Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Tempo no Algarve

Estado do Tempo, Previsões, Alertas e Notícias sobre a Região Algarvia. E-mail: temponoalgarve@sapo.pt

Tempo no Algarve

Estado do Tempo, Previsões, Alertas e Notícias sobre a Região Algarvia. E-mail: temponoalgarve@sapo.pt

Calendário

Maio 2019

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031

reserva

Booking.com

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Facebook

Relógio

Misterwhat

Comentários recentes

  • Tempo no Algarve

    Os horários mantém-se os mesmos.

  • Anónimo

    Bom dia. E atualizações? 2019?

  • Rafaela

    Post muito bom, concordo, a melhor passagem de ano...

  • Tudo Mesmo

    Bem interessante que deve ser!!

  • Fotografia

    Ótimo informativo de previsão do tempo, a previsão...

Ofertas de Emprego - Faro

Google

Pesquisa

Custom Search

20
Mai19

Dados da Estação Meteorológica em Olhão

Tempo no Algarve

Dados referentes ao mês de Maio de 2019

 

Dia

Temperatura

Máxima (ºC)

Temperatura

mínima (ºC)

Precipitação

(mm)

               Observações             
1 22.6 15.5 0 Céu pouco nublado
2 25.7 15.5 0 Céu limpo
3 22.1 14.8 0 Céu pouco nublado
4 20.3 13.6 0 Céu pouco nublado/encoberto
5 20.2 13.3 0 Céu pouco nublado
6 20.4 11.8 0 Céu nublado tornando-se pouco nublado
7 22.2 11.8 0 Céu pouco nublado aumentando de nebulosidade
8 22.0 14.8 0 Céu nublado tornando-se pouco nublado
9 21.1 14.6 0 Céu nublado
10 29.0 12.2 0 Céu pouco nublado
11 29.0 14.2 0 Céu limpo
12 26.6 19.2 0 Céu limpo
13 27.2 16.4 0 Céu limpo
14 24.8 15.9 0 Céu limpo
15 33.0 15.0 0 Céu limpo
16 29.6 18.0 0 Céu com nuvens altas
17 23.1 12.2 0 Céu com nuvens altas
18 24.4 12.8 0 Céu pouco nublado
19 20.5 14.0 0 Céu nublado por nuvens altas
20 23.8 11.5 0 Céu pouco nublado
21        
22        
23        
24        
25        
26        
27        
28        
29        
30        
31        
Booking.com
20
Mai19

3214: Previsão meteorológica para a semana de 20 de Maio a 26 de Maio de 2019

Tempo no Algarve

Previsão meteorológica no Algarve para os próximos dias:

 

Dia 20 (2ª feira) - Céu pouco nublado ou limpo. Vento fraco de noroeste. Pequena subida da temperatura máxima.

 

Máximas: 21ºC - 25ºC

mínimas: 10ºC - 14ºC

 

Estado do mar: Ondas de sudoeste inferiores a 1 metro. Temperatura da água do mar: 17ºC.

 

Dia 21 (3ª feira) - Céu pouco nublado ou limpo. Vento fraco de noroeste, sendo temporariamente de sudoeste durante a tarde..

 

Máximas: 23ºC - 27ºC

mínimas: 11ºC - 15ºC

 

Estado do mar: Ondas de sudoeste inferiores a 1 metro. Temperatura da água do mar: 17ºC

 

Dia 22 (4ª feira) - Céu pouco nublado ou limpo. Vento fraco tornando-se moderado de oeste.

 

Máximas: 22ºC - 26ºC

mínimas: 13ºC - 17ºC

 

Estado do mar: Ondas de sudoeste inferiores a 1 metro.

 

Dia 23 (5ª feira) - Céu pouco nublado ou limpo. Vento moderado de noroeste. Descida da temperatura máxima.

 

Máximas: 26ºC - 30ºC

mínimas: 14ºC - 18ºC

 

Estado do mar: Ondas de sudoeste inferiores a 1 metro.

 

Dia 24 (6ª feira) - Céu pouco nublado. Vento fraco de noroeste.

 

Máximas: 27ºC - 31ºC

mínimas: 13ºC - 17ºC

 

Estado do mar: Ondas de sudoeste inferiores a 1 metro.


