Estado do Tempo, Previsões, Alertas e Notícias sobre a Região Algarvia. E-mail: temponoalgarve@sapo.pt
Sábado, 31 de Maio de 2008
Dados da Estação Meteorológica de Olhão (não oficial)

Dados do mês de Maio de 2008


 




Dia



Temperatura Máxima (ºC)



Temperatura mínima (ºC)



Precipitação   (mm)



Observações                        



1



 21.9



 12.4



 0



Céu pouco nublado 



2



 21.7



   10.1 



 0



Céu pouco nublado por nuvens altas 



3



 23.8



 15.0



 0



Céu pouco nublado 



4



  23.4 



  13.7 



 0



Céu pouco nublado 



5



 25.7



 15.9



 0



 Céu pouco nublado



6



 26.3



 16.2



  0 



Céu pouco nublado por nuvens altas 



7



 25.8



 17.8



 0



Céu pouco nublado por nuvens altas 



8



 23.7



 15.1



 0



Céu pouco nublado por nuvens altas  



9



 19.6



 11.1



 0



Céu muito a pouco nublado, com aguaceiros fracos



10



 22.2



 9.5



 0



Céu muito a pouco nublado, com aguaceiros fracos 



11



  21.1



  12.5 



 0



 Céu nublado com abertas à tarde



12



  20.6



 13.3



 0



 Céu pouco nublado



13



  18.7



 12.6



 6



Céu nublado com aguaceiros de manhã 



14



   21.1



 11.8



 0



 Céu nublado com abertas



15



   20.8



  12.9



 0



Céu nublado com abertas 



16



  19.2



   13.3 



 15



Céu nublado com chuva 



17



   21.7



  11.6



 0



Céu nublado a limpo 



18



   22.1



  11.3



 0



Céu pouco nublado 



19



   22.1



   11.2



 0



Céu pouco nublado 



20



   22.4



    13.6



 0



Céu nublado com abertas na tarde



21



    22.1



   12.6



 0



Céu parcialmente nublado 



22



    21.3



     13.2 



 0



Céu parcialmente nublado 



23



    20.2 



    16.2



 4



Aguaceiros à tarde 



24



 20.1



11.1 



 



Céu nublado 



25



 20.0



 11.6



 1



 Céu pouco nublado



26



 19.4



 11.8



 0



Céu nublado 



27



 21.2



 11.8



 1



Aguaceiros fracos  



28



 21.4 



 12.8



 0



 Céu pouco nublado



29



 21.4



  15.8 



 1



Aguaceiros fracos de manhã 



30



 21.1



  14.7 



 0



Céu nublado com abertas 



31



  22.4 



 12.8



 0



Céu nublado tornando-se pouco nublado 




 


 


 


--------------------------------------------------------------------------------

publicado por Tempo no Algarve às 20:39
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

288: Estrada romana de Moncarapacho vira percurso pedestre

Associação de Valorização do Património Cultural e Ambiental de Olhão (APOS) e a Associação para a Valorização e Promoção do Património (Hera) vão dinamizar e recuperar a antiga estrada romana de Moncarapacho (Olhão), tornando o circuito visitável e apto a acções de promoção turística e cultural.


A Associação de Valorização do Património Cultural e Ambiental de Olhão (APOS) e a Associação para a Valorização e Promoção do Património (Hera) vão dinamizar e recuperar a antiga estrada romana de Moncarapacho (Olhão), tornando o circuito visitável e apto a acções de promoção turística e cultural.



Em declarações ao «barlavento», Fábio Carbone, presidente da Hera, uma associação de defesa do património nascida em Aveiro, mas com presença no Algarve há mais de um ano, explicou que, neste momento, está ser feito o levantamento completo do percurso, embora a quase totalidade do caminho esteja «visitável e limpo».



«Para já, a nossa intenção é divulgar o percurso, até porque muita gente não conhece a importância daquela estrada, nem sabe do seu valor histórico», avança o arqueólogo da Hera.



Numa segunda fase, o projecto quer ir mais além, estando em carteira a marcação do caminho e sua integração numa rota pedestre homologada.



Aproveitando a experiência da associação no trabalho com as comunidades locais, Fábio Carbone quer também criar motivos de interesse para que as pessoas visitem e protejam o local.



«Afinal, não se pode pedir às pessoas que saiam de casa só para observar alguns metros de um caminho que se diz ter importância histórica», considera.



