Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Tempo no Algarve

Estado do Tempo, Previsões, Alertas e Notícias sobre a Região Algarvia. E-mail: temponoalgarve@sapo.pt

Tempo no Algarve

Estado do Tempo, Previsões, Alertas e Notícias sobre a Região Algarvia. E-mail: temponoalgarve@sapo.pt

Calendário

Março 2008

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031

Facebook

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Google

Comentários recentes

  • Anónimo

    Horários e preços já muito desatualizados.E para a...

  • Tempo no Algarve

    Boa noite. Hoje já foi publicado os dados climatol...

  • Anónimo

    Bom dia, onde estão os dados climatológicos refere...

  • Anónimo

    Bom dia, gostaria que atualizassem os dados deste ...

  • Botas de Mulher

    Informação sem dúvida muito útil apar quem pretend...

Pesquisa

Custom Search

subscrever feeds

Mais sobre mim

10
Mar08

184: Viveiros: Produção em mar aberto na região.

Tempo no Algarve

Corrida à criação de peixe

A corrida à concessão de áreas para a produção de peixe e marisco em mar alto, ao largo do Algarve, promete ser renhida. Segundo apurou o CM, 18 empresas já apresentaram projectos, propondo-se produzir anualmente mais de 13 mil toneladas de peixe – o que permitiria quase duplicar a actual produção portuguesa em viveiro (agora, de cerca de 7 mil toneladas).

   
 
A concretização dos projectos está dependente, em primeiro lugar, da publicação de um decreto regulamentar do Governo que irá definir duas áreas de produção aquícola, uma no Sotavento (zona da Olhão) e outra no Barlavento (Portimão/Lagoa).

Segundo apurou o CM, a zona da Armona, em Olhão, é a que desperta, por enquanto, maior interesse dos investidores. Quinze projectos já deram entrada na Direcção-Geral das Pescas e Aquicultura. Os investidores pretendem produzir em jaulas colocadas a poucas milhas da costa algarvia sargos, corvinas, pargos, linguados, douradas, robalos, mexilhão, ostras, vieiras e amêijoas.

No Barlavento, as áreas a concessionar situam-se ao largo de Portimão/Lagoa e existem, para já, três investidores interessados: um pretende dedicar-se à produção de mexilhão, outro à de ostras e vieiras e o terceiro à de robalos e douradas.

O Instituto de Investigação das Pescas e do Mar (IPIMAR) instalou, há já algum tempo, Estações Piloto de Aquicultura em Olhão, que permitem efectuar ensaios de produção à escala pré-concorrencial. Estão estabelecidos quatro protocolos com empresários de piscicultura que visam o cultivo de dourada, sargos e linguados (estes últimos em tanques de terra). A produção final está estimada em cerca de 180 toneladas por ano.

OSTRAS SEGUEM PARA FRANÇA

O cultivo de ostras em mar alto começou a ser desenvolvido no Algarve, ao largo de Sagres, há 12 anos, ocupando actualmente uma área de 18 hectares. A produção anual ronda as 220-250 toneladas e o destino é o mercado francês. O sucesso obtido (a procura é maior do que a oferta) está a motivar o interesse de novos investidores. A Câmara de Portimão já deu parecer favorável a um dos projectos (o primeiro a dar entrada na autarquia), que prevê a produção de ostras, vieiras e mexilhão numa área de 100 hectares, a cerca de quatro milhas da costa. O investimento ronda os 800 mil euros no mar e mais 700 mil para a compra de um barco-fábrica. A ideia é evoluir para além das exportações para França e começar a conquistar quota de mercado em Portugal.

Fonte: Correio da Manhã

10
Mar08

183: Algarve está a coordenar rede de torres de vigia com a do Distrito de Beja

Tempo no Algarve

A Rádio Universitária do Algarve RUA FM e o «barlavento» deram esta semana continuação à colaboração no âmbito do programa CRIA FM, com uma entrevista à Governadora Civil Isilda Gomes. A entrevista, cuja primeira emissão teve lugar na quarta-feira, pôde voltar a ser ouvida no sábado, na frequência 102.7 FM ou em www.ruafm.pt.


O sistema de vigilância de incêndios algarvio está a ser remodelado, num trabalho conjunto «entre o distrito de Faro e o de Beja».

«Queremos rentabilizar as torres colocadas no lado do Algarve e as que foram colocadas no lado do Alentejo», de modo a aproveitar ao máximo os recursos disponíveis, revelou a Governadora Civil Isilda Gomes.

A representante do Governo na região é a convidada do Cria FM desta semana, numa entrevista feita em conjunto pela RUA FM e pelo «barlavento». Isilda Gomes falou do seu trabalho enquanto Governadora Civil, desde há oito meses para cá e de alguns projectos futuros.

As questões da prevenção e combate a incêndios acabaram por requerer a atenção imediata da Governadora Civil assim que tomou posse, em Junho de 2007, e continuam a ser uma das suas principais preocupações.

Apesar de não querer ainda adiantar o dispositivo para 2008 e as medidas a implementar, Isilda Gomes não deixou de frisar que o dispositivo já existente na região «está muito bem preparado».

«O resultado é visível. Temos tido uma redução significativa da área ardida. Em 2007 só arderam três hectares em área florestal. Se pensarmos que, em 2003, arderam 65.500 hectares em área florestal, pode-se ver bem o trabalho destes agentes», considerou.

Também a segurança mereceu um olhar especial da governadora. «Em 2007 tivemos mais 22 vítimas mortais nas estradas algarvias que em 2006. Mas, ainda assim, foi o segundo melhor ano da última década», referiu.