Dia 25 (Sábado) - Céu nublado por nuvens altas. Vento fraco a moderado de norte.

 

Máximas: 27ºC - 31ºC

mínimas: 14ºC - 18ºC

 

Estado do mar: Ondas de sudoeste inferiores a 1 metro.

 

Dia 26 (Domingo) - Céu nublado por nuvens altas. Vento moderado de nordeste.

 

Máximas: 27ºC - 31ºC

mínimas: 13ºC - 17ºC

 

Estado do mar: Ondas de sudoeste inferiores a 1 metro.

Booking.com
13
Mai19

3213: Aviso Amarelo no Algarve

Tempo no Algarve

Faro

Última actualização da informação:

Segunda-feira, 13 de Maio de 2019

 
Agitação Marítima

Amarelo

Agitação Marítima

Para o período de: 2019-05-14 03:00:00
até: 2019-05-14 18:00:00

Altura Significativa das Ondas

Na costa Sul, ondas de sueste com 2 metros.

 

Fonte: IPMA

Booking.com
13
Mai19

3212: Previsão meteorológica para a semana de 13 de Maio a 19 de Maio de 2019

Tempo no Algarve

Previsão meteorológica no Algarve para os próximos dias:

 

Dia 13 (2ª feira) - Céu pouco nublado ou limpo. Vento fraco a moderado de leste.

 

Máximas: 26ºC - 31ºC

mínimas: 14ºC - 18ºC

 

Estado do mar: Ondas de sueste com 1,5 a 2 metros, diminuindo gradualmente para 1 metro.. Temperatura da água do mar: 18/19ºC.

 

Dia 14 (3ª feira) - Céu pouco nublado ou limpo. Vento fraco a moderado de leste.

 

Máximas: 26ºC - 30ºC

mínimas: 14ºC - 18ºC

 

Estado do mar: Ondas de sueste com 1 a 1.5 metros. Temperatura da água do mar: 18/19ºC

 

Dia 15 (4ª feira) - Céu pouco nublado ou limpo. Vento fraco tornando-se moderado de noroeste. Pequena subida da temperatura máxima.

 

Máximas: 31ºC - 35ºC

mínimas: 13ºC - 17ºC

 

Estado do mar: Ondas de sudoeste com 1 metro.

 

Dia 16 (5ª feira) - Céu pouco nublado ou limpo. Vento moderado de noroeste. Descida da temperatura máxima.

 

Máximas: 26ºC - 30ºC

mínimas: 13ºC - 17ºC

 

Estado do mar: Ondas de sudoeste com 1 a 1.5 metros.

 

Dia 17 (6ª feira) - Céu nublado por nuvens altas. Vento moderado de noroeste com rajadas até 50 km/h. Pequena descida da temperatura máxima e pequena descida da temperatura mínima.

 

Máximas: 24ºC - 28ºC

mínimas: 11ºC - 15ºC

 

Estado do mar: Ondas de sudoeste com 1 a 1.5 metros.


Dia 18 (Sábado) - Céu pouco nublado. Vento moderado de noroeste com rajadas até 50 km/h. Pequena descida da temperatura máxima e pequena descida da temperatura mínima..

 

Máximas: 21ºC - 25ºC

mínimas: 9ºC - 13ºC

 

Estado do mar: Ondas de sudoeste inferiores a 1 metro.

 

Dia 19 (Domingo) - Céu nublado por nuvens altas. Vento moderado de oeste.

 

Máximas: 21ºC - 25ºC

mínimas: 10ºC - 14ºC

 

Estado do mar: Ondas de sudoeste inferiores a 1 metro.

Booking.com
11
Mai19

3211: Aviso Amarelo no Algarve

Tempo no Algarve

Faro

Última actualização da informação:

Sábado, 11 de Maio de 2019

 
Agitação Marítima

Amarelo

Agitação Marítima

Para o período de: 2019-05-12 12:00:00
até: 2019-05-13 12:00:00

Altura Significativa das Ondas

Na costa Sul, ondas de sueste com 2 metros.