A pensar nisso, as associações envolvidas no projecto vão, no dia 8 de Junho, fazer uma marcha-passeio interpretativa para chamar a atenção da importância daquele troço que revela vestígios da presença romana e medieval, embora não se encontre classificado pelo Igespar.



«De acordo com a investigação feita por mim e pela minha equipa, podemos afirmar que, apesar de a maior parte do troço e da ponte apresentarem características que nos levam à época medieval, a origem da via é romana, como demonstra a utilização de grandes lajes de calcário marmoreado», precisa Carbone.



Apesar da boa conservação da maioria do percurso, há partes da estrada que já foram destruídas ou danificadas aquando da colocação de tubagens públicas, em 2003, a Norte da vila de Moncarapacho. Uma situação que os responsáveis pretendem evitar, tornando agora mais visível a presença da via histórica.



O projecto de recuperação da estrada romana foi um projecto iniciado pela associação olhanense APOS, que decidiu aproveitar o know-how da Hera em trabalhos semelhantes desenvolvidos noutros pontos do país.



A Universidade do Algarve é um dos parceiros do projecto, embora as associações queiram envolver as autarquias e colectividades locais na promoção daquela rota histórica do barrocal.



Passeio pedestre inaugura projecto



As associações Hera e APOS vão inaugurar o projecto de valorização da estrada romana de Moncarapacho, no próximo dia 8 de Junho, a partir das 8h30, com uma marcha-passeio.



O percurso, de quatro quilómetros, terá a duração de duas horas e meia e será de dificuldade média-baixa. A visita será guiada por técnicos e arqueólogos e a participação é gratuita, mediante inscrição pelo mail heraonline@gmail.com.



O percurso a visitar pertence a uma das vias que saíam da antiga cidade romana de Balsa – hoje, Luz de Tavira – e confluía com outra via que ligava directamente a Ossónoba (Faro).




 


Fonte: Barlavento Online


--------------------------------------------------------------------------------
tags:

publicado por Tempo no Algarve às 13:09
link do post | comentar | favorito
|

Sexta-feira, 30 de Maio de 2008
287: Pesca: Comerciantes furam greve em Olhão

Alguns comerciantes trouxeram peixe de Espanha "de má qualidade" para vender de madrugada em armazéns junto à lota de Olhão.


 



"Queremos ser brandos, mas devia haver algum respeito pelos pescadores", lamentou um responsável da organização de Pesca do Algarve, referindo que cerca das 02h00 de hoje, "alguns comerciantes trouxeram peixe de Espanha de má qualidade para Portugal" e que venderam o pescado ao preço que lhes apeteceu.


 


Venderam o peixe na "segunda-venda", ou seja depois da primeira venda na lota, há normalmente uma segunda fase de venda com peixe de menor qualidade e de mais baixo preço e foi isso que aconteceu esta noite em Olhão, junto à lota em armazéns anexos, explicou à Lusa a mesma fonte.


 


Para fazer face a estes problemas e para "definir estratégias de luta, está marcada para hoje às 17h00, uma reunião em Olhão, informou a Organização de Pesca do Algarve.


 


A adesão à greve dos armadores e pescadores no Algarve é de 100 por cento, segundo as associações de armadores e produtores de pescado.


 


"Neste momento de crise precisamos de um pouco de ar [entenda-se subsídios] porque todas as empresas estão asfixiadas com os preços dos combustíveis. Todos estamos à espera que o Governo apresente alguma realidade", indica um dos pescadores grevista, que não se quis identificar.


 


A Federação dos Sindicatos do Sector da Pesca garantiu hoje que "nenhuma embarcação saiu para o mar" nas várias lotas do Algarve e nos portos de Sesimbra, Figueira da Foz, Peniche, Póvoa e Matosinhos, devido à greve.


 


Os pescadores e armadores portugueses iniciaram às 00h00 de hoje uma greve por tempo indeterminado devido ao aumento do preço do gasóleo, juntando-se aos sectores pesqueiros de Espanha, Itália e França.



 


Fonte: Observatório do Algarve


--------------------------------------------------------------------------------
tags:

publicado por Tempo no Algarve às 22:48
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

286: Autarquias do Algarve ganham terreno ao IPTM

O processo de transferência de competências das zonas portuárias algarvias deverá estar concluído ainda no Verão e envolverá as zonas urbanas das cidades de Tavira, Olhão, Faro, Portimão e Lagos.