«Daí termos constituído o Observatório de Segurança Rodoviária», que tem trabalhado para «resolver possíveis causas de acidentes em determinados locais da região». Neste âmbito, já foram «implementadas medidas».

Dá o exemplo de um cruzamento em São Bartolomeu de Messines, onde já foi iniciada a construção de uma rotunda, e dos semáforos na EN 125, na zona do Arneiro, concelho de Faro, cuja dessincronização, entretanto resolvida, motivava acidentes.

No que diz respeito à imigração, e ao facto de o Algarve poder ser já um ponto de entrada das rotas de extra-comunitários em situação ilegal, Isilda Gomes desdramatiza, apesar do episódio que teve lugar em Dezembro passado, altura em que um grupo de cidadãos africanos naufragou na Ilha da Culatra.

«Essas pessoas até ficaram um bocado aborrecidas quando perceberam que tinham vindo parar a Portugal e não a Espanha» disse. Mas, ao mesmo tempo, considerou que não é caso para relaxar e que as autoridades estão atentas ao problema.

Já no que toca ao papel dos Governos Civis, que alguns consideram obsoleto, Isilda Gomes diz não concordar com essa visão, mas até deixa uma posição curiosa.

«Quem me dera ser a última Governadora Civil do Algarve. Isso significaria que a regionalização era uma realidade», considerou.


 


Fonte: Barlavento Online

10
Mar08

Ranking meteorológico do Algarve

Tempo no Algarve

Dia 9 de Março de 2008



Temperaturas Máximas:



1 - Olhão 21.3 ºC


2 - Tavira 20.1 ºC


3 - Faro (Aeroporto) 18.7 ºC


4 - Sagres 17.6 ºC


5 - São Brás de Alportel 16.6 ºC


6 - Monchique: 8.6 ºC


 


 


Temperaturas mínimas:



1 - Monchique 5.0 ºC


2 - Olhão 6.4 ºC


3 - São Brás de Alportel 7.1 ºC


4 - Tavira 8.9 ºC


5 - Faro (Aeroporto) 9.2 ºC


6 - Sagres 13.2 ºC


 


Precipitação acumulada:



1 - Monchique 1.6 mm


2 - Faro (Aeroporto) 0 mm


3 - Olhão 0 mm


4 - Sagres 0 mm


5 - São Brás de Alportel 0 mm


6 - Tavira 0 mm


 


Fontes: IM, INAG, CCVT


10
Mar08

182: Previsão semanal de 10 de Março a 16 de Março de 2008

Tempo no Algarve

A seguir será apresentada a previsão dia a dia.


 


2ª feira: dia 10 - Céu pouco nublado aumentando de nebulosidade a partir do final da manhã. Períodos de chuva fraca. Vento moderado de oeste. Descida da temperatura.


 


Máxima: 17ºC - 19ºC


mínima: 8ºC - 11ºC


Estado do mar: Ondas de sudoeste com  1,5 metros na costa sul. Entre o Cabo de Sines e o Cabo de São Vicente ondas de oeste com 4 a 5 metros. Temperatura da água do mar: 17ºC


 


3ª feira: dia 11 - Céu muito nublado tornando-se pouco nublado. 


 


Máxima: 17ºC - 20ºC


mínima: 7ºC - 11ºC


Estado do mar: Ondas de sudoeste com 1 m a 1,5 metros. Temperatura da água do mar: 17ºC


 


4ª feira:  dia 12 - Céu pouco nublado. Vento moderado de norte. Descida da temperatura mínima.


 


Máxima: 16ºC - 19ºC


mínima: 7ºC - 10ºC


Estado do mar: Ondas de sudoeste com 1.5 metros.


 


5ª feira:  dia 13 - Céu pouco nublado. Vento fraco a moderado de norte  Subida das temperaturas.


Máxima: 17ºC - 19ºC


mínima: 7ºC - 11ºC


Estado do mar: Ondas de sudoeste com 1 metro..


 


6ªfeira: dia 14 - Céu pouco nublado. aumentando de nebulosidade por nuvens altas. Vento moderado de leste. Pequena subida de temperatura.


 


Máxima: 19ºC - 22ºC


mínima: 8ºC - 11ºC


Estado do mar: Ondas de sueste com 1 metro.


 


Sábado: dia 15 - Céu pouco nublado, aumentando de nebulosidade por nuvens altas. Vento fraco a moderado de leste. Pequena subida de temperatura.


 


Máxima: 18ºC - 23ºC


mínima: 10ºC - 12ºC


Estado do mar: Ondas de sueste com 1 metro.


 


Domingo: dia 16 - Céu nublado, por nuvens altas Vento moderado de leste.


 


Máxima: 19ºC - 23ºC


mínima: 10ºC - 13ºC


Estado do mar: Ondas de sueste com 1 metro a 1.5 metros.



 


 


Precipitação prevista: 0 - 3 mm

Calendário

Março 2008

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031

Facebook

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Google

Comentários recentes

  • Anónimo

    Horários e preços já muito desatualizados.E para a...

  • Tempo no Algarve

    Boa noite. Hoje já foi publicado os dados climatol...

  • Anónimo

    Bom dia, onde estão os dados climatológicos refere...

  • Anónimo

    Bom dia, gostaria que atualizassem os dados deste ...

  • Botas de Mulher

    Informação sem dúvida muito útil apar quem pretend...

Pesquisa

Custom Search

subscrever feeds

Mais sobre mim