Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Tempo no Algarve

Estado do Tempo, Previsões, Alertas e Notícias sobre a Região Algarvia. E-mail: temponoalgarve@sapo.pt

Tempo no Algarve

Estado do Tempo, Previsões, Alertas e Notícias sobre a Região Algarvia. E-mail: temponoalgarve@sapo.pt

Calendário

Maio 2008

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Facebook

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Google

Comentários recentes

  • Anónimo

    Horários e preços já muito desatualizados.E para a...

  • Tempo no Algarve

    Boa noite. Hoje já foi publicado os dados climatol...

  • Anónimo

    Bom dia, onde estão os dados climatológicos refere...

  • Anónimo

    Bom dia, gostaria que atualizassem os dados deste ...

  • Botas de Mulher

    Informação sem dúvida muito útil apar quem pretend...

Ofertas de Emprego - Faro

Pesquisa

Custom Search

subscrever feeds

Mais sobre mim

07
Mai08

260: 48 bandeiras azuis para o Algarve

Tempo no Algarve
A associação da Bandeira Azul galardoou este ano 193 praias, mais três do que no ano passado, mantendo-se o Algarve como a região com mais bandeiras no país.

No Algarve, segundo dados divulgados hoje pela associação responsável pela atribuição da Bandeira Azul, perderam a distinção as zonas balneares de Porto-mós, em Lagos, e Três Irmãos e praia do Vau em Portimão.


Em contrapartida, o concelho do Porto estreia-se na atribuição do galardão, que vai ser içado na praia Homem do Leme.


As muito frequentadas praias das Maçãs, em Sintra, de Carcavelos e Parede, na linha de Cascais, e do Castelo e Morena, na Costa de Caparica (Almada), são algumas das de Lisboa e Vale do Tejo que perderem este ano o galardão.


Como em todas as épocas balneares, algumas regiões perdem e ganham galardões.


 


 


O Algarve voltou a ser a região do país com mais bandeiras azuis, num total de 48, mais uma do que na época anterior.


Duas praias perdem a bandeira - Vau em Portimão e Porto Mós em Lagos - mas outras duas ganharam-na: a praia de Vila Real de Santo António, no concelho com o mesmo nome, e Terra Estreita, no concelho de Tavira.


 


No caso do Norte, o balanço é positivo com mais três galardões do que na última época balnear, num total de 37.


 


O concelho de Vila Nova de Gaia perde a bandeira na praia de Salgueiros, mas ganha uma na praia fluvial de Marbelo.


Matosinhos, também no norte, perde a bandeira na praia da Memória, mas em contrapartida vai içar o galardão em três praias não contempladas em 2007: Cabo do Mundo, Marreco e na praia fluvial de Quebrada.


A região centro perde um galardão, ficando com um total de 19 bandeiras, tendo em conta que as praias de Esmoriz (Ovar) e de Ana Viz (Figueiró dos Vinhos) não vão poder içá-la este ano, mas no concelho de Vagos a praia fluvial de Areão vai ter um galardão.


Lisboa e Vale do Tejo regista a maior descida no número de praias com bandeira azul, com menos 04 do que em 1997, ficando com um total de 34.


O concelho da Nazaré perde a única praia contemplada no ano passado pela Bandeira Azul (praia da Nazaré).


As praias das Maçãs (Sintra), Poça, Carcavelos e Parede (Cascais) e as do Castelo e Morena (Almada) perdem também a bandeira.


Estas duas últimas praias perderam o galardão devido a obras de implementação do Plano de Ordenamento da Orla Costeira (POOC), segundo a associação.


A região de Lisboa e Vale do Tejo regista ainda a reentrada no programa Bandeira Azul das praias de Santa Cruz - Centro (Torres Vedras), São Pedro do Estoril (Cascais) e praia da Calada (Mafra).


O Alentejo, que em 2007 tinha recebido 12 galardões, aumenta este ano para 17 o número de zonas balneares que vão poder içar a bandeira a partir de 15 de Junho, início da época balnear.


A praia alententejana da Vieirinha ou Vale de Figueiros (Sines) perde o galardão, mas em contrapartida o concelho de Odemira reentra este ano na lista de concelhos premiados, com três praias galardoadas: Zambujeira, Carvalhal, Vila Nova de Mil Fontes - Furnas.


Também no Alentejo, o concelho de Grândola tem mais três praias galardoadas: Atlântica, Bico das Lulas e Tróia-Mar.


Na Região Autónoma da Madeira o número de bandeiras desce de 16 para 15 zonas balneares, devido à saída da zona balnear Poças do Gomes Doca do Cavacas no município do Funchal.


Os Açores são a única região que mantém o número de praias galardoadas, com 23 Bandeiras Azuis, embora com quatro saídas (Quatro Ribeiras em Praia Vitória, Porto da Caloura em Lagoa, Anjos em Vila do Porto e Calhetas em Ribeira Grande), três reentradas (Negrito em Angra do Heroísmo, São Lourenço em Vila do Porto e Pópulo em Ponta Delgada) e uma zona balnear nova (o areal de Santa Bàrbara em Ribeira Grande).


O continente aumenta de 151 para 155 bandeiras azuis e as regiões autónomas descem de 39 para 38.


Consulte a lista de praias “azuis” no Algarve:


Concelho de Aljezur: Odeceixe-Mar, Monte Clérigo e Arrifana.


Concelho de Lagos: Luz, Meia Praia e D.Ana.


Concelho de Portimão: Alvor, Três Castelos, Alvor Nascente e Rocha.


Concelho de Lagoa: Caneiros, Vale de Centeanes e Senhora da Rocha.


Concelho de Albufeira: Galé-Leste, Manuel Lourenço, Evaristo, São Rafael, Aveiros, Oura, Oura Leste, Belharucas, Sta.Eulália, Maria Luísa, Olhos de Água, Falésia Alfamar, Rocha Baixinha Leste, Falésia e Rocha Baixinha Oeste.


Concelho de Loulé: Vilamoura, Quarteira, Vale de Lobo, Garrão Nascente e Garrão Poente Duna, Ancão e Quinta do Lago.


Concelho de Faro: Faro-Mar, Barreta, Ilha do Farol-Mar e Culatra Mar.


Concelho de Olhão: Armona-Mar.


Concelho de Tavira: Barril, Ilha de Tavira-Mar, Terra Estreira e Cabanas-Mar.


Concelho de Vila Real de Santo António: Santo António, Lota, Manta Rota e Monte Gordo.


 


Fonte: Observatório do Algarve


07
Mai08

259: Situação de Seca desagravou significativamente em relação a Março

Tempo no Algarve

A chuva que caiu durante o mês de Abril desagravou de forma "bastante significativa" a situação de seca meteorológica no continente, sendo que apenas 20 por cento do território se encontrava nessa altura em situação de seca fraca.


Em Março, metade do país estava em situação de seca moderada, 13 por cento em seca severa e 37 por cento em seca fraca.

Agora, o último relatório de Abril indica que apenas 20 por cento do território se encontra em situação de seca fraca, nomeadamente a bacia do Mondego, a faixa litoral Norte e o interior do baixo Alentejo.

De acordo com o documento, o restante território (78 por cento) encontra-se numa situação "normal a chuva fraca".

Quanto à precipitação, o mês de Abril classificou-se como "chuvoso a extremamente chuvoso", com valores de precipitação acima dos 150 a 250 por cento em relação ao valor médio (entre 1961 e 1990).

Contudo, adianta o relatório do IM, a precipitação acumulada no período compreendido entre 01 de Setembro e 30 Abril continua inferior aos valores médios (1961 e 1990), em todo o continente.

Quanto à temperatura do ar, o início do mês de Abril foi caracterizado por temperaturas elevadas, superiores aos valores normais, com desvios entre 0,5 graus (Figueira de Castelo Rodrigo) e 2,9 graus (Mértola).

Entre 01 e 06 de Abril registou-se mesmo uma onda de calor, que afectou principalmente o interior das regiões Norte e centro de Portugal Continental.

O mesmo relatório indica que o dia 04 de Abril foi o mais quente do mês em todos os locais de Portugal continental, sobretudo em Alcácer do Sal, onde a temperatura registada foi de 32 graus, 14 graus acima do normal.

Quanto às regiões autónomas, na Madeira o valor médio da temperatura foi próximo ou superior ao valor médio (entre 1961 e 1990) e os valores de precipitação foram "bastante superiores" aos normais.

Nos Açores, o valor médio da temperatura foi também superior ao valor médio e os valores da quantidade de precipitação foram inferiores ou próximos do normal no grupo Ocidental e bastante superiores nos restantes grupos.

O relatório indica que o estado do tempo no Continente esteve sob condições de "instabilidade" entre os dias 07 e 20 de Abril, ocorrendo no dia 09 dois tornados, em Santarém e Castelo de Vide.

Quanto aos valores da insolação, variaram entre as 186 horas nas Penhas Douradas e as 287 horas em Sagres e foram superiores ao normal em todo o território.

Os valores de percentagem de água no solo continuam, segundo o relatório, inferiores aos normais para a época em todo o território, com excepção para as regiões de Lisboa e Faro, onde são superiores.


 


Fonte: Barlavento Online

Calendário

Maio 2008

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Facebook

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Google

Comentários recentes

  • Anónimo

    Horários e preços já muito desatualizados.E para a...

  • Tempo no Algarve

    Boa noite. Hoje já foi publicado os dados climatol...

  • Anónimo

    Bom dia, onde estão os dados climatológicos refere...

  • Anónimo

    Bom dia, gostaria que atualizassem os dados deste ...

  • Botas de Mulher

    Informação sem dúvida muito útil apar quem pretend...

Ofertas de Emprego - Faro

Pesquisa

Custom Search

subscrever feeds

Mais sobre mim