 

Fonte: IPMA

Booking.com
10
Mai19

3210: Incêndios: Proteção Civil reforça meios de combate devido ao risco de fogo

Tempo no Algarve

A Proteção Civil anunciou hoje que vai reforçar os meios de combate a incêndio devido ao aumento do risco a partir de sábado, que em algumas zonas do país chegam ao nível “muito elevado”.

 

O adjunto nacional de operações da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC) Alexandre Penha avançou à agência Lusa que foi feito um reforço na estrutura dos bombeiros, na força especial de proteção civil da ANEPC e na GNR, tendo em conta as condições meteorológicas previstas para os próximos dias.

 

Alexandre Penha disse que alguns meios aéreos foram reposicionados “mais a sul” e os centros de meios aéreos vão ficar com um horário mais estendido.

 

“Foi feito um reforço na estrutura dos bombeiros, na estrutura da força especial de proteção civil, foi feito o reposicionamento de alguns meios aéreos mais a sul que estavam no seu local normal de funcionamento, um horário mais estendido dos centros de meios aéreos para poder ajudar em qualquer operação de combate a incêndio que possa existir”, disse.

 

O comandante adjunto frisou que o reforço na GNR, através da Unidade Especial de Proteção e Socorro (antigos GIPS), vai ser feito com um pré-reposicionamento mais a sul “para permitir ir às áreas onde o risco de incêndio é mais elevado”.

 

Segundo o mesmo responsável, os meios aéreos a operar são aqueles que estão previstos para esta altura do ano, designadamente 10 helicópteros de ataque inicial e quatro aviões de ataque ampliado.

 

“Estes meios são colocados no terreno de acordo com o risco de incêndio nos diversos distritos. Este dispositivo está sempre em constante avaliação para ir ao encontro das necessidades e sempre que há este quadro meteorológico faz-se um reposicionamento para cobrir uma área com maior risco de incêndio florestal”, explicou.

 

A Proteção Civil alertou hoje para o aumento do risco de incêndio a partir de sábado, chegando ao nível “muito elevado” em algumas zonas do Algarve, Alentejo e interior norte e centro, e avançou que estão proibidas as queimadas.

 

Em comunicado, a Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil alerta a população para o perigo de incêndio florestal entre sábado e terça-feira devido às previsões meteorológicas de tempo quente e seco.

 

Alexandre Penha disse também que devido a este quadro meteorológico foi pedido às forças militares para disponibilizarem patrulhas para vigilância dissuasora naqueles distritos onde o risco de incêndio é maior.

 

Num comunicado, o Estado-Maior General das Forças Armadas (EMGFA) refere que um total de nove patrulhas das Forças Armadas (sete do Exército e duas da Marinha), num total de 36 militares (28 do Exército e 8 da Marinha), vão reforçar de 11 a 14 de maio ações de vigilância terrestre e patrulhamento dissuasor em oito distritos de Portugal Continental, em apoio Proteção Civil.

 

Segundo o EMGFA, as ações de prevenção vão realizar-se um pouco por todo o país, mas vão ter especial incidência nos distritos de Beja, Bragança, Évora, Guarda, Lisboa, Portalegre, Santarém e Setúbal.

 

Os militares das Forças Armadas vão ser empenhados em operações de vigilância terrestre e, em caso de necessidade, podem ser empenhados em ações de pós rescaldo, ou de apoio geral às operações de proteção e socorro que possam vir a ser desencadeadas.

 

O EMGFA indica também que a base aérea número 11, em Beja, vai prestar apoio logístico durante este período para acolher duas aeronaves anfíbias médias FIRE BOSS, pertencentes ao Dispositivo Especial de Combate a Incêndios Rurais (DECIR).

 

O primeiro reforço de meios adicionais no âmbito do DECIR 2019 vai acontecer a partir do dia 15 de maio.

 

Fonte: Sapo 24

Booking.com
09
Mai19

3209: Linha elétrica poderá estar na origem do fogo de Monchique de 2018

Tempo no Algarve

O Observatório Técnico Independente (OTI) criado pelo parlamento para acompanhar os incêndios florestais aponta como possível causa do fogo de Monchique, o maior de 2018, uma linha elétrica.

 

No relatório sobre incêndio que deflagrou em 2018 em Monchique, no Algarve, hoje entregue na Assembleia da República, os peritos do OIT lamentam que, passados nove meses do fogo, a causa esteja "ainda a ser investigada e apontada como desconhecida".

 

No entanto, o documento refere que há indicações que remetem “para um local específico de início do incêndio e para uma causa associada a uma linha elétrica, que a EDP contraria”.

 

“Há fotografias iniciais em que são visíveis chamas próximo do local indicado e indícios que apontam para que a linha elétrica possa ter estado na origem do incêndio por haver no local árvores - essencialmente eucaliptos - com desenvolvimento suficiente para poder entrar em contacto com os cabos da linha elétrica, apesar da versão da EDP não apontar nesse sentido”, considera o OIT.

O relatório sublinha que, “apesar dos indícios que apontam para que a causa do incêndio possa ter tido origem na linha de média tensão que atravessa o local de início do incêndio, não existe qualquer informação oficial sobre a investigação mais detalhada que permita confirmar esta hipótese”.

 

Nesse sentido, os peritos do OIT manifestam-se preocupados com os fogos que nascem do contacto com as redes elétricas.

 

“Em conclusão, muito embora não exista confirmação quanto à causa de origem deste incêndio em particular, as estatísticas sobre causas investigadas levam a encarar com grande preocupação as ignições causadas pela rede elétrica”, lê-se no documento, sublinhando que as linhas que atravessam áreas com eucalipto deverão ser alvo “de extrema atenção, devido ao rápido desenvolvimento em altura das árvores desta espécie, potenciando descargas por toque ou mesmo potenciando a danificação das linhas de transporte de energia”.

 

No relatório, o OTI chama ainda a atenção para “a falta de eficácia na investigação das causas de incêndio” e considera “no mínimo estranho que não exista ainda uma causa conhecida para um incêndio com as consequências que este teve”.

 

O Observatório Técnico Independente recomenda “uma melhoria no serviço de investigação de causas particularmente em incêndios de grandes dimensões”.

 

O incêndio de Monchique esteve ativo entre 03 e 10 de agosto de 2018 em Monchique e consumiu mais de 27 mil hectares.

 

Fonte: Sapo 24

Booking.com
07
Mai19

3208: Investigadores terão descoberto fonte de sismos violentos ao largo da costa portuguesa

Tempo no Algarve

Uma anomalia na crosta terrestre, que vem de uma zona chamada Planície Abissal da Ferradura, situada a 250 quilómetros a sudoeste do cabo de São Vicente, poderá explicar origem dos sismos em Portugal.

 

A procura pela resolução do enigma da fonte do terramoto de 1755 levou um investigador português a confirmar uma anomalia na crosta terrestre ao largo da costa portuguesa que pode explicar por que ocorrem sismos violentos numa zona aparentemente calma.

 

João Duarte, da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa, disse à agência Lusa que, a confirmar-se, a descoberta muda a perceção sobre o risco sísmico ao largo da costa portuguesa, que vem de uma zona chamada Planície Abissal da Ferradura, situada a 250 quilómetros a sudoeste do cabo de São Vicente.

 

É o local de início de um processo de subducção, em que uma placa cai por baixo ou se descasca", conhecida nas margens do Oceano Pacífico e em zonas de grande atividade sísmica, como o Japão, disse o investigador do Departamento de Geologia à agência Lusa.

 

A investigação, divulgada hoje pela revista National Geographic e ainda por publicar como estudo num boletim científico, começou por querer "localizar a fonte do sismo de 1755, que sempre foi um enigma, porque há 250 anos não havia registos".

 

O sismo de 1969 já foi registado por sismógrafos, ocorreu numa zona plana do fundo do mar, longe da falha tectónica, a zona instável onde se unem as placas rochosas da crosta terrestre, que fica no meio do Oceano Atlântico.

 

Com a investigadora Chiara Chiviero, também da Universidade de Lisboa, foram compilados todos os registos sismográficos para a zona da anomalia, incluindo dados recolhidos no fundo do oceano durante 11 meses em 2007, e com o investigador Nicolas Riehl, da Universidade de Mainz, na Alemanha, foi criado um modelo computorizado que confirma a hipótese de subducção.

 

Não é possível dizer que vai haver mais sismos porque este é um processo absolutamente lento, demora 10 a 20 milhões de anos", afirmou João Duarte, defendendo que com esta hipótese se percebe melhor como é que uma zona aparentemente calma do leito oceânico é capaz de gerar sismos tão fortes como o de 1755, que devastou Lisboa e parte da costa.

 

João Duarte frisou que a descoberta, só por si, nada tem a ver com a capacidade de prever sismos de grande dimensão, que são irregulares e cuja ciclicidade é apenas estatística.

 

A regularidade dos sismos é "um mito urbano", considerou.

 

Considera-se atualmente que um sismo na costa portuguesa na ordem dos 8,5 a 9 graus na escala de Richter, como o de 1755, se repete "entre mil a dois mil anos", mas este número pode não significar nada se os sismos de grande dimensão se sucederem em períodos mais curtos de tempo, como é comum, "não se sabe bem porquê".

 

Além disso, um sismo de magnitude 6, estatisticamente mais frequente, mais perto da costa ou debaixo de uma cidade pode ter efeitos ainda devastadores, indicou.

 

A anomalia da planície da Ferradura pode, ao longo do tempo, vir a significar uma mudança de rumo da deriva dos continentes do planeta, que ciclicamente se afastam e aproximam, criando e fazendo desaparecer oceanos e formando um continente único conhecido como Pangeia, o que se estima já ter acontecido três vezes.

 

Europa e América têm vindo a afastar-se, mas o início de um processo de subducção indica que a placa oceânica se está a afundar sob a placa continental, o que ao longo de milhões de anos poderá significar que os continentes se estão novamente a aproximar, eventualmente fazendo desaparecer o oceano Atlântico.

 

Fonte. TVI24

Booking.com
06
Mai19

3207: Previsão meteorológica para a semana de 6 de Maio a 12 de Maio de 2019

Tempo no Algarve

Previsão meteorológica no Algarve para os próximos dias:

 

Dia 6 (2ª feira) - Céu pouco nublado temporariamente nublado por nuvens altas. Vento fraco a moderado de oeste.

 

Máximas: 20ºC - 24ºC

mínimas: 10ºC - 14ºC

 

Estado do mar: Ondas de sudoeste inferiores a 1 metro. Temperatura da água do mar: 18ºC.

 

Dia 7 (3ª feira) - Céu nublado por nuvens altas. Vento fraco a moderado de oeste.

 

Máximas: 20ºC - 24ºC

mínimas: 10ºC - 14ºC

 

Estado do mar: Ondas de sudoeste com 1 a 1.5 metros. Temperatura da água do mar: 18ºC

 

Dia 8 (4ª feira) - Céu nublado. Vento fraco a moderado de oeste. Possibilidade para a ocorrência de aguaceiros fracos.

 

Máximas: 19ºC - 23ºC

mínimas: 10ºC - 14ºC

 

Estado do mar: Ondas de sudoeste com 1 metro.

 

Dia 9 (5ª feira) - Céu pouco nublado. Vento fraco a moderado de noroeste. Pequena subida da temperatura máxima.

 

Máximas: 22ºC - 26ºC

mínimas: 12ºC - 16ºC

 

Estado do mar: Ondas de sudoeste inferiores a 1 metro.

 

Dia 10 (6ª feira) - Céu pouco nublado. Vento fraco a moderado de norte. Pequena subida da temperatura máxima.

 

Máximas: 23ºC - 27ºC

mínimas: 12ºC - 16ºC

 

Estado do mar: Ondas de sudoeste inferiores a 1 metro.


Dia 11 (Sábado) - Céu nublado por nuvens altas. Vento fraco de nordeste. Pequena subida da temperatura mínima

 

Máximas: 25ºC - 29ºC

mínimas: 13ºC - 17ºC

 

Estado do mar: Ondas de sudoeste inferiores a 1 metro.

 

Dia 12 (Domingo) - Céu nublado por nuvens altas. Vento moderado de leste com rajadas até 50 km/h.

 

Máximas: 26ºC - 30ºC

mínimas: 14ºC - 18ºC

 

Estado do mar: Ondas de sudoeste inferiores a 1 metro, tornando-se ondas de sueste com 1 a 2 metros..

 

Precipitação prevista para esta semana: 0 mm a 5 mm

Booking.com
01
Mai19

Previsão das marés no Algarve

Tempo no Algarve
Barra Faro/Olhão

DATA (UTC) Alt Maré

2019-05-01   0:19  3.00  Preia-Mar           
2019-05-01   6:19  1.12  Baixa-Mar           
2019-05-01  12:47  2.96  Preia-Mar           
2019-05-01  18:30  1.15  Baixa-Mar           
2019-05-02   0:59  3.14  Preia-Mar           
2019-05-02   6:53  0.99  Baixa-Mar           
2019-05-02  13:22  3.12  Preia-Mar           
2019-05-02  19:06  0.97  Baixa-Mar           
2019-05-03   1:36  3.26  Preia-Mar           
2019-05-03   7:26  0.87  Baixa-Mar           
2019-05-03  13:55  3.25  Preia-Mar           
2019-05-03  19:41  0.83  Baixa-Mar           
2019-05-04   2:11  3.34  Preia-Mar           
2019-05-04   7:59  0.79  Baixa-Mar           
2019-05-04  14:28  3.35  Preia-Mar           
2019-05-04  20:16  0.74  Baixa-Mar           
2019-05-05   2:46  3.37  Preia-Mar           
2019-05-05   8:32  0.74  Baixa-Mar           
2019-05-05  15:02  3.41  Preia-Mar           
2019-05-05  20:51  0.69  Baixa-Mar           
2019-05-06   3:21  3.35  Preia-Mar           
2019-05-06   9:07  0.74  Baixa-Mar           
2019-05-06  15:37  3.42  Preia-Mar           
2019-05-06  21:29  0.71  Baixa-Mar           
2019-05-07   3:58  3.29  Preia-Mar           
2019-05-07   9:43  0.79  Baixa-Mar           
2019-05-07  16:15  3.38  Preia-Mar           
2019-05-07  22:08  0.78  Baixa-Mar           
2019-05-08   4:38  3.20  Preia-Mar           
2019-05-08  10:23  0.89  Baixa-Mar           
2019-05-08  16:57  3.30  Preia-Mar           
2019-05-08  22:52  0.90  Baixa-Mar           
2019-05-09   5:24  3.07  Preia-Mar           
2019-05-09  11:07  1.03  Baixa-Mar           
2019-05-09  17:45  3.20  Preia-Mar           
2019-05-09  23:43  1.05  Baixa-Mar           
2019-05-10   6:18  2.94  Preia-Mar           
2019-05-10  12:00  1.19  Baixa-Mar           
2019-05-10  18:42  3.08  Preia-Mar           
2019-05-11   0:47  1.19  Baixa-Mar           
2019-05-11   7:22  2.84  Preia-Mar           
2019-05-11  13:09  1.33  Baixa-Mar           
2019-05-11  19:50  3.00  Preia-Mar           
2019-05-12   2:07  1.26  Baixa-Mar           
2019-05-12   8:37  2.80  Preia-Mar           
2019-05-12  14:35  1.39  Baixa-Mar           
2019-05-12  21:05  3.00  Preia-Mar           
2019-05-13   3:32  1.21  Baixa-Mar           
2019-05-13   9:55  2.87  Preia-Mar           
2019-05-13  15:58  1.31  Baixa-Mar           
2019-05-13  22:20  3.08  Preia-Mar           
2019-05-14   4:42  1.07  Baixa-Mar           
2019-05-14  11:05  3.02  Preia-Mar           
2019-05-14  17:05  1.14  Baixa-Mar           
2019-05-14  23:26  3.22  Preia-Mar           
2019-05-15   5:38  0.91  Baixa-Mar           
2019-05-15  12:04  3.21  Preia-Mar           
2019-05-15  17:59  0.96  Baixa-Mar           
2019-05-16   0:23  3.36  Preia-Mar           
2019-05-16   6:26  0.76  Baixa-Mar           
2019-05-16  12:54  3.37  Preia-Mar           
2019-05-16  18:47  0.81  Baixa-Mar           
2019-05-17   1:13  3.47  Preia-Mar           
2019-05-17   7:10  0.67  Baixa-Mar           
2019-05-17  13:39  3.49  Preia-Mar           
2019-05-17  19:30  0.70  Baixa-Mar           
2019-05-18   1:59  3.53  Preia-Mar           
2019-05-18   7:50  0.63  Baixa-Mar           
2019-05-18  14:22  3.56  Preia-Mar           
2019-05-18  20:11  0.66  Baixa-Mar           
2019-05-19   2:42  3.51  Preia-Mar           
2019-05-19   8:29  0.67  Baixa-Mar           
2019-05-19  15:03  3.55  Preia-Mar           
2019-05-19  20:51  0.69  Baixa-Mar           
2019-05-20   3:24  3.44  Preia-Mar           
2019-05-20   9:06  0.75  Baixa-Mar           
2019-05-20  15:42  3.49  Preia-Mar           
2019-05-20  21:30  0.77  Baixa-Mar           
2019-05-21   4:05  3.31  Preia-Mar           
2019-05-21   9:43  0.89  Baixa-Mar           
2019-05-21  16:21  3.38  Preia-Mar           
2019-05-21  22:09  0.89  Baixa-Mar           
2019-05-22   4:46  3.15  Preia-Mar           
2019-05-22  10:20  1.06  Baixa-Mar           
2019-05-22  17:01  3.23  Preia-Mar           
2019-05-22  22:49  1.05  Baixa-Mar           
2019-05-23   5:29  2.98  Preia-Mar           
2019-05-23  10:58  1.24  Baixa-Mar           
2019-05-23  17:42  3.08  Preia-Mar           
2019-05-23  23:32  1.21  Baixa-Mar           
2019-05-24   6:15  2.81  Preia-Mar           
2019-05-24  11:39  1.42  Baixa-Mar           
2019-05-24  18:27  2.94  Preia-Mar           
2019-05-25   0:22  1.36  Baixa-Mar           
2019-05-25   7:07  2.67  Preia-Mar           
2019-05-25  12:30  1.57  Baixa-Mar           
2019-05-25  19:19  2.82  Preia-Mar           
2019-05-26   1:26  1.47  Baixa-Mar           
2019-05-26   8:06  2.58  Preia-Mar           
2019-05-26  13:37  1.67  Baixa-Mar           
2019-05-26  20:20  2.76  Preia-Mar           
2019-05-27   2:43  1.51  Baixa-Mar           
2019-05-27   9:12  2.57  Preia-Mar           
2019-05-27  14:59  1.67  Baixa-Mar           
2019-05-27  21:26  2.76  Preia-Mar           
2019-05-28   3:54  1.47  Baixa-Mar           
2019-05-28  10:16  2.63  Preia-Mar           
2019-05-28  16:09  1.58  Baixa-Mar           
2019-05-28  22:30  2.82  Preia-Mar           
2019-05-29   4:48  1.36  Baixa-Mar           
2019-05-29  11:12  2.76  Preia-Mar           
2019-05-29  17:04  1.42  Baixa-Mar           
2019-05-29  23:27  2.93  Preia-Mar           
2019-05-30   5:33  1.24  Baixa-Mar           
2019-05-30  11:59  2.91  Preia-Mar           
2019-05-30  17:50  1.25  Baixa-Mar           
2019-05-31   0:15  3.05  Preia-Mar           
2019-05-31   6:13  1.10  Baixa-Mar           
2019-05-31  12:41  3.08  Preia-Mar           
2019-05-31  18:32  1.07  Baixa-Mar           
 

Fonte:  Antunes, C. (2007). Previsão de Marés dos Portos Principais de Portugal.
FCUL Webpage, http://webpages.fc.ul.pt/~cmantunes/hidrografia/hidro_mares.html.
 

Booking.com

Calendário

Maio 2019

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031

reserva

Booking.com

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Facebook

Relógio

Misterwhat

Comentários recentes

  • Tempo no Algarve

    Os horários mantém-se os mesmos.

  • Anónimo

    Bom dia. E atualizações? 2019?

  • Rafaela

    Post muito bom, concordo, a melhor passagem de ano...

  • Tudo Mesmo

    Bem interessante que deve ser!!

  • Fotografia

    Ótimo informativo de previsão do tempo, a previsão...

Ofertas de Emprego - Faro

Google

Pesquisa

Custom Search