 



Os cinco protocolos deverão ser assinados, o mais tardar, no início do segundo semestre do ano e seguem-se a outros dois, já assinados entre o Instituto Português dos Transportes Marítimos (IPTM) e as câmaras de Vila Real de Santo António e Alcoutim.


 


Segundo o director de serviços do IPTM em Faro, João Peleja, de acordo com o espírito da nova legislação proposta pelo Governo, ficarão dependentes da gestão autárquica todas as zonas ribeirinhas daquelas cinco cidades, à excepção daquelas que têm uma função portuária, seja piscatória, comercial ou recreativa.


 


O acordo celebrado em Agosto passado com a câmara de Vila Real de Santo António permitiu transferir para a autarquia toda a zona ribeirinha urbana do Guadiana, desde a Docapesca, a Norte, até à Ponta da Piedade, na foz.


 


Em Tavira será desanexada da jurisdição do IPTM a parte urbana da margem direita do rio Gilão (Rua José Pires Padinha) e a zona das Quatro Águas, junto à ria, mas a futura jurisdição autárquica abrangerá também uma pequena parte da margem esquerda do rio.


"Há seis meses que ando a telefonar para o gabinete da secretária de Estado dos Transportes e ainda não obtive qualquer resposta", lamentou, à Lusa, o presidente da Câmara local, Macário Correia.


 


O também presidente da Associação de Municípios do Algarve (AMAL) recordou que em Janeiro passado foram apresentadas as conclusões do grupo de trabalho criado para estudar a matéria - tanto no que respeita a Tavira como às cidades que lhe ficam a oeste -, mas até aqui não houve resultados práticos.


 


Já em Olhão, onde o IPTM ainda administra a vista zona ribeirinha da cidade, será desanexada toda a parte nascente da ria, entre o Grupo Naval (ao lado do porto de pesca, que continuará com o IPTM) e a antiga lota da cidade.


Segundo disse à Lusa o presidente da Câmara local, Francisco Leal, para aquela zona estão previstas algumas melhorias, entre as quais a requalificação do Grupo Naval, a construção de um centro de inovação e desenvolvimento e um auditório com 450 lugares já em construção.


 


Sob jurisdição directa do IPTM ficará apenas a zona do porto de pesca e os cais de embarque para as ilhas, revelou à Lusa o responsável máximo do Instituto na região, adiantando que estão previstos investimentos nos oito portos da cidade e das ilhas da Ria Formosa que rondam os 3,2 milhões de euros.


 


A zona poente de Olhão, onde nos últimos anos surgiu um porto de recreio para 300 embarcações, ficará sob jurisdição do IPTM, que em breve abrirá um concurso para conceder a exploração desse equipamento portuário.


"Legalmente, a concessão não podia ser feita sem concurso, pelo que se decidiu abrir um, ao qual vamos concorrer", revelou o presidente da Câmara de Olhão, adiantando que a autarquia terá como parceiros de candidatura, pelo menos, uma empresa da área hoteleira e uma outra da área das marinas.


 


A exploração abrange uma zona a poente do actual porto de recreio, que permitirá que o futuro concessionário alargue o porto de recreio, que ficará com uma capacidade total para 500 barcos.


Nessa área será instalado o futuro museu da ciência e do mar - em grande parte dedica do à pesca e à indústria conserveira - e um aquário.


Ainda mais para poente, entre os estaleiros da Câmara e as salinas - já fora da zona urbana - a desanexação por parte do IPTM surgirá devido ao programa Polis.


 


O mesmo se passará em Faro, onde o Polis XXI (previsto para vastas zonas dos concelhos de Tavira, Olhão, Faro e Loulé) deverão deixar ao IPTM apenas o cais comercial da cidade, sofrendo toda a restante zona ribeirinha uma vasta operação de requalificação.


 


Em Portimão, os actuais seis protocolos de concessão do IPTM à autarquia - entre os quais o do porto de cruzeiros, canalizado para a imagem e publicidade - serão substituídos por um só, de acordo com o director do IPTM em Faro.


O presidente da autarquia, Manuel da Luz, disse à Lusa que a libertação de todos os terrenos entre o antigo convento de São Francisco e a velha ponte rodoviária permitirá o desenvolvimento de alguns projectos na zona riberinha da cidade.


Entre eles, adiantou, conta-se a construção de espelhos de água e de um aquário, ex-libris do que será a 2ª intervenção congénere naquela área.


 


Em Lagos, a cedência do IPTM envolverá toda a Avenida dos Descobrimentos, a artéria marginal da cidade e o organismo apenas gerirá o porto de pesca, o espelho de água contíguo e o clube de vela, disse à Lusa o presidente da câmara da cidade, Júlio Barroso.


Numa faixa situada entre o porto de pesca e a Meia-Praia, que actualmente pertence ao IPTM, conta a autarquia instalar uma zona de restaurantes e de diversão nocturna, assinalou o autarca.



 


Fonte: Observatório do Algarve


--------------------------------------------------------------------------------
tags:

publicado por Tempo no Algarve às 22:46
link do post | comentar | favorito
|

Segunda-feira, 26 de Maio de 2008
285: Quercus desiludida com metas ambientais dos G8

Ambientalistas queriam ter definido metas para 2020, mas países industrializados preferiram adiar reduções para 2050.



"A meta para 2050 deveria estar entre os 60 e os 80 por cento de redução de emissões de gases com efeito de estufa relativamente aos valores de 1990. Cinquenta por cento de redução fica aquém das expectativas", comentou à agência Lusa Francisco Ferreira, dirigente da Quercus.


Para os ambientalistas, o importante teria sido estabelecer uma meta para a redução das emissões até 2020, uma data considerada prioritária dada a urgência de inverter a curto prazo o sobreaquecimento do planeta, causado pelos gases com efeito de estufa.


"O grande problema é não estabelecer uma meta intermédia em relação a 2050. É uma desilusão em relação ao que é necessário", declarou ainda Francisco Ferreira.


Sem traçarem metas intercalares, os ministros do G8 (sete países mais industrializados do mundo e a Rússia) referem apenas indirectamente um dado científico das Nações Unidas que aponta para a necessidade de os países mais ricos reduzirem entre 25 a 40 por cento as suas emissões poluentes até 2020.


Reunidos no Japão, os ministros do ambiente do G8 decidiram comprometer-se apenas a reduzir para metade as emissões até 2050, uma meta que terá ainda de ser assumida formalmente na próxima cimeira do G8 a realizar em Julho na cidade japonesa de Toyako.


O G8 é constituído pelo Japão, Alemanha, Reino Unido, França, Itália, Canadá, Rússia e Estados Unidos, país que recusou ratificar o Protocolo de Quioto, o acordo global de luta contra as alterações climáticas.


 


Fonte: Observatório do Algarve



--------------------------------------------------------------------------------
tags:

publicado por Tempo no Algarve às 12:38
link do post | comentar | favorito
|

Facebook
pesquisar
 
Junho 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
13
17

20
21
22
24

25
26
27
28
29
30


posts recentes

Previsão das marés no Alg...

Dados da Estação Meteorol...

2746: Previsão meteorológ...

2745: Incêndio em Pedrógã...

2744: Aviso Laranja no Al...

2743: Aviso Amarelo no Al...

2742: Incêndio destrói 40...

2741: Incêndio na Serra d...

2740: Previsão meteorológ...

2739: Previsão meteorológ...

Horário dos barcos para a...

2738: Situação da apanha ...

Horários dos barcos de Fa...

2737: Previsão Sazonal Ve...

Dados da Estação Meteorol...

2736: Previsão meteorológ...

2735: Rota do Petisco no ...

2734: Situação da apanha ...

2733: Situação nas Albufe...

2732: Previsão meteorológ...

2731: Aviso Amarelo no Al...

2730: Situação da apanha ...

2729: Situação nas Albufe...

Ondulação e Temperatura d...

2728: Previsão meteorológ...

2727: Previsão meteorológ...

2726: Previsão meteorológ...

Dados da Estação Meteorol...

2725: Aviso Amarelo no Al...

2724: Previsão meteorológ...

arquivos

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Anúncios
tags

7 maravilhas

acontecimantos

alergias

alterações climáticas

ambiente

aniversário

ano novo

astronomia

avisos

barragens

bivalves

boas festas

calor

clima

climatologia

concurso

dados

dados da estação

desporto

economia

eventos

fotos

incêndio e uv

incêndios

mar

marés

mau tempo

natal

notícias

opinião

passatempo

praias

previsões

previsões sazonais

ranking

relatórios

secas

sismologia

sondagem

vulcão

webcam

todas as tags

links
Contador
Relógio
Tradutor
Ofertas de Emprego - Faro
Ofertas Emprego Best Empregos
Google
Pesquisa
Custom Search
subscrever feeds