Estado do Tempo, Previsões, Alertas e Notícias sobre a Região Algarvia. E-mail: temponoalgarve@sapo.pt

Domingo, 18 de Junho de 2017
2745: Incêndio em Pedrógão Grande provoca morte e destruição

Entre os operacionais registam-se dez feridos, quatro deles em estado grave, acrescentou a ministra Constança Urbano de Sousa.

 

A governante anunciou também que chegarão na segunda-feira ao local 100 operacionais espanhóis, juntando-se aos meios aéreos internacionais (dois de França e quatro de Espanha).

 

No terreno estão, segundo a ministra, 834 operacionais e 258 viaturas, mantendo-se o incêndio com quatro frentes ativas, sendo as mais preocupantes as de Pedrógão Grande e Castanheira de Pera.

 

A ministra deu ainda conta de que foram evacuadas cinco aldeias na região por “mera precaução” devido ao risco de inalação de fumos e apelou aos populares para que não resistam às ordens das autoridades.

 

“Qualquer resistência às ordens das autoridades não é admissível, temos de salvaguardar a vida humana, as pessoas têm de sair mesmo que seja só por mera precaução”, apelou.

 

A ministra informou ainda da localização de cinco pontos de atendimento da Segurança Social: em Avelar, no campo de futebol, em Pedrógão Grande, na Santa Casa, em Figueiró dos Vinhos, no pavilhão gimnodesportivo, em Ansião, nos Bombeiros Voluntários, e em Castanheira de Pera na Santa Casa.

 

Constança Urbano de Sousa chamou ainda a atenção para a linha de emergência aberta — número 144 – apenas para necessidades de alojamento, apelando a que as pessoas não utilizem este número para saber de desaparecidos.

 

A titular da pasta da Administração Interna admitiu que ainda nem toda a área foi percorrida e espera que com a noite o aumento da humidade permita um combate mais eficaz ao incêndio e elogiou a solidariedade nacional, salientando que muitas empresas e particulares têm enviado meios e alimentos para o local.

 

“O momento é de combater não é de fazer avaliações”, reiterou, acrescentando que, por volta das 20:00, será feito novo ponto de situação.

 

O incêndio que deflagrou ao início da tarde de sábado numa área florestal em Escalos Fundeiros, em Pedrógão Grande (distrito de Leiria), alastrou-se aos municípios vizinhos de Castanheira de Pera e Figueiró dos Vinhos, obrigando a evacuar povoações ou deixando-as isoladas, e provocou pelo menos 61 mortos, segundo o último balanço oficial.

 

Fonte: Sapo


--------------------------------------------------------------------------------

publicado por Tempo no Algarve às 20:40
link do post | comentar | favorito
|

Quarta-feira, 14 de Junho de 2017
2742: Incêndio destrói 40 viaturas num parque de estacionamento em Faro

Um incêndio num parque de estacionamento na localidade de Patacão, em Faro, destruiu, esta quarta-feira, 40 viaturas.

 

O fogo deflagrou pelas 14.18 horas num parque de terra batida usado por uma empresa de aluguer de veículos em Patacão, indicou ao JN fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Faro.

 

"Não está ainda apurado o número de viaturas afetadas, bem como a origem das chamas", indicou fonte do CDOS. Mais tarde, fonte da Proteção Civil confirmou que foram 40 os veículos danificados.

 

Às 15.30 horas o incêndio foi dado dominado.

 

No local estiveram 49 efetivos, apoiados por 16 veículos, dos elementos dos Sapadores e Voluntários de Faro, dos Voluntários de São Brás e das corporações Municipais de Olhão, Tavira e Loulé.

 

A GNR esteve presente com seis elementos e três veículos.

 

As causas do incêndio não são ainda conhecidas.

 

Fonte: JN


--------------------------------------------------------------------------------

publicado por Tempo no Algarve às 20:45
link do post | comentar | favorito
|

Segunda-feira, 12 de Junho de 2017
2741: Incêndio na Serra de Monchique

O incêndio que deflagrou esta tarde, às 15h37, numa zona de mato, na Portela do Vale, perto de Marmelete, no concelho de Monchique, o qual esteve a ser combatido por bombeiros de todas as corporações do Barlavento Algarvio e por dois meios aéreos, está já em fase de resolução, estando neste momento no terreno 131 operacionais, 47 meios terrestres e 1 meio aéreo.

 

Fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro adiantou que a meio da tarde, a frente do incêndio continuava por dominar, mas as partes laterais estavam controladas pelos meios no terreno.

 

De acordo com fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro, havia habitações dispersas na zona do incêndio e há alguns locais mais sensíveis mas os meios estiveram colocados no terreno e evitaram o pior.

 

Lamentavelmente, um veículo de combate a incêndios florestais dos Bombeiros Voluntários de Portimão ardeu esta tarde, neste mesmo incêndio no concelho de Monchique.

 

Fonte: Região Sul


--------------------------------------------------------------------------------

publicado por Tempo no Algarve às 20:43
link do post | comentar | favorito
|

Segunda-feira, 26 de Setembro de 2016
2618: Incêndio em Rasmalho (Portimão)

Um incêndio entre Portimão e Monchique, no Algarve, está a colocar casas em risco.

 

 No local estão mais de 100 bombeiros apoiados por 30 viaturas e três meios aéreos.

 

 As chamas deflagram numa zona de mato próximo de casas e de um empreendimento turístico.

 

As causas do incêncio são desconhecidas.

 

 

 

Fonte: CM

 

Neste momento, o incêndio está dominado.


--------------------------------------------------------------------------------

publicado por Tempo no Algarve às 20:30
link do post | comentar | favorito
|

Quinta-feira, 8 de Setembro de 2016
2605: Incêndio em Monchique/Portimão - "Noite não será amiga dos bombeiros" no Algarve devido ao vento

O comandante distrital de operações de socorro de Faro, Vítor Vaz Pinto, perspetivou hoje que "a noite não será amiga dos bombeiros" no combate ao incêndio florestal em Portimão e Monchique, devido sobretudo ao vento forte.

"O vento vai manter-se, as condições meteorológicas não nos vão facilitar muito a vida, por isso a noite não será amiga dos bombeiros", disse à Lusa.

Num ponto de situação feito pouco depois das 18:00 aos jornalistas, o responsável referiu que o incêndio - que deflagrou no sábado em Monchique e foi dado como extinto no domingo, mas teve um reacendimento na quarta-feira e chegou ao município de Portimão - continua a lavrar com "muita intensidade".

Segundo Vítor Vaz Pinto, o vento dificultou o trabalho dos meios aéreos que foram mobilizados para o local, uma zona com muito edificado disperso pela serra algarvia.

"A eficiência dos meios aéreos com este vento não foi a que costumamos ter nem a que pretendíamos, daí terem tido uma eficiência reduzida. Contudo, criaram-se janelas de oportunidade para que os meios terrestres pudessem progredir", indicou.

Ainda assim, não havia até àquela hora registo de primeiras habitações destruídas.

"É estranho que um incêndio que estava consolidado se tivesse reacendido de forma tão fulminante, mas caberá às autoridades investigarem", respondeu, quando questionado sobre a origem do fogo.

Vítor Vaz Pinto referiu que o fogo teve projeções a sul e a oeste muito complicadas de resolver e explicou que foi necessário reposicionar os meios: “Nunca foi possível colocar os meios à frente do incêndio, tivemos de andar sempre atrás".

"O incêndio desenvolveu-se numa zona de grande declive e muito rochosa, o que dificultou o trabalho das 13 máquinas de rasto, que nem sempre puderam operar", disse Vaz Pinto, acrescentando que "o fogo lavra em três frentes, uma das quais dominada e duas ativas, a sul e oeste".

Para o combate estavam mobilizados, cerca das 19:30, mais de 600 operacionais, cerca de 200 viaturas e dez meios aéreos, segundo a página da Proteção Civil na Internet.

A presidente da Câmara de Portimão, Isilda Gomes, indicou que a maioria das pessoas que tiveram de abandonar as suas casas por prevenção está com familiares.

"Só temos quatro pessoas no posto de acolhimento, maioritariamente situações de mobilidade reduzida", apontou, sublinhando que o município está preparado para acolher outros moradores que necessitem.

Três povoações do concelho de Portimão - Carriçal, Moinho da Rocha e Tabual - e o hotel Pestana junto ao Autódromo Internacional do Algarve tiveram de ser evacuados por precaução, face à intensidade do fumo, segundo o Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Faro.

De acordo com o CDOS, foram retiradas 28 pessoas das três localidades, mas não era conhecido o número de hóspedes e funcionários deslocados do hotel.

Isilda Gomes indicou que os hóspedes foram levados para outra unidade do grupo Pestana no concelho.

 

Fonte: Lusa


--------------------------------------------------------------------------------

publicado por Tempo no Algarve às 21:02
link do post | comentar | favorito
|


Facebook
pesquisar
 
Junho 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
13
17

20
21
22
24

25
26
27
28
29
30


posts recentes

2745: Incêndio em Pedrógã...

2742: Incêndio destrói 40...

2741: Incêndio na Serra d...

2618: Incêndio em Rasmalh...

2605: Incêndio em Monchiq...

2586: Incêndio em São Bar...

2569: Fogo em canavial de...

2562: Incêndio na Foz do ...

2420. Fogo incontrolável ...

2387: Vilamoura - incêndi...

2378: Incêndio alarmou ve...

2276: Incêndio em Portimã...

2161: Fogo obriga ao cort...

2158: Incêndio em Silves

2128: Autarcas de São Brá...

2120: Incêndio à entrada ...

2112: Incêndio em Murtais...

2102: Incêndio em Monchiq...

1854: Incêndio em Aljezur

1851: Tavira: Fogo em mat...

1772: Meio ano depois, pr...

1691: Relatório aponta fa...

1683: Incêndio destruiu t...

1652: Incêndio entre a Qu...

1649: Trabalhadores de pa...

1648: Incêndio em Fonte F...

1642: Incêndio em Tôr (Lo...

1639: Incêndio em Bensafr...

1635: Autarca de São Brás...

1634: Incêndios: Na Serra...

arquivos

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Anúncios
tags

7 maravilhas

acontecimantos

alergias

alterações climáticas

ambiente

aniversário

ano novo

astronomia

avisos

barragens

bivalves

boas festas

calor

clima

climatologia

concurso

dados

dados da estação

desporto

economia

eventos

fotos

incêndio e uv

incêndios

mar

marés

mau tempo

natal

notícias

opinião

passatempo

praias

previsões

previsões sazonais

ranking

relatórios

secas

sismologia

sondagem

vulcão

webcam

todas as tags

links
Contador
Relógio
Tradutor
Ofertas de Emprego - Faro
Ofertas Emprego Best Empregos
Google
Pesquisa
Custom Search
subscrever feeds