podem poupar mais de cinco milhões de euros em Portugal.


 



A nova geração de lâmpadas com um consumo de energia inferior a dois watts já está a venda e, se usada nos locais adequados das habitações portuguesas, permitirá uma poupança geral de quase 5,6 milhões anuais de euros.


Embora a tecnologia das lâmpadas led ainda não permita o seu uso para iluminação mais exigente - zonas de leitura, cozinhas - uma estimativa feita pelo projecto Ecocasa da associação ambientalista Quercus calcula que, em média, a novo modelo de iluminação pode substituir quatro das lâmpadas existentes em cada habitação.


Um factor que facilita a substituição é o das novas lâmpadas já terem um casquilho idêntico às convencionais (incandescentes), pelo que basta substituir uma pela outra, sem necessidade de mais alterações.


Como a tecnologia está numa fase ainda pouco desenvolvida, a luz produzida só se adequa a zonas de passagem, como “halls” ou corredores, disse à agência Lusa uma responsável do Ecocasa, projecto que promove o uso racional de energia, a eficiência energética e as energias renováveis no sector doméstico.


Mesmo com o reduzido leque de utilizações, alargando os cálculos ao universo habitacional português, a engenheira do Ambiente Filipa Alves sustenta que o recurso aos "ledes" nos moldes adequados levaria à poupança de 47, 2 milhões de quilowatts/hora (kwh) por ano, quase a energia consumida num concelho como Bragança, com cerca de 35 mil habitantes, onde se consomem anualmente 48,5 milhões de kwh, de acordo com dados oficiais.


Traduzida em euros, esta poupança atingiria cerca de 5,6 milhões de euros anuais.


Além de um consumo quase nulo - as novas lâmpadas à venda ao grande público gastam de apenas um watt ou 1,5 watt - os "ledes" têm uma duração bastante superior às lâmpadas comuns (incandescentes) e até às designadas de baixo consumo (fluorescentes compactas).


Enquanto as incandescentes têm uma vida útil de 41 dias, se permanentemente acesas, e as lâmpadas de baixo consumo conseguem ficar acesas pelo menos 13 meses ininterruptamente, há "ledes" que duram mais de 27 meses consecutivamente ligados.


Questões tecnológicas ainda não ultrapassadas levam a que os "ledes" de luz branca (a mais procurada) sejam os mais caros e os de menos duração.


Num hipermercado de Lisboa, em meados deste mês a Lusa encontrou à venda "ledes" brancos por 12,99 euros, com uma duração anunciada de 6 mil horas consecutivas (50 dias) e um watt de consumo, enquanto os azuis ou vermelhos custavam apenas 5,99 euros, a que corresponde uma vida útil de 20 mil horas (dois anos e quase dois meses) e 1,5 watt.


Seguro é que os grandes fabricantes de lâmpadas não têm dúvidas em afirmar que a tecnologia led representa o futuro da iluminação, afirma Filipa Alves.


A investigação em curso, acrescenta, pode permitir a qualquer momento ultrapassar os obstáculos que ainda não permitiram massificar o seu uso.


 


Fonte: Observatório do Algarve


Calendário

Junho 2008

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930

anúncio

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Facebook

Relógio

Google

Comentários recentes

  • Anónimo

    Bom dia, gostaria que atualizassem os dados deste ...

  • Botas de Mulher

    Informação sem dúvida muito útil apar quem pretend...

  • Anónimo

    Boa tardeGostaria de saber qual o horario do barco...

  • Tempo no Algarve

    Olá. Até meados de Outubro serão publicados os mes...

  • Anónimo

    Gostaria de ver os dados relacionados com a temper...

Ofertas de Emprego - Faro

Google

Pesquisa

Custom